7 truques de organização financeira para quem quer morar sozinha

Escrito por:

Morar sozinho(a) pode ser o sonho de muitas pessoas. Mas realizando esse sonho, a responsabilidade de pagar contas e gerenciar as finanças da casa ficam em cima de uma pessoa só: você. E para não se enrolar nos boletos, é preciso muita organização!

 

A fundadora do site Finanças Femininas, Carol Sandler, elencou alguns cuidados que evitam problemas financeiros quando você mora sozinho(a). Confira alguns destaques abaixo.

 

1) Nunca gaste tudo o que ganha

 

Esta dica parece óbvia, mas são poucos que conseguem segui-la. Se você gastar tudo o que ganha, não consegue formar um fundo de emergências e fica em uma posição extremamente vulnerável: qualquer imprevisto se torna motivo para recorrer a dívidas caras, como o cartão de crédito e cheque especial. Melhor evitar. O ideal é que você consiga guardar 20% do salário todo mês.

 

2) Deixe seu fundo de emergências aplicado na poupança

 

A poupança tem liquidez diária e não sofre cobrança de IR – o que quer dizer que seu dinheiro rende um pouquinho por mês, mas você saca ele a hora que quiser e não paga imposto. Depois que tiver guardado (e aplicado) o equivalente a 6 meses de salário na poupança, você pode começar a poupar para outros objetivos e em aplicações com retorno maior. Mas para quem mora sozinha, o fundo de emergências é especialmente importante.

 

3) Cuidado com as compras para a casa

 

Parece que tudo no supermercado foi feito para casais ou famílias. No entanto, comprar comida em porções menores normalmente acaba saindo mais caro – as “embalagens para solteiros” são sempre mais caras. Melhor comprar as embalagens de tamanho normal e congelar o que der. Do pão e dos frios até carnes e molhos, dá para congelar quase tudo sem perder o sabor. Só não deixe de anotar as datas de congelamento e acompanhar os prazos de validade!

 

4) Seja realista com os seus luxos

 

Você precisa mesmo de TV a cabo? De ter uma despensa recheada de gostosuras? Seja qual for o seu luxo, você precisa ser realista e pegar mais leve. Reserve 30% do seu salário para os gastos supérfluos – e tome cuidado para eles não dominarem o seu orçamento.

 

Leia mais: Netflix vs TV a cabo: qual o mais econômico?

 

Clique no botão abaixo e confira mais dicas!

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

4 dicas para fazer bons investimentos em 2018
Por Ana Cláudia Inez
5 dicas para fazer uma viagem de Ano Novo barata
Por Equipe Organizze
Como economizar em passagens aéreas?
Por Equipe Organizze
4 maiores mitos sobre finanças pessoais
Por Equipe Organizze
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).