Balada sem dor de cabeça: saiba se divertir gastando pouco

Escrito por:

Chegou o final de semana e aquela balada programada com amigos. Mas há um problema: o dinheiro está curto e você não quer gastar muito. Não se preocupe! Há maneiras de se divertir e economizar sem precisar mexer nas suas finanças. Se você gasta muito dinheiro na noite, acompanhe nossas dicas e faça sua grana render mais com a mesma diversão que você tinha anteriormente.

 

Escolha lugares adequados

 

Ambientes voltados para o público jovem tendem a oferecer serviços e preços diversificados. Por isso, faça uma análise do custo-benefício do local: as pessoas que vão, os valores das bebidas, o deslocamento e se há opções mais baratas e que ofereçam as mesmas condições.

 

No dia da balada comece com algo mais particular

 

É fato: beber em casa é a opção mais barata. E se você costuma beber na balada, antes de você sair convoque seus amigos e façam o famoso ‘esquenta’. Nessa reunião pré-festa dá para colocar o papo em dia e elaborar como será a noite de todos. Suas finanças agradecem: os valores das bebidas nas baladas costumam ser muito mais caras em comparação com o supermercado.

 

Pense na alimentação

 

Antes de sair para a balada, alimente-se. Muitos jovens cometem o erro de ir para a balada de barriga vazia, causando mal-estar e aumentando o nível de álcool no sangue. Comendo antes de sair, você pode aproveitar o que você já tem em casa e não se preocupa em gastar mais após a festa.

 

Pense como irá se deslocar

 

É importante que você minimize os custos com transporte. Ao invés de táxi, que tal opções mais baratas e que dividem o preço da corrida como o Uber? Além de você pagar pouco, acaba sendo mais seguro.

 

Invista nas promoções

 

Algumas baladas oferecem entrada grátis para determinado grupo de pessoas. Outras, cobram metade do preço pela cerveja até certa hora da noite. O importante é seguir as páginas dos estabelecimentos no Facebook e em outras redes sociais, ficando atento as promoções.

 

Conheça seu padrão

 

Nem todos têm a mesma quantia de dinheiro – uns mais, outros menos. Por isso é importante que você não embarque em baladas que não poderá pagar porque seus amigos escolheram o local. Por isso é importante ir a um lugar que seja acessível a todos da turma. Assim, evita-se contratempos e aqueles famosos ‘empréstimos’ durante a noite que fará você se arrepender no outro dia.

 

Amizades contam muito – para o bem e para o mal

 

Jovens costumam ter muitos amigos, mas poucos de confiança – aqueles que chamam sua mãe de tia ou que posam na sua casa após as baladas. Contudo, há outros que irão se pendurar em você durante toda a noite. Aqui, a fórmula é básica: divida a conta com seus amigos e evite pagar ou dividir bebidas com aqueles que só querem se aproveitar de você. Além de economizar dinheiro, também poupará paciência.

 

Conheça o lugar que você quer ir

 

Uma das dicas acima foi para você conhecer novos lugares. Outra fórmula que funciona muito bem para que você economize e se sinta confortável, é frequentar um lugar conhecido ou onde já é cliente ‘de carteirinha’. Com a grande gama de amizades que os jovens adquirem, é possível que ir muitas vezes no mesmo local proporcione descontos que te ajudem a economizar.

 

Opte pela pista

 

As pessoas que escolhem o camarote inevitavelmente transitarão pela pista principal. Então, por que escolher status se você pode agradar seu bolso? Dica: alguns camarotes oferecem o valor em consumação, então verifique se a área ‘VIP’ pode ser a melhor opção para a noite.

 

Saiba exatamente quanto pode gastar

 

Controlar as finanças não é fácil, mas é um aliado poderoso na balada. Saiba quanto de dinheiro você tem e pode gastar, não passando apertos durante ou depois da festa.

 

Aproveite: essa é a intenção

 

Se você ficar muito focado em gastar o mínimo possível poderá tornar a balada um lugar mais entediante que divertido. Por isso, reserve seu dinheiro para a sua diversão. Economizar é bom, mas economizar e aproveitar é melhor ainda.

 

E, claro, tenha limites

 

Nenhuma dica é mais valiosa que saber a hora de parar e ir embora. Então, quando for para a balada, estabeleça um horário máximo ou, caso queira ficar até o fim, hidrate-se com água sempre que possível (que lhe ajudará a minimizar os sintomas da ressaca no outro dia) e não saia comprando aquilo que você não pode.

 

Faça a experiência e comprove: ir para a balada será mais divertido, seguro e barato!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Como ensinar educação financeira para adolescentes
Por Equipe Organizze
Saiba como organizar um casamento na praia sem erros
Por Mecasei.com
15 sinais de que você pode ser demitido em breve
Por Equipe Organizze
Redução de custos: saiba o que cortar das suas despesas pessoais
Por Equipe Organizze
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).