5 dicas para gastar menos com construção ou reforma de casa

Escrito por:

Às vezes, as residências acusam se estão precisando ou não de reparos urgentes. Outras vezes é de desejo do próprio proprietário fazer algumas pequenas correções nas estruturas e decorações dos ambientes em que vive. 

 

Mas fazer seu imóvel ficar mais bonito, confortável e seguro é um enorme desafio. Afinal, gastar pouco com reformas tornou-se um grande dilema.

 

Será que seria possível economizar na hora de transformar os ambientes de uma casa ou de um apartamento? Será que teria como conter possíveis desperdícios? 

 

Na verdade, sim. Bastaria um pouco de criatividade e jogo de cintura. Siga o passo-a-passo à seguir e lide com esta tarefa com menos transtornos.

 

 

#1 Elabore um orçamento rigoroso

 

Para que nenhuma etapa da construção ou reforma saia de controle, o primeiro passo é criar um orçamento bem detalhado. 

 

Nesta tabela devem estar definidos todos os gastos com mão-de-obra, compra de materiais, aluguéis de equipamentos, e extras – como consumo de água e luz. E mesmo assim, sempre será preciso prever uma reserva financeira que possa cobrir imprevistos – assim, não será preciso recorrer a empréstimos.

 

 

#2 Faça um planejamento da reforma

 

O valor total que se pode gastar com a construção ou reforma já foi determinado. Agora é preciso estabelecer um plano daquilo que se deseja fazer. Isto impedirá que erros graves sejam cometidos no processo, como inverter etapas da obra, o que levaria à mais gastos e dores de cabeça. 

 

Na dúvida, é sempre bom consultar um projetista para elaborar e acompanhar tudo isto – seu conhecimento e experiência deve fazer toda a diferença.

 

Organização é o segredo para o sucesso de qualquer construção ou reforma. Se a pessoa ficar mudando os planos com frequência – sem seguir o seu próprio orçamento e cronograma – poderá gerar desperdícios e atrasos na execução. 

 

Lembrando que “tempo é dinheiro”. E também que ser negligente ou poupar nos detalhes poderá comprometer não só o projeto como a segurança e bem estar de todos.

 

 

#3 Pesquise o preço de tudo

 

A primeira pesquisa que deve ser feita é com relação aos profissionais que farão o projeto da construção ou reforma da casa – incluindo a montagem do orçamento e cronograma. 

 

Depois, com base na lista de materiais a serem gastos, deve-se analisar todas as possibilidades de fornecedores mais próximos do endereço. Vale checar também os descontos oferecidos pelas lojas virtuais. E, por fim, os serviços de outros terceirizados.

 

Então, na hora de definir tudo, deve-se priorizar pela qualidade. Nem sempre o preço deve ser a razão de todas as escolhas. 

 

Até porque muito das coisas que saem baratas de mais no início podem se mostrar problemáticas depois – com qualidade inferior, pouca durabilidade e mais. Nada pode ameaçar a estrutura do imóvel ou a segurança de seus ocupantes.

 

 

#4 Organize o canteiro de obras

 

Todo canteiro de obras precisa ser constantemente organizado – na medida do possível, claro. 

 

Infelizmente, na maioria dos casos, no decorrer da execução dos serviços, é comum acontecer gastos desnecessários. O motivo é simplesmente: a bagunça do local. No meio de entulhos e sujeira podem-se perder coisas valiosas – como parafusos e sacos de rejunte, além de ferramentas de trabalho. E a limpeza ajudará nesta questão.

 

 

#5 Aproveite tudo o que já possui

 

O que puder ser aproveitado de outras construções e reformas feitas em casa assim deve ser feito. A própria mão-de-obra daqueles membros da família mais habilidosos também deve ser aproveitada em muitos momentos. 

 

Tudo que puder ser feito de forma criativa e por conta própria poderá deixar o projeto ainda mais especial. Fora que estas coisas reduzem bastante o investimento final com a obra.

 

 

Lembre-se que coisas mais complexas não poderão ser feitas por você – como a demolição de paredes. Para serviços especiais, sempre contrate uma mão-de-obra especializada. 

 

Fora isto, se seguir estes passos estará mais próximo de realizar o seu sonho. Comece a transformar a sua casa hoje mesmo – e com economia.

 

 

Se não puder promover uma revolução completa, vá cumprindo as etapas pouco-a-pouco, conforme for possível. Não se apresse. Jamais cometa o erro de pular itens do seu planejamento. E, no fim das contas, se sobrar algum dinheiro que possa ser investido em outras coisas para a casa use-o para novos móveis, a troca de torneiras, e mais. 

 

O que acha? Reflita sobre tudo que foi lhe apresentado neste texto e boa sorte.

 

Essas dicas de como reformar a casa sem gastar muito dinheiro foram criadas pela equipe Viva Decora.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

5 dicas para contratar um seguro viagem barato
Por Equipe Organizze
4 dicas de como mobiliar a casa nova sem gastar muito
Por Equipe Organizze
5 dicas para organizar uma festa de Carnaval gastando pouco
Por Equipe Organizze
3 itens de valor que mais desvalorizam com o tempo
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).