4 erros que quem investe em ações não pode cometer

Escrito por:

Investir dinheiro em renda variável é sempre uma caixinha de surpresas. Mesmo os investidores mais experientes ainda lutam para não cometer escolhas erradas que resultam em perda de dinheiro.

 

O blog Finanças Forever listou os erros que investidores iniciantes devem evitar ao começar a investir em ações. Confira alguns destaques do artigo no texto abaixo:

 

Desconhecer seu perfil de investidor

 

O seu perfil de investidor ajuda a determinar alguns fatores que irão te dizer que tipo de investidor você é. Além de definir seus objetivos e adequá-los ao seu estilo de vida, você deve também saber qual sua tolerância a riscos e seu conhecimento sobre suas próprias finanças. Com tudo isso em mãos, é muito mais fácil descobrir qual aplicação funciona melhor para você, como deve investir e em qual categoria se encaixa: conservador, moderado e arrojado.

 

Leia mais: Entenda a importância de definir seu perfil de investidor

 

Comprar na alta e vender na baixa

 

Parece óbvio, não é? Para que você tenha lucro, é preciso que você compre na baixa e venda na alta. Mas muitos investidores não prestam atenção nesse tipo de coisa e acabam fazendo justamente o contrário. Tome cuidado para não cair no erro de “seguir a manada”. Não realize nada baseado em suas emoções ou no que as outras pessoas estão fazendo sem primeiro avaliar logicamente, ver se é a melhor opção para seu investimento e se você pode realizar a transação que pretende, de acordo com seu perfil de investidor.

 

Não diversificar os investimentos

 

Esse erro pode parecer que acontece somente com novatos, mas muitos investidores experientes também esquecem disso. Ao investir em uma única coisa, ou investir todo seu dinheiro de uma vez, você fica suscetível a perdas maiores. Caso essa empresa ou categoria encontre dificuldades, você perderá grande parte do seu investimento. Por isso, saiba escolher investimentos de categorias diferentes e escolha aplicações de rendas fixa e variável, diminuindo os riscos e oscilações.

 

Confundir especulação com investimento

 

Investir nada mais é do que comprar pequenas participações – ações – em empresas com o objetivo final de obtenção de lucros. Já especular é fazer transações de curto ou médio prazo, que se baseia na variação de preço para tomar sua decisão. A especulação lida muito mais com sorte, portanto, os riscos são altos. Um investidor leva em consideração coisas muito mais profundas, como, por exemplo, os fundamentos da ação que está interessado.

 

Continue lendo as dicas clicando no botão abaixo.

 

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Reserva de emergência: a sua rede de proteção para imprevistos
Por Alphamar Investimentos
Bolsa de Valores: o que significa quando a bolsa está caindo ou subindo?
Por Ana Cláudia Inez
Investimento em opções binárias é para quem quer crescimento a curto prazo
Por Equipe Organizze
O que fazer com o dinheiro que sobrou no fim do mês?
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).