5 erros comuns que te deixam cada vez mais pobre (e infeliz)

Escrito por:

O maior responsável pela sua situação financeira é você. Você já deve ter ouvido isso, certo? Crise, recessão e desemprego são fatores que podem contribuir para o seu fracasso, mas nada é mais importante do que as suas atitudes para reverter essa situação.

 

Pensando nisso, confira alguns erros bem comuns que podem te deixar cada vez mais pobre, listados pelo site Dinheirama.

 

Erro 1: Ser ganancioso

 

Quem começa querendo bater o mercado é, invariavelmente, massacrado por ele. Não é uma afirmação minha ou de alguns poucos especialistas, é a realidade nada cruel da vida financeira. É real, é a vida como ela é, é o choque de realidade vivido por quem acha que sabe como chegar lá sem humildade. Ah, sim, ter dinheiro requer muita humildade.

 

A cautela, caracterizada pela condução consciente dos investimentos e pela paciência, é tão importante quanto o grau de aversão ao risco de cada investidor. Cuidado com a vontade de ganhar sempre. Aprender a perder de vez em quando garante que você também aprenda a valorizar cada pequena vitória.

 

Erro 2: Não lidar bem com a opinião dos outros

 

São dois os problemas relacionados com a opinião das pessoas próximas e daqueles desconhecidos que resolvem escrever exatamente sobre o tema que queremos compreender melhor:

 

1 – Não ouvir o que os outros dizem. Achar que sabe tudo e que, por conta própria, é capaz de tomar sempre as melhores decisões é um defeito comumente encontrado naqueles que não sabem gerir suas finanças. A decisão é sempre sua, mas os subsídios devem surgir de experiências, da leitura e do relacionamento com as pessoas.

 

2 – Confiar em tudo que ouve e lê. O extremo do item mencionado anteriormente também é perigoso. É preciso que, a partir do conhecimento, nasça opinião e ponto de vista. Ler, conversar e informar-se através de periódicos especializados só são atitudes válidas quando aprendemos a equilibrar a opinião dos outros, os fatos do mercado e nossas próprias crenças e objetivos. Portanto, equilíbrio é a palavra de ordem.

 

Erro 3: Demora na aquisição de conhecimento e prática em investimentos

 

Falta tempo! Ah, o tempo. Engraçado como não temos tempo para coisas importantes, como o dinheiro, mas temos tempo para viagens fora de propósito, chope com os amigos que aparecem de última hora e para assistir a novelas e filmes no cinema. Não, não estou pedindo que você deixe de fazer nada disso, só não quero ouvir a desculpa da falta de tempo.

 

Será que é possível se divertir e ao mesmo tempo separar algum tempo para estudar as alternativas de investimento e dedicar alguns dias às regras que podem fazer de suas aplicações um verdadeiro plano financeiro para o futuro? Tem que ser possível. Não adie mais a decisão de ler uma revista especializada e procurar informações sobre aquele investimento que você ouviu falar.

 

Erro 4: Não dedicar tempo suficiente para as finanças da casa

 

Tempo? De novo? Se você não cuidar do seu dinheiro e da capacidade de criar um futuro melhor para você e sua família, quem o fará? Não, eu não. Pois é, todos concordam que são responsáveis pelas dívidas e problemas financeiros que têm, mas poucos se mexem. Quer saber? Não é falta de tempo, é preguiça! Que tal arregaçar as mangas, convidar a família e detalhar o orçamento doméstico e os objetivos financeiros para o futuro? Não, amanhã não! Agora!

 

Continue aproveitando as dicas clicando no botão abaixo!

 

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

REGRA PARA TER DINHEIRO! Viva um degrau abaixo! Como fazer isso?
Por Nathalia Arcuri | Me Poupe
5 dicas para o cálculo de comida e bebida do seu casamento
Por Wedy.com
5 atitudes de filmes para não levar para a vida real
Por Ana Cláudia Inez
Quanto custa um divórcio?
Por Equipe Organizze
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).