5 lições financeiras que a pandemia ensina

Escrito por:

Por mais que a pandemia esteja sendo um momento muito difícil para milhares de pessoas, é possível tirar algumas lições de períodos conturbados como esse.

 

Muitas pessoas e empresas não estavam preparadas financeiramente para passar por um momento como esse, então foram muito prejudicadas. A Jornalista Janaina Gimael contou ao blog Dinheirama as lições financeiras que ela levou da pandemia, com certeza você vai se identificar com alguma delas. Confira os destaques no artigo abaixo!

 

1. Precisar de menos do que pensava

 

Sim, descobri que muitas das coisas que eu tinha e pareciam ser essenciais poderiam ser deixadas de lado. E você? Quando entendemos que não precisamos de tanto para viver, as coisas parecem ficar mais simples. E certamente isso ajuda nos momentos em que é preciso reduzir gastos.

 

2. Fazer coisas em casa

 

Essa talvez tenha sido uma lição forçada para a maioria das pessoas. Mas sim, é muito possível fazer coisas em casa no lugar de adquirir fora. Ou seja, se você precisa economizar, agora sabe que pode até ser divertido – além de mais barato – fazer uma pizza, um bolo ou até pãezinhos em casa.

 

Isso se não resolver vender as guloseimas e ainda ganhar um extra como muita gente tem feito. Minha irmã e meu cunhado, por exemplo, têm faturado com a venda de queijos e cervejas artesanais.

 

3. A reserva de emergência é item essencial

 

Uma das lições financeiras que a pandemia ensina é que guardar dinheiro é essencial. Essa recomendação, que parece papo chato de educador financeiro, certamente salvou muita gente nesta crise.

 

Acredito que a partir de agora formar uma reserva de emergência seja item de primeira necessidade mesmo para quem não levava isso muito a sério. Um pouquinho por vez, mantendo a frequência, já ajudará muito.

 

4. Mais experiências, menos coisas

 

O que você fez até agora durante essa pandemia? O período certamente me ensinou que as experiências – como eu já pensava – são muito mais importantes do que coisas.

 

Podem ser experiências simples, como tomar café da manhã com pessoas queridas; ou a lembrança de experiências mais diferenciadas, como um safári na África quem sabe. Nestes meses revivi tantas experiências em minhas memórias e isso me deu forças.

 

Assim como aproveitei, por exemplo, os pequenos momentos em que pude tomar um sol na varanda do apartamento ou fazer um bolo com minha mãe. O que mais vale na vida afinal de contas?

 

5. Flexibilidade é importante

 

Outra das lições financeiras que a pandemia ensina é que ser flexível é muito importante. Quando você precisa sobreviver também deve ser adaptável.

 

Se a sua área não contrata mais, por exemplo, cabe a você pensar o que poderia oferecer ao mercado. Muita gente descobriu talentos e aproveitou para aprender coisas que em outras situações nunca teria descoberto ou aprendido.

 

Eu fui uma delas e aproveitei para terminar um curso de psicologia positiva, entre outras coisas.

 

Confira mais dicas e lições clicando no botão abaixo!

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Como cuidar das finanças e adaptar para sua realidade
Por Tiago Trespach Marques
4 hábitos para evitar gastos desnecessários
Por Equipe Organizze
O que fazer para sair do endividamento?
Por Equipe Organizze
CFD: o que é e como utilizar nas finanças pessoais?
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).