Antes de investir, saiba o seu perfil de investidor

Escrito por:

A busca por novos caminhos nos investimentos é uma tendência no Brasil. O crescimento de gestoras de patrimônio, corretoras de investimentos e demais alternativas mostra a busca do brasileiro por novas formas de rentabilizar seu dinheiro, especialmente em um cenário de juros mais baixos da história.

 

Nesse sentido, é muito comum que o primeiro impulso da maior parte das pessoas é buscar diretamente o mercado de ações, sem entender de fato o ponto mais relevante na alocação: seu perfil de investidor. O perfil de investidor (suitability) foi desenvolvido e normatizado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), visando aprimorar o arcabouço regulatório para proteger o investidor, especialmente aquele que possui pouco conhecimento acerca dos produtos financeiros.

 

O cadastro de suitability visa trazer ao profissional que estará junto ao investidor algumas características relevantes para a alocação do mesmo. O objetivo dos investimentos, como prazo esperado de resgate, finalidades desses recursos e propensão à riscos são tópicos de atenção. Ademais, a situação financeira do cliente e seus conhecimentos sobre o mercado compõem os focos na determinação do perfil de cada um.

 

Com essas informações condensadas, é possível executar o enquadramento do cliente em uma categoria que possua compatibilidade dos produtos investidos com suas características pessoais. Isto é, para que esteja alocado na carteira que lhe trará retorno e tranquilidade no longo prazo.

 

Dito isto, os resultados dessa análise serão diversos. O esperado é que pessoas com maior propensão e capacidade de tomada de risco estejam mais alocadas em ativos de renda variável, através de fundos de ações, fundos multimercados ou até mesmo ações diretamente. Em contrapartida, pessoas com perfil dito conservador buscarão preservação do poder de compra, através de uma concentração maior em ativos de renda fixa pós-fixada e inflação.

 

Por fim, o destaque fundamental é que não existe uma alocação perfeita, ou seja, a melhor carteira de investimentos. O que um bom trabalho de gestão faz é entregar ao investidor uma composição adequada às suas demandas, compatível com seu perfil e rentável na proporção do risco incorrido, sempre entregando tranquilidade e resultados para seu cliente.

 

Clique aqui e conheça melhor cada perfil de investidor.

 

Por Enzo Chieza Dummer | Graduando em Engenharia Mecânica pela Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e em Economia pela FUCAPE Business School. Atua na área de gestão da Alphamar Investimentos.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

3 dúvidas que todo investidor iniciante tem
Por Equipe Organizze
3 dicas de investimento para pós-pandemia
Por Equipe Organizze
Renda fixa vs Renda variável
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
É hora de rebalancear sua carteira!
Por Alphamar Investimentos
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).