5 investimentos isentos de Imposto de Renda

Escrito por:

Quem já teve que declarar Imposto de Renda sabe que é um processo um pouco chato e cheio de detalhes. Porém, uma parcela da população não tem como fugir disso já que a declaração é obrigatória para quem tenha recebido rendimentos tributáveis cuja soma foi superior a R$ 28.559,70* no ano anterior a declaração.

 

Investidores também se enquadram nessa posição, dependendo do tipo de investimento escolhido. Mas você sabia que existem investimentos livres de Imposto de Renda? Muitos aliás rendem muito mais do que a poupança.

 

O site InfoMoney listou algumas formas de investimento onde o investidor não precisa dividir o rendimento com o governo, confira alguns destaques nesse artigo:

 

LCI

 

As Letras de Crédito Imobiliário (LCIs) são uma modalidade de investimento de renda fixa lastreada em créditos do setor imobiliário.

 

Isenta de Imposto de Renda, a LCI exige resgate no vencimento e conta com a cobertura do Fundo Garantidor de Créditos para até R$ 250 mil por CPF e instituição financeira. Para mais informações, acesse o site do FGC.

 

LCA

 

As Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs) também são investimentos de renda fixa. A diferença para a LCI é que ao invés do banco utilizar os recursos captados para o segmento imobiliário, ele os utiliza para o agronegócio.

 

Assim como a LCI, a LCA possui a cobertura do FGC para até R$ 250 mil por CPF e instituição financeira. Além disso, são aplicações de médio e longo prazo, então o investidor precisa estar disposto a levar os títulos até a data de vencimento.

 

CRI

 

Os Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs) são lastreados em imóveis e emitidos por companhias securitizadoras. Isento de Imposto de Renda, o CRI precisa ser resgatado na data de vencimento.

 

É importante lembrar que o CRI não conta com a cobertura do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), portanto é preciso se atentar ao rating. “É muito comum que o CRI venha com uma garantia real; muitas vezes é lastreado pelo próprio imóvel, ou seja, o emissor dá o imóvel como garantia”, lembra Daniel Zamboni, assessor de investimentos na Br Investe.

 

A remuneração, por sua vez, pode ser indexada ao CDI, a índices de inflação ou ser prefixada. Vale citar que muitos dos CRIs só estão disponíveis para investidores qualificados, ou seja, aqueles com patrimônio investido acima de R$ 1 milhão.

 

CRA

 

Também na ponta dos Certificados de Recebíveis, temos o do Agronegócio (CRA), que é lastreado em recebíveis originados de negócios entre produtores rurais e suas cooperativas.

 

Assim como os CRIs, os papéis não contam com a cobertura do Fundo Garantidor de Créditos (FGC) e precisam ser resgatados na data de vencimento. Além disso, são investimentos de risco moderado com vencimentos de médio e longo prazo, normalmente a partir de 3 anos.

 

Debêntures incentivadas

 

As debêntures são títulos de dívida emitidos por empresas (de capital aberto ou não) que têm como objetivo captar recursos para o financiamento de projetos.

 

No caso das debêntures incentivadas, estas são emitidas por empresas para executar obras ou serviços de infraestrutura no país, como estradas e aeroportos. Por causa disso, o governo federal optou por isentar a cobrança do IR.

 

O rendimento desses ativos pode acontecer de três formas diferentes: pós-fixado (CDI ou IPCA), prefixado ou híbrido (mesclando as duas modalidades de rendimento).

 

*Dados de fevereiro de 2019.

 

Confira o artigo completo clicando no botão abaixo.

 

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

7 dicas para aumentar a restituição do Imposto de Renda
Por Leoa
O que são Small Caps: conheça as pequenas ações da Bolsa
Por Ana Cláudia Inez
Reserva de emergência: a sua rede de proteção para imprevistos
Por Alphamar Investimentos
Bolsa de Valores: o que significa quando a bolsa está caindo ou subindo?
Por Ana Cláudia Inez
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).