4 dicas para economizar na revisão do carro

Escrito por: - Publicado em: 28/01/2021

A manutenção é um dos maiores gastos que envolvem ter um veículo, sendo um dos itens mais negligenciados pelos motoristas. Não realizar a manutenção necessária, além de problemas, pode fazer com que o carro perca seu valor.

 

Além disso, quanto mais o dono do carro estiver em dia com sua manutenção, menos gastos ele terá, pois irá reduzir muito as chances de problemas mecânicos ou elétricos. Por mais que tenha gastos com as revisões, serão menores que os gastos com reparos.

 

Mas, uma das coisas importantes para saber antes de comprar o carro, é a média de valor das revisões aplicadas pela montadora, ou por outras oficinas, caso o carro esteja fora da garantia.

 

Mesmo assim, existem práticas que podem ajudar a economizar nas revisões do carro, para não deixar de realizá-las na data correta, evitando maiores problemas com seu veículo.

 

Dicas para economizar na revisão do carro

 

1 – Realize a revisão na data correta

 

A data que você irá realizar a revisão é importante para ter economia. Não deixe para a última hora, como antes de uma viagem por exemplo. Procure realizar as revisões, principalmente as previstas pela montadora, no período correto.

 

Evite passar muito tempo para fazer as revisões, para que não tenha chance de ocorrer problemas que seriam facilmente resolvidos na revisão. Caso queira fazer uma revisão antes da viagem de férias, por exemplo, saiba que nesse período as oficinas têm uma demanda maior de serviço.

 

Portanto, é necessário o agendamento com maior antecedência para que não corra o risco de ficar sem a revisão por falta de disponibilidade da oficina ou montadora.

 

2 – Se o carro estiver no período de garantia, leve numa oficina autorizada

 

Ao ser vendido, o carro zero quilômetro vem com período de garantia, que garante a gratuidade do conserto caso o problema tenha vindo de fábrica. Uma das formas que as montadoras garantem que o carro se mantenha em boas condições é a indicação que o cliente realize as revisões necessárias na oficina autorizada da montadora.

 

Por mais que estas oficinas tenham um custo mais elevado do que as outras, levar o carro para realizar as revisões em outros lugares pode fazer com que você perca a garantia de seu veículo, se a montadora constatar que as manutenções não foram realizadas em estabelecimento autorizado.

 

Então, levar sempre na autorizada da montadora pode gerar uma economia a longo prazo, além de economia caso tenha algum problema e necessite de manutenção.

 

3 – Realize algumas revisões básicas em casa

 

Existem alguns indicadores e práticas de revisão que podem ser realizadas em casa, sem a ajuda de um mecânico ou oficina, que pode ajudar a realizar a manutenção preventiva do carro.

 

Práticas como checar fluídos e motor, calibragem e estado geral dos pneus, conferir a condição dos freios, funcionamento de luzes e limpadores de para-brisas, até filtro de ar condicionado, além de verificar o estado dos itens de segurança necessários como macaco, extintor de incêndio, entre outros.

 

Estar sempre prestando atenção nesses itens pode ajudar a diagnosticar problemas de forma precoce, evitando maiores gastos com manutenção.

 

4 – Compare preços entre oficinas

 

Procure oficinas que ofereçam credibilidade, e compare preços entre elas. Às vezes o dono do veículo acaba escolhendo um serviço mais caro, por falta de comparar os preços entre outras oficinas.

 

Analise também o custo-benefício ao comparar preços, os itens que estão incluídos na revisão contratada, além de verificar a qualidade dos serviços da oficina pesquisada. Muitas oficinas oferecem serviços que não são necessários na revisão, a fim de justificar o preço mais elevado.

 

Outras apresentam um custo maior, porém incluem mais itens e serviços dentro da revisão, o que acaba compensando mais a longo prazo.

 

Lista de revisões para fazer no carro e evitar gastos futuros

 

Confira uma lista com algumas revisões que visam contribuir com a economia, a longo prazo!

 

→ Pneus: alinhar e balancear pode gerar um custo de R$ 150, em média, enquanto o desgaste prematuro pode resultar em custos ainda maiores aos pneus, inclusive, comprometer a suspensão do carro. Estes podem chegar, em torno de, R$ 1.500,00.

 

→ Troca de óleo: substitua os lubrificantes a cada 10 mil km e evite danos médios a severos. O valor pode ficar na média de R$ 250 em uma rede renomada, sendo para troca de óleo, mão de obra e filtros. Mas, o não investimento pode gerar um gasto de R$ 15 mil, em média, por danos ao motor.

 

→ Pastilha de freio: é essencial seguir o prazo de inspeção recomendado pela montadora. A troca pode sair em torno de R$ 450, enquanto o risco que o motorista corre, ao não se atentar a medida, não tem preço. Sem contar nos gastos com o veículo, já que não trocar a pastilha pode gerar custos elevados se o motorista não conseguir frear o carro.

 

Então, agora você já sabe o quanto é importante fazer a revisão do seu veículo e como economizar. Lembre-se do quanto é importante realizar a manutenção no carro para garantir a sua segurança e de seu bolso.

 

Por: Andreia Silveira, editora no SeguroAuto.org.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Como cultivar o hábito de poupar dinheiro?
Por Equipe Organizze
Revestimentos cozinha: 7 opções baratos e em alta para 2021
Por Viva Decora
Economia doméstica: saiba como evitar gastos excessivos de energia elétrica no inverno
Por Viva Decora
Móveis antigos: como reaproveitar, economizar e arrasar na decoração da sua casa
Por Viva Decora
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).