13 dicas simples para economizar ao fazer as compras para casa

Escrito por:

Sabe aquelas comprinhas mensais, que ao mesmo tempo que são necessárias também costumam pesar bastante no orçamento? Isso quando elas não acabam passando do orçamento que você planejou antes de ir ao mercado. Se isso já aconteceu com você alguma vez, então talvez seja a hora de dar uma controlada nos gastos.

 

E não, nós não estamos sugerindo que você passe a comprar menos do que precisa, ou que corte itens realmente necessários só para economizar alguns reais, não é isso. Na verdade, nós estamos aqui justamente para te apresentar 13 dicas simples para economizar ao fazer as compras para casa.

 

Foco na palavra economizar, pois ela é diferente de simplesmente cortar algo da lista que você precise ou simplesmente queira muito comprar. Vamos te ajudar a economizar com dicas simples.

 

1 – Faça uma lista de compras

 

Vamos começar com a dica mais simples de todas, e que provavelmente você já segue, mas ter uma lista de compras é essencial. Coloque nessa lista tudo o que lhe falta, e se atenha a ela, nada de comprar umas coisinhas a mais no impulso quando estiver no supermercado.

 

Ah, e não esqueça também de levar uma caneta junto, assim você consegue ir riscando da lista aquilo que for comprando.

 

2 – Vá direto ao que precisa

 

Quando você simplesmente transita pelo supermercado há sempre aquele item na prateleira que chama sua atenção, e não se deixe enganar, o supermercado sabe disso. É exatamente por isso que eles colocam itens chamativos entre um corredor e outro, igual aquelas besteirinhas que têm próximo ao caixa, tudo para chamar sua atenção.

 

Não se deixe enganar por estes truques baratos, vá direto ao ponto e pegue aquilo que está na sua lista.

 

3 – O tamanho do carrinho faz diferença

 

Sim, nesse caso tamanho é documento, e a razão aqui é puramente psicológica.

 

Se você pegar um carrinho que seja muito grande, mesmo após ter colocado todos os itens de sua lista nele ainda sobrará espaços vazios, o que te dará a sensação de que está comprando pouca coisa. O ideal aqui é que você pegue um carrinho pequeno, que dará o efeito oposto, de que você está levando bastante coisa para casa.

 

4 – Calculadora em mãos!

 

Não importa se você é de exatas ou de humanas, tenha sempre uma calculadora em mãos na hora de fazer as compras, e pode ser até mesmo a calculadora do seu próprio celular.

 

A calculadora aqui terá duas funções, a primeira é te ajudar a manter um controle sobre os seus gastos, para que você não acabe ultrapassando seu limite. E, a segunda função de sua calculadora será definir qual quantidade é mais vantajosa de se comprar. Um exemplo prático disto é conferir se a margarina de 200g realmente custa menos se você comprasse a de 500g.

 

5 – Não faça suas compras com fome ou pressa

 

A pressa é inimiga da perfeição, e nesse caso a fome também é. Fazer suas compras com pressa é um erro, o ideal aqui é que você tenha tempo de avaliar os produtos para decidir qual o melhor para você, e não simplesmente jogar no carrinho o primeiro que vier pela frente.

 

Igualmente errado é ir com fome, isso só vai fazer com que você acabe comprando mais comida no impulso.

 

6 – Não faça de suas compras um passeio com as crianças

 

Definitivamente o supermercado não é o lugar certo para se ir com crianças. Crianças têm o costume de apontar, pedir e até chorar por coisas, e um supermercado é o lugar ideal para elas exercitarem isso. 

 

Então, a menos que você esteja preparado para comprar os mais variados doces e salgadinhos, ou então aguentar os possíveis dramas das crianças, evite levá-las quando for fazer compras.

 

7 – Defina o dia certo para as compras, de preferência na segunda quinzena do mês

 

Se você tem o costume de fazer compras diárias ou semanais, é melhor rever se isso realmente é algo bom. O que acontece aqui é que, quanto mais você vai no supermercado, mais você estará propenso a comprar coisas de que não precisa realmente apenas para “experimentar”. 

 

O ideal mesmo é definir uma data certa para isto, e a melhor época para isto é definitivamente na segunda quinzena do mês. Isso pois é neste período que há uma queda normal nas vendas, e os supermercados estão mais propensos a realizarem promoções. Todo mundo sabe que é essencial aproveitar as promoções!

 

8 – Esqueças as marcas

 

Não se apegue tanto a marcas, no final é quase tudo a mesma coisa. 

 

Compare os preços e você verá que a diferença de um produto de uma marca famosa para uma não tão conhecida assim é gigantesca, isso é algo que você pode aproveitar ao seu favor.

 

Mas claro, muitas vezes a diferença de preço é mínima ou nem mesmo há uma diferença, cabendo a você avaliar qual item deverá ir para o carrinho.

 

9 – Procure acima e abaixo das prateleiras

 

Não está achando os produtos de marcas mais baratas? Experimente conferir produtos na parte de cima e na parte debaixo das prateleiras.

 

Essa é uma estratégia muito comum dos supermercados, colocar as marcas mais caras na altura de sua visão, para que assim você acabe ignorando as demais. Experimente dar uma conferida em produtos na parte debaixo e de cima das prateleiras, você pode acabar encontrando produtos similares por um preço mais acessível.

 

10 – Defina onde você irá fazer suas compras

 

Você realmente precisa ir naquele supermercado de renome, onde tudo é mais caro, ou será que o mercadinho do seu bairro já não têm tudo o que você precisa?

 

Comece a pesquisar e comparar preços de supermercados antes de definir onde você fará suas compras, a diferença de preços pode ser mais alta do que você imagina, fazendo com que você consiga economizar bastante com esta simples dica.

 

11 – Produtos de estação, a melhor opção

 

Fique atento a produtos de estação, assim você conseguirá comprar estes produtos frescos e sem pagar altas quantias por eles.

 

12 – Atacado algumas vezes é a melhor opção!

 

Que tal comprar por atacado? Por muitas vezes esta pode ser a melhor opção, contanto que você não abuse e acabe comprando mais do que realmente precisa.

 

Não importa se o preço compensa, comprar em grandes quantidades sabendo que você não conseguirá utilizar tudo é um grande erro e desperdício.

 

13 – De olho na validade

 

Essa dica ainda casa com a anterior, mas esteja sempre atento para a validade dos produtos, principalmente se a compra for por atacado.

 

Alguns supermercados costumam baixar os preços de produtos que estejam prestes a vencer, esteja atento a isto e julgue se você conseguirá utilizar estes produtos antes de atingirem a validade. Caso consiga, então pode ser uma ótima oportunidade.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Dinheiro x Felicidade: afinal, quanto custa ser feliz?
Por Alphamar Investimentos
5 dicas para evitar gastos de saúde inesperados
Por Equipe Organizze
Black Friday: o que você precisa saber para aproveitar essa data
Por Equipe Organizze
Como organizar uma festa dentro do seu orçamento familiar
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).