3 dicas para economizar com games

Escrito por:

Boa parte das pessoas acredita que jogos eletrônicos são produzidos para crianças e adolescentes e por isso, não se interessam pelo assunto, não se atentando para este tipo de gasto que normalmente é feito pelos filhos. O que essas pessoas não sabem é que este é um dos maiores mercados de entretenimento no mundo, faturando duas vezes mais que o mercado de cinema e seis vezes mais que o de música, portanto, deveria ser um gasto monitorado.

 

Por outro lado, há um grupo de pessoas, no qual me encaixo, que são apaixonadas por esse tipo de lazer. E apesar de ser muito bom passar uma tarde jogando, este tipo de hobbie esconde algumas armadilhas que nos levam a gastar mais do que deveríamos.

 

Pensando nesta situação, pensei em separar três dicas para te ajudar a economizar com games, confira:

 

1. Aproveite as promoções e jogos gratuitos

 

Há no mercado de games diversas plataformas online que disponibilizam jogos para venda e todas fazem promoções com certa regularidade, principalmente nas plataformas para computador. Uma boa dica é esperar essas promoções para comprar aquele jogo que você tanto quer.

 

Além disso estão disponíveis diversos jogos gratuitamente, que se financiam pela venda de skins (roupas de personagens) dentro do jogo. Há também os jogos que são classificados como “Free to play, pay to win” (grátis para jogar, pague para vencer – tradução livre), esses muitas vezes são mais difíceis de jogar, mas ainda assim, para quem gosta, é uma possibilidade de diversão, uma vez que, no meu ponto de vista, a diversão não está em ganhar, mas sim em jogar.

 

2. Compre apenas games que você vai jogar

 

Outra grande dificuldade que tenho é a de estar jogando um determinado jogo e de repente acontece o lançamento de outro que estava esperando, gerando o desejo de comprá-lo, mesmo que eu saiba que não vou jogar no momento. Ou então, aproveito todas as promoções dos jogos que gosto e encho minha biblioteca, sem conseguir jogar nenhum deles.

 

Quando acontece esse tipo de situação acabamos desperdiçando o dinheiro. Por isso, antes de comprar, seja para você ou para seu filho, faça essas perguntas: “eu preciso desse jogo agora?”, “quando eu vou conseguir jogar ele?” ou “existe algum jogo que eu gostaria de zerar antes deste?”. Essas perguntas irão te ajudar a entender se a compra do game é meramente por impulso ou não.

 

3. Considere os jogos de celular

 

Hoje em dia muito se tem preconceito com jogos para celular, ao ponto de alguns dizerem que esses não são bons ou não são de “verdade”. Contudo, acredito que esta é uma ótima opção para quem quer se divertir com games e não quer ou não pode gastar uma quantia considerável de dinheiro com consoles ou computador.

 

Com a tecnologia das Smart TVs que possuem cada vez mais funcionalidades, hoje facilmente transmitimos a imagem da tela de um smartphone para televisão. E se agregarmos a isso a opção de comprarmos um controle para celular, o qual pelas minhas pesquisas não custa mais de R$ 100,00, você já pode se entreter com jogos eletrônicos sentado no seu sofá.

 

Certamente nem todos possuem condições de ter todas essas coisas (Smart TV, smartphone e controle), entretanto, como um bom gamer que sou, pelos meus cálculos é a opção mais barata em relação a adquirir um console ou computador.

 

Concluindo, é importante lembrar que o entretenimento e o lazer são uma parte importante da nossa vida, contribuindo inclusive com aspectos da saúde, no entanto, não deve atrapalhar nosso crescimento profissional e acadêmico, muito menos nossos relacionamentos interpessoais. Pelo contrário, deve nos ajudar a fazer novos amigos e proporcionar um tempo de descanso e descontração após um dia de trabalho e/ou estudo.

 

Forte abraço a todos!

 

*Luiz Roberto é um administrador apaixonado por finanças que desde 2014 expõe suas ideias através do blog Dificuldade Financeira. O projeto cresceu e em 2016 iniciou sua carreira como instrutor na Udemy.com publicando cursos sobre finanças pessoais.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Dinheiro x Felicidade: afinal, quanto custa ser feliz?
Por Alphamar Investimentos
5 dicas para evitar gastos de saúde inesperados
Por Equipe Organizze
Black Friday: o que você precisa saber para aproveitar essa data
Por Equipe Organizze
Como organizar uma festa dentro do seu orçamento familiar
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).