3 dicas para casais melhorarem sua organização financeira

Escrito por:

Você sabia que problemas financeiros são um dos principais motivos para divórcio no Brasil? A falta de planejamento e comunicação pode levar o casal a discussões intermináveis, e num cenário mais crítico, pode levar a separação.

 

O site Finanças Forever listou algumas dicas para casais melhorarem sua relação com as finanças e orçamento da família. Confira alguns destaques abaixo:

 

1 – Comunicação

 

É sabido que a comunicação é ideal para qualquer relacionamento. Isso é um dos maiores lemas para os casais, e mais ainda em relação à organização financeira. Dinheiro é um assunto delicado, muitas vezes difícil de abordar, mesmo com a parceira ou o parceiro.

 

Porém, para que haja alguma chance de organização e planejamento é preciso que haja uma comunicação forte e em via dupla. Compartilhar a renda, e as despesas, com o parceiro é fundamental para a organização, e além de ser um exercício de controle financeiro, é uma forma de fortalecer a relação.

 

2 – Estabelecendo metas em conjunto

 

Uma vez que o canal de comunicação esteja aberto, é preciso que ambos discutam quais são as suas metas. Por exemplo, se o objetivo for a compra de um imóvel próprio, é possível se planejar e organizar as finanças para determinar até quanto tempo essa meta será cumprida, e quanto dinheiro será guardado até que isso seja feito.

 

Nesse momento, é preciso encontrar o equilíbrio e começar a pensar como uma equipe. Por exemplo, um dos parceiros pode ver o carro como uma despesa desnecessária, mas o outro pode precisar usá-lo para o trabalho ou para o transporte de futuros filhos. É preciso haver um equilíbrio e o reconhecimento dos problemas do parceiro.

 

3 – Fazendo um controle conjunto de gastos

 

Com ambos os pontos resolvidos, fica muito mais fácil chegar ao próximo passo: o controle financeiro conjunto dos gastos diários. Não há necessidade de tomar medidas extremas, exceto em casos de emergências, que é exatamente o que se procura evitar com essas dicas.

 

Mas é importante alocar “blocos” financeiros para diversos objetivos. Seguindo o exemplo acima, pode-se alocar uma parte da renda do casal para comprar, ou dar entrada, em um imóvel. Outra parte fica para a aposentadoria de cada um, certa parte fica para o gasto com futuros filhos, e uma vez que os aspectos mais fundamentais estejam cobertos, uma parte pode ser reservada para a recreação, seja ela qual for.

 

Assim, cada gasto é alocado em uma categoria, e o casal se polícia em conjunto para não ultrapassar nenhum limite. No início, isso pode ser um pouco difícil, mas com o tempo passa a ser automático. Além de uma forma de organizar as finanças, ainda ajuda bastante a economizar, pois fica mais fácil reconhecer onde são feitos os maiores gastos.

 

Confira todas as dicas clicando no botão abaixo.

 

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Educação financeira infantil: como começar?
Por Equipe Organizze
Viva a vida!
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Dicas para evitar erros na sua Declaração de IR 2019
Por Equipe Organizze
Como conseguir melhores resultados com sua personalidade?
Por We Mentor
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).