5 dicas para juntar dinheiro para casar

Escrito por:

O casamento faz parte do plano de vida de muitas pessoas, sendo um momento especial para compartilhar com os amigos e família. Mas é preciso se planejar bem e juntar dinheiro para casar, ainda mais se você quer que tudo saia perfeito.

 

Mesmo celebrações pequenas podem custar caro. No entanto, tudo vai depender muito do gosto pessoal dos noivos e como eles desejam comemorar a ocasião.

 

De qualquer forma, ter uma reserva financeira é indispensável. Por isso, o artigo de hoje trouxe algumas dicas para você juntar dinheiro para casar, evitando que você tenha grandes “dores de cabeça” na data do casamento. Confira!

 

1 – Comece com um planejamento financeiro do casal

 

O primeiro passo é definir quanto o casal pode gastar com o casamento. Isso é fundamental para que os noivos consigam adaptar a festa dos sonhos para a sua realidade financeira.

 

Importante lembrar que os custos vão muito além de simplesmente fechar um aluguel de espaço para casamento. É preciso considerar os demais gastos envolvidos, mas também a viagem de lua-de-mel, se o casal já tem uma casa montada, entre outras considerações.

 

Ao fazer o planejamento financeiro do casal, é possível saber quanto cada um vai poder economizar até a data do casamento, sem cair em dívidas.

 

2 – Corte alguns gastos supérfluos

 

Não vai ter jeito: se você quer casar, vai ter que cortar boa parte dos gastos supérfluos para começar a juntar dinheiro.

 

Se vocês costumam sair muito no final de semana, talvez seja um bom momento para aproveitar mais o tempo em casa, diminuindo a ida aos bares e restaurantes. Só aí já é possível economizar bastante dinheiro.

 

Dessa forma, além de juntar a quantia necessária para a festa, vocês também têm a oportunidade de ter um dinheiro extra para investir em convites personalizados ou mais um item no buffet.

 

Pense que o casamento é um momento único e muito especial, então dá para cortar alguns consumos para viver essa experiência.

 

3 – Faça uma cotação de fornecedores

 

É importante fazer uma cotação dos envolvidos na realização do seu casamento. Isso ajudará na definição dos valores necessários e, assim, vocês têm uma noção de quanto será gasto no evento.

 

Aqui, vale a pena listar todos os fornecedores, desde a contratação de um buffet de casamento simples, até o preço com os trajes, decoração, enfeites, lembrancinhas aos convidados, iluminação, entre outros.

 

Para ter uma cotação mais assertiva, é importante:

 

→ Definir a quantidade de convidados;
→ Escolher uma data para o casamento;
→ Encontrar o estilo do evento (rústico, formal, etc.);
→ Conhecer o tipo de cerimônia.

 

Todas essas questões devem ser definidas previamente, logo no início do planejamento. Assim, é possível evitar transtornos que podem trazer gastos desnecessários e até comprometer a sua festa.

 

4 – Tenha controle das suas compras

 

Nada de sair por aí comprando um monte de coisa e parcelando no cartão – mesmo que seja algo para o seu casamento. Se vocês querem juntar dinheiro, é necessário planejar os gastos. Lembra que falamos sobre cortar compras supérfluas? É disso que nos referimos!

 

Claro que se você encontrar uma ótima promoção de iluminação para casamento, tente analisar se realmente vale a pena investir nessa compra, fazendo uma cotação. A questão é ter equilíbrio e bom senso.

 

5 – Preste atenção em todos os contratos fechados

 

Durante o planejamento do casamento, vocês vão ter que lidar com vários contratos, seja no cartório ou com a compra de serviços dos fornecedores. Portanto, leiam todas as letrinhas miúdas de cada um dos documentos!

 

Em geral, o contrato mais complicado e complexo é o do buffet. Verifique se o serviço engloba o oferecimento de mesas, cadeiras, quais as refeições servidas, os tipos de bebidas e todos os pormenores.

 

Imagine, por exemplo, contratar um buffet que não oferece serviço de garçom e vocês só perceberem isso um dia antes do casamento? Com certeza será um prejuízo enorme e vocês vão acabar gastando mais.

 

Conclusão

 

O casamento é uma data realmente muito especial para os casais, mas ele demanda planejamento. Por isso, antes de começar a comprar tudo para a sua festa, os noivos devem ter calma, paciência e organização.

 

Além disso, juntar dinheiro para os trajes e para a festa é essencial. Por mais simples que a celebração seja, você quer oferecer uma boa experiência aos convidados e ter uma memória boa do seu casamento, não é mesmo?

 

Então, não tenha pressa e veja o quanto vocês precisam economizar para que a sua festa seja inesquecível!

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

DIY: soluções para economizar na hora de decorar a casa
Por Viva Decora
Economia doméstica: como reduzir o consumo de água na casa
Por Viva Decora
4 dicas para economizar na revisão do carro
Por Equipe Organizze
Decore a casa sem gastar muito utilizando papel de parede
Por Viva Decora
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).