Plano lifetime em dobro! 🎁

Assine o plano e ganhe outro para ajudar alguém.

Prorrogado! Saiba Mais

5 passos para fazer um planejamento profissional

Escrito por:

Os dias de quarentena podem ser desafiadores pelo isolamento social, mas são também grandes oportunidades para tirar projetos do papel, como fazer um planejamento profissional.

 

Quem tem um plano de carreira consegue visualizar seus objetivos e estabelecer etapas para realizar cada meta. Que tal aproveitar a quarentena para pensar no seu futuro? Veja 5 passos para fazer um planejamento profissional!

 

1. Estabeleça o que você tem e o que deseja alcançar

 

O primeiro passo para fazer um planejamento profissional é analisar o que você tem no momento e qual é o seu objetivo. Para esse momento, vale utilizar uma folha para anotar todas as informações. É aqui que você identifica sua ocupação atual, o grau de satisfação com a profissão, o que gosta e não gosta no trabalho, seu nível de conhecimento, formação acadêmica, etc.

 

Depois de ter tudo isso listado, coloque em outra coluna qual o seu objetivo profissional e o que é necessário saber para conquistar determinada posição. Nesse momento, você será capaz de comparar as duas listas e perceber o que você precisa fazer para estar em um patamar que chame a atenção do mercado.

 

2. Finanças e preparação

 

Agora que você já sabe o que precisa ter em matéria de conhecimento para um trabalho, pode pesquisar sobre como se preparar. Em tempos de quarentena, muita gente não tem recursos disponíveis, mas nada impede que você faça cursos gratuitos que são oferecidos de forma online.

 

O app Babbel, uma das maiores plataformas de idiomas do mundo, está oferecendo um mês de seus cursos grátis, seja para aprender espanhol, inglês ou outras línguas. Uma grande oportunidade com zero investimento!

 

Para aqueles cursos que não possuem conteúdo gratuito na internet ou que exigem uma certificação para serem aceitos pelo mercado, a dica é fazer um bom planejamento financeiro. Faça uma previsão de gastos, com os valores de cada curso, para conferir se há a possibilidade de investir o valor agora, ou se é preciso fazer renda extra para pagar pela formação.

 

3. Identificando as metas

 

Ao realizar essas duas primeiras etapas, talvez você perceba que está mais perto do que imaginava do seu objetivo – ou mais distante. Em ambos os casos, a terceira fase do planejamento profissional é colocar em metas o que é necessário fazer para alcançar um objetivo específico.

 

Pense da seguinte forma: existe uma versão sua que é a atual e outra que está no futuro. O que é preciso fazer, em passos pequenos, para unir o presente com a projeção? Nesse meio você pode incluir estudar determinado assunto, concluir uma graduação, ter uma boa rede de contatos, participar de palestras, etc.

 

4. Quando, como e por quê

 

De nada adianta saber seu objetivo final e ter metas para alcançar o que se deseja se não há nenhum prazo. O planejamento profissional exige que você identifique até quando uma etapa precisa ser concluída, como será feita e por quê.

 

Ter prazos é importante para ativar o senso de urgência em nosso psicológico. Mas atenção: coloque prazos realistas! Se um curso leva um ano para ser feito, não tente acelerar no planejamento para seis meses. Isso só vai gerar frustrações. O realismo também deve estar presente no campo “como”. Utilizando o exemplo de aprender um idioma como o espanhol, você pode descrever que vai estudar x horas diárias, por meio de apps e livros, por exemplo.

 

Por fim, o por quê também tem um efeito psicológico. Sem um bom motivo para realizar alguma coisa, a tendência é a desistência e esquecimento das metas. Por isso, sempre identifique por que é importante conhecer ou adquirir determinado elemento que está no seu planejamento profissional. No final, você vai perceber que um motivo de uma etapa leva à outra etapa, fazendo com que manter-se engajado seja mais fácil.

 

5. Colocando tudo em prática!

 

Um planejamento, seja ele profissional ou não, só faz sentido quando colocado em prática! Ou seja, não deixe para começar a realizar uma das suas metas amanhã: comece hoje e se comprometa em manter o ritmo!

 

Esse tipo de planejamento ajuda ainda a passar pelo isolamento social provocado pelo Covid-19 com mais leveza, independentemente da idade. Muitos jovens já começam a sentir o impacto da doença na saúde mental, especialmente pela falta de rotina e pelo sentimento de não estarem realizando algo no momento.

 

Então, já que temos esse tempo disponível, fazer um planejamento profissional e começar a colocá-lo em prática é uma ótima forma de lidar com o lado psicológico e ainda se preparar para voltar ao mercado de trabalho com tudo à seu favor.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

3 dicas para os desempregados na pandemia
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Como cuidar das finanças da família na pandemia
Por Alphamar Investimentos
4 dicas para você limpar hoje mesmo o seu nome e sair da inadimplência
Por Equipe Organizze
Quanto do seu salário pode ser gasto em supérfluos?
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).