Plano lifetime em dobro! 🎁

Assine o plano e ganhe outro para ajudar alguém.

Prorrogado! Saiba Mais

3 sinais de que o seu planejamento financeiro está errado

Escrito por:

Você se empenha, cria um planejamento financeiro, se anima, põe em prática e espera um resultado que acaba não vindo nem depois de meses… Bom, algo deve estar errado.

 

O blog Dinheirama listou alguns sinais para você ficar de olho ao botar o planejamento em prática. Assim, é possível identificar o problema e resolvê-lo o mais rápido possível.

 

Confira os destaques do artigo no texto abaixo!

 

Sinal 1: Você não consegue manter a rotina

 

Logo no começo do mês você anota tudo, despesas fixas, gastos no cartão de crédito, compras e outros e por aí vai. Legal. Ainda assim, você percebe que gasta mais do que era o previsto? Sim? O que isso significa? É simples: que a prática do seu dia a dia está diferente do seu planejamento financeiro.

 

Você está gastando mais do que deveria talvez porque não tenha definido bem os limites. Pode ser que despesas precisem ser realmente cortadas e que você esteja gastando muito com pequenas coisas cotidianas, não devidamente apontadas ou simplesmente grandes demais quando somadas.

 

O principal ponto é que sua estimativa em relação ao mês não está batendo com a realidade, e isso obviamente afeta suas atitudes no dia a dia. Você acaba ficando tranquilo para sair e fazer suas coisas, confiante de que está tudo bem. E não está.

 

A principal dica nesses casos é se concentrar mais no momento do gasto do que com a projeção. Isso significa questionar-se mais profundamente a cada compra, deixando o máximo possível para outro momento ou sempre consultando a sua planilha de controle financeiro. Foco na decisão que acontece na ponta.

 

Sinal 2: Pouco ou nenhum efeito depois de meses de planejamento

 

Sua expectativa é guardar 10% do salário, mas quase todo mês acontece a mesma coisa: falta salário e sobram dias. Esses casos são comuns, principalmente porque estamos acostumados a planejar o mês com o que ganhamos, não com como pretendemos gastar o nosso dinheiro.

 

Veja que mudei o foco da receita para o comportamento das despesas. Você sabe exatamente quanto gasta e como tem usado seu dinheiro? A pergunta é simples, a resposta nem tanto. Além de anotar tudo que você gasta, é importante que as despesas estejam muito bem categorizadas – tudo tem que ter nome e data.

 

O problema de não sentir o efeito é que você vai ficando desmotivado. Sentindo-se assim, bate aquela frustração e um dos gatilhos sempre é o bolso. Você gasta mais sem perceber e agrava o problema. Considere então rever completamente sua análise dos gastos, despejando energia e tempo para classificar suas despesas e desenhar um plano para diminui-las.

 

Sinal 3: Cartão de crédito e empréstimos continuam assustando

 

A dívidas e o cartão de crédito são itens sempre problemáticos em muitos orçamentos, principalmente porque o pagamento envolve compras realizadas no passado e para as quais a euforia já passou faz muito tempo. A conta, no entanto, continua chegando.

 

Esta realidade exerce forte influência na quebra do planejamento financeiro porque também gera ansiedade e frustração. Você está pagando por algo que comprou faz tempo, que talvez nem queira mais usar, mas todos os dias também se lembra de seus objetivos e novos desejos. É angustiante, eu sei.

 

Nesse caso, a solução precisa ser lógica: seu planejamento deve priorizar a eliminação das dívidas deste tipo e passar a contar com o máximo possível de compras sem parcelamento, sempre à vista e negociando bons descontos.

 

Ah, essa mudança não será instantânea. Você tem que definir metas, escolhendo dívidas e ir trabalhando nelas aos poucos. Em alguns casos, pode fazer sentido simplesmente criar uma regra de não comprar com o cartão de crédito até colocar as finanças em ordem.

 

Continue lendo o artigo clicando no botão abaixo.

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

3 dicas para os desempregados na pandemia
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Como cuidar das finanças da família na pandemia
Por Alphamar Investimentos
4 dicas para você limpar hoje mesmo o seu nome e sair da inadimplência
Por Equipe Organizze
Quanto do seu salário pode ser gasto em supérfluos?
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).