4 dicas para os jovens não perderem o controle financeiro

Escrito por:

Cada vez mais, o mundo está percebendo a importância da educação financeira. E se engana quem pensa que esse é um assunto exclusivo para os mais velhos. Estamos imersos no mundo das finanças desde criança, quando começamos a pedir brinquedos para nossos pais, por isso a educação deve ser iniciada lá no comecinho.

 

O blog Finanças Forever listou dicas de controle financeiro para os mais novos, simples e eficientes. Confira os destaques abaixo:

 

1. Separar os valores

 

O primeiro e primordial passo para os jovens não saírem da linha é fazer uma separação bem clara do que tem, recebem, gastam e economizam. O planejamento aqui é imprescindível: quando o jovem começa a entender de onde o dinheiro está vindo e para onde está indo, fica mais fácil separar os montantes de acordo com cada função.

 

A dica é: ter um lugar, seja no caderno, planilha ou, para quem é adepto de tecnologia, um app de controle financeiro online, que contenha os campos “entradas”, “saídas” e “economia” (dinheiro a ser poupado).

 

2. Estudar finanças

 

A capacidade dos jovens em fixar conceitos sobre diversos assunto é notório e, por isso, quem quer ter um controle financeiro efetivo precisa estudar as finanças. Compreender mais como funcionam os sistemas monetários, câmbios, rendas fixas e variáveis, entre outros, permite que o jovem tenha uma noção ampla sobre o assunto – evitando prejuízos financeiros.

 

A dica é: estudar, ao menos, cerca de 20 páginas semanais (quatro por dia). Com algumas horas diluídas durante a semana, em pouco tempo conhecerá muito acerca das finanças.

 

3. Compras? Apenas à vista

 

Muitos jovens se perdem num grande vilão das finanças: o cartão de crédito. Desta forma, quem quer aprender a ter controle financeiro e não cair em armadilhas deverá fazer suas compras apenas à vista. Os ganhos são inúmeros: é possível ter desconto, não há necessidade de pagamentos de parcelas que tiram o sono – e o melhor – não se acumulam dívidas.

 

A dica é: defina uma meta, como dois anos, apenas em compras à vista ou nos próximos três itens que ultrapassarem um valor estabelecido por você. Após esse tempo, sabendo poupar, é possível começar as compras a prazo.

 

4. Eliminar hábitos prejudiciais

 

Ir todo final de semana para a balada, de táxi, pagar a ‘rodada’ para os amigos, comer e voltar de táxi. Este é um hábito comum do jovem moderno que, sem analisar o todo, despende muito dinheiro por algo que poderia ser mais econômico, como se alimentar em casa, dividir a carona e pagar apenas o que consumir. Hábitos desenfreados e, item por item, podem minar o controle financeiro.

 

A dica é: liste tudo aquilo que pode ser cortado do seu cotidiano, como no exemplo acima. Ao colocar no papel, você perceberá quantas coisas são desnecessárias.

 

Clique no botão abaixo e confira todas as dicas.

 

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Pink tax: por que as mulheres pagam mais caro?
Por Equipe Organizze
Vale a pena contratar um seguro viagem?
Por Equipe Organizze
Dicas para usar o Online Banking com segurança em 2019
Por Luana Biral
Como lidar com adolescentes consumistas?
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).