Como comprar ações: confira passo a passo simples

Escrito por:

Muita gente ouve falar em Bolsa de Valores e já sente um arrepio na espinha. Calma lá! Investir em ações não é um bicho de sete cabeças. Muito menos é algo exclusivo de pessoas que andam de jatinho particular e moram em uma cobertura em Manhattan.

 

Você também pode começar a comprar e vender ações para fazer seu dinheiro render mais. A Bolsa é um ambiente que oferece diversas possibilidades e excelentes retornos. Tanto é que ela foi eleita o melhor investimento de 2016.

 

Se você quer começar a investir na Bolsa de Valores, mas não sabe como proceder. Sem problemas. Confira agora um passo a passo simples para te ajudar a comprar ações na prática.

 

Como comprar ações passo a passo

 

1)   Estabeleça seus objetivos

 

Antes de mais nada, é preciso que você faça uma reflexão: “Onde quero chegar? Qual é meu objetivo, afinal?”. Ter isso bem claro é importante, pois seu objetivo será o combustível para que você continue fiel à sua estratégia de investimento.

 

Tem gente que investe para poder comprar uma casa, outros desejam dar a volta ao mundo e ainda tem aqueles que sonham em ter um casamento luxuoso. Independentemente do que você pretende fazer com o dinheiro, entenda desde o início que ter um objetivo bem delimitado facilitará (e muito) manter seus investimentos no caminho certo.

 

2)   Descubra seu perfil de investidor

 

Talvez você não saiba, mas a Bolsa de Valores oferece diferentes modalidades para diferentes perfis de investidor. Isso significa que se você e um amigo investirem em ações, é bem possível que vocês não possuam o mesmo perfil.

 

Por isso mesmo, é fundamental identificar qual tipo de investidor você é. Você pode, por exemplo, ser mais conservador e preferir investir no longo prazo, ou mais arrojado, isto é, estar disposto a se expor a riscos maiores para ter ainda mais rentabilidade. Em resumo: saber seu perfil será essencial para definir sua forma de investir.

 

3)   Construa uma reserva financeira

 

Se você decidiu começar a investir agora e ainda não possui uma quantia reservada para isso, é hora de começar a poupar. De nada adianta comprar ações se as contas de luz e aluguel estão atrasadas. Dependendo do seu objetivo e do prazo que você quer alcançá-lo, o valor economizado deve ser maior. De todo modo, o dinheiro a ser investido deve vir de uma reserva que você construiu a partir de um bom controle financeiro.

 

Uma grande dúvida que surge quando falamos em investir na Bolsa de Valores é o valor mínimo exigido. A boa notícia é que não existe uma quantia mínima obrigatória. Mas a indicação de especialistas da área é que você tenha pelo menos R$ 5.000 para começar a comprar ações e ter bons lucros.

 

4)   Abra uma conta

 

Para começar a comprar ações de fato, você precisa ter acesso à Bolsa de Valores. Uma corretora de valores é a instituição que faz a ponte entre o investidor e o Mercado de Ações. Portanto, você precisa pesquisar qual destas instituições existentes no mercado mais se adequa às suas expectativas.

 

Na hora de escolher, leve em consideração custo-benefício, segurança, qualidade do atendimento e facilidades disponíveis para deixar seus investimentos mais práticos e descomplicados.

 

5)   Escolha a ação para investir

 

Conta aberta? Então chegou a hora de realizar seu investimento. A Bolsa oferece diversas ações, de empresas em diversos setores. Então, decidir qual ou quais ações comprar não deve acontecer na base do “achismo”.

 

Para te ajudar a tomar uma boa decisão, conte com informações e dados estatísticos. No início, essa tarefa pode parecer complicada. Portanto, enquanto você aprende a fazer suas próprias análises de mercado, vale a pena pedir ajuda de um expert na área para identificar as melhores oportunidades de negócio.

 

6)   Realize a transação

 

Hoje em dia, um investidor consegue comprar e vender ações através da internet. Utilizando uma plataforma online chamada Home Broker, que é disponibilizada por várias corretoras, você deve preencher a boleta com as seguintes informações:

 

→ A quantidade de ações que deseja comprar

→ O valor máximo que está disposto a pagar por aquela ação

→ O lucro que deseja alcançar

→ O valor máximo que está disposto a perder, caso haja uma mudança brusca de cenário

 

Achou estranho ter que indicar seu limite de perda? Não se preocupe. Esta ferramenta é conhecida como Stop Loss e é muito importante porque ajuda a proteger seu capital para que você não perca tudo de uma vez.

 

Depois de informar todos estes dados, basta enviar uma ordem de compra na plataforma da sua corretora e ficar de olho até que o valor da ação suba e atinja o patamar desejado. Quando isso ocorrer, você deverá lançar uma ordem de venda para realizar os lucros.

 

Esta é a estratégia mais conhecida do investimento em ações: comprar o ativo por um preço e vendê-lo quando o preço subir. Mas existem outras estratégias que podem ser usadas, inclusive para lucrar com a queda de uma ação.

 

Depois de percorrer esses passos, lembre-se: investimento, seja em renda fixa ou seja na Bolsa de Valores, exige dedicação. Não vá pensando que é só aplicar o dinheiro e esquecer dele. É preciso ficar bem atento e acompanhar sua progressão. Dessa forma, você estará preparado para reagir com rapidez caso algo não esteja caminhando como você gostaria.

 

Agora que já sabe como comprar ações, o que está esperando para colocar essas dicas em prática?

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

E se aplicar seu dinheiro fosse como comprar imóvel?
Por Felipe Modenese
Não faça como a Bettina
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Como declarar CDB no Imposto de Renda?
Por Ana Cláudia Inez
5 investimentos isentos de Imposto de Renda
Por Equipe Organizze
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).