Casamento por adesão: é certo fazer os convidados pagarem a conta?

Escrito por:

Casamento por adesão é quando os convidados pagam o que consomem na festa. O assunto é polêmico, mas em momentos de crise financeira pode ser uma possível solução para economizar nas despesas do casamento. Muitos casais estão aderindo esse tipo de comemoração sem ficar imaginando “o que os outros vão pensar”. Mas afinal, é correto fazer os convidados pagarem a conta?

 

Formalmente, quem convida é quem paga. Contudo, o conceito de “adesão” já está inserido no nosso cotidiano, sendo mais comum em aniversários e formaturas. Assim como nesses eventos, no casamento é igual: vai e paga quem quer! Se o seu convidado realmente gosta de você, com certeza ele fará o maior esforço possível para estar na sua comemoração, seja pagando a comanda ou não.

 

O casamento por adesão é uma forma de reduzir os gastos com o evento, já que o buffet costuma consumir boa parte do orçamento. Mas, esse tipo de casamento não elimina as despesas, já que os noivos ainda terão que arcar com fotógrafo, decoração do espaço, vestido da noiva, traje do noivo, etc.

 

Como escolher o local?

 

Esse tipo de casamento costuma acontecer em locais como restaurantes, churrascarias, bistrôs ou qualquer estabelecimento gastronômico que concorde em abrir as portas para festas de casamento. Normalmente esses lugares liberam espaço para mesa de doces, decoração e, em alguns casos, até para cerimônia.

 

Já que os convidados pagarão pelo seu próprio consumo, seja prudente e escolha um local com preços justos. Considere o poder aquisitivo dos seus convidados no momento da escolha. Você poderá negociar com o dono do local um preço mais acessível de acordo com o número de convidados que estarão presentes.

 

Como comunicar aos convidados o casamento por adesão?

 

É muito importante que você comunique a seus convidados que o casamento é por adesão. Os convites podem ser tradicionais, mas sugere-se que esteja anexo um cartãozinho explicando que trata-se de um casamento por adesão. Nesse cartãozinho você poderá também informar o valor e o que está incluso (prato principal, bebida, sobremesa, etc.). Reforce essas informações ao entregar o convite.

 

Você também poderá colocar essas informações no seu site de casamento, onde você poderá receber as confirmações de presença. Lembre-se que os convidados precisarão compreender a situação dos noivos e talvez poderão não comparecer ao evento pelo mesmo motivo (falta de grana). Por isso, é importante o serviço de RSVP.

 

E a lista de presentes, fazer ou não fazer?

 

Fazer uma lista de presentes não é o mesmo que pedir presentes. Fazer uma lista de presentes com o objetivo de facilitar a vida de quem quer presentear vocês, é uma ótima ideia! Você poderá optar por uma lista de presentes em dinheiro com presentes para todos os tipos de bolso.

 

Caso você conclua que casamento por adesão não combina muito com seu estilo ou que não tem coragem para fazer esse tipo de casamento, mas, ainda assim precisa reduzir o orçamento, saiba tudo sobre casamentos econômicos e planejamento sem dívidas.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Como contratar o fornecedor ideal para o seu casamento
Por Equipe Organizze
Tudo sobre PGBL e VGBL: Previdência Privada
Por Equipe Organizze
Tenha um cachorro e ganhe dinheiro com isso
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Aprenda lições financeiras com o ganhador de um prêmio Nobel
Por Renan Lima
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).