Como decorar sua casa gastando pouco?

Escrito por:

Não se iluda: fazer um orçamento de design de interiores ou um decorador não é barato, até mesmo para os profissionais menos experientes. E mesmo que seja para decorar apenas um cômodo o orçamento pode extrapolar o valor disponível ou ficar realmente astronômico se incluir obras e materiais.

 

Investir nesses profissionais vale muito a pena, mas antes de desistir de remodelar a decoração de sua casa por causa do orçamento justo, saiba que existem soluções muito econômicas que podem te transformar num às da decoração.

 

É possível decorar sem gastar muito!

 

Pensar em decoração impacta em gastar uma boa quantia para comprar móveis e objetos. Basta fazer um passeio para identificar o alto valor atual de tudo que diz respeito a casa, para temer não conseguir fazer uma boa decoração sem estourar o orçamento, mesmo sem contratar um profissional.

 

É preciso ter mais do que criatividade para encontrar soluções práticas, acessíveis e bonitas, que possam deixar a casa com a cara dos seus donos e ao mesmo tempo funcionais e confortáveis. Mas é possível e ainda trazem de brinde uma grande satisfação pessoal pela conquista.

 

Decorar é muito mais ter vontade que dinheiro. Ter boas ideias, bom gosto, saber pesquisar e pechinchar fazem parte desse projeto de decoração econômica e que não deixam nada a desejar das mais caras. Ao contrário, o ambiente fica mais personalizado e com ideias que todos vão querer copiar.

 

Para quem mora em locais pequenos, investir numa boa decoração pode fazer com que os espaços se tornem muito mais funcionais e amplos. Assim como ambientes maiores, que dão a sensação de poder colocar tudo que vier a mente, com o risco enorme de se tornar cafona e exagerado.

 

Ou seja, o bom senso deve estar de braços dados com a criatividade para evitar excessos. E uma visão mais apurada, exercitada por sites com ótimas sugestões, podem tornar objetos sem função em verdadeiras joias da decoração.

 

Dicas para decorar a casa e economizar

 

Selecionamos algumas dicas valiosas para fazer uma decoração gastando pouco dinheiro. É só começar!

 

1 – Estipular um orçamento para a decoração e não extrapolar!

 

O planejamento começa com o valor estipulado para ser gasto. Começar a buscar possibilidades para decoração sem saber quanto pode ganhar torna a tarefa sem fundamento e ainda corre o risco de estourar o orçamento.

 

A partir da consciência real de quanto se pode gastar com a decoração, comece anotando tudo o que acredita ser necessário para a casa e a definir seus estilos preferidos. Essas informações serão apuradas com a pesquisa em campo, mas é sempre bom ter uma ideia do que se deseja para o ambiente.

 

Mas é fundamental que se mantenha o foco sobre o orçamento, para não se empolgar com supostas promoções e ficar com dívidas.

 

2 – Se inspirar em sites de decoração

 

O Pinterest não tem o mesmo sucesso que outras redes sociais como Facebook e Twitter, mas quem o descobre se torna fiel ao seu conteúdo. Seu foco são fotos, como quadros inspiradores sobre inúmeros temas, dentre eles de decoração.

 

São muitas as possibilidades propostas pelo Pinterest para realizar decorações de vários estilos e preços. Inclusive com dicas artesanais, formas de fazer e as mais variadas possibilidades de deixar sua casa linda.

 

3- Investir em DIY

 

Em inglês “Do It Yourself” significa “Faça Você Mesmo” e tem sido cada vez mais difundida e valorizada para decorar uma casa. O DIY tem sido considerada uma filosofia de vida onde o morador opta por fabricar seus próprios móveis e objetos decorativos, sem comprar nada em lojas ou terceirizado.

 

Muito conhecido para presentear de forma personalizada e criativa, com pequenos adornos como bijuterias, velas, pulseiras, roupas etc. O sucesso tem sido tão grande que já há vários sites que ensinam a produzir inúmeros objetos, especialmente para a casa.

 

Produzir seus próprios objetos decorativos possui muitas vantagens que vão além da economia, já que estimula a criatividade e o talento para as artes, personalizando sua casa em todos os detalhes. É também uma ótima terapia e perfeito para quem está aposentado ou buscando uma nova profissão.

 

O DIY pode também realizar pinturas de móveis em pré-acabamento, usar bricolagem, crochê e muitas outras técnicas artesanais que são lindos e um sucesso.

 

4 – Comprar objetos usados

 

A crise financeira proporcionou muitas mudanças de hábitos, inclusive a troca ou compra de móveis usados. Em busca de uma boa economia e de obter os objetos de desejo, muita gente está encontrando móveis de boa qualidade em sites como o Enjoei e o Mercado Livre.

 

É preciso fazer uma boa pesquisa para encontrar os móveis e eletrodomésticos ideais, já que nem sempre as fotos correspondem com a realidade e muitos podem estar danificados. Mas há pessoas com objetos praticamente novos e que precisam se mudar para outra cidade ou país e vende por uma pechincha.

 

É importante também procurar um bom frete, que tenha um valor acessível para não gastar mais com o transporte do que com o valor do produto. Mas tenha determinação e objetivo que é muito fácil encontrar coisas ótimas nesses sites!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

4 dicas para fazer bons investimentos em 2018
Por Ana Cláudia Inez
5 dicas para fazer uma viagem de Ano Novo barata
Por Equipe Organizze
Como economizar em passagens aéreas?
Por Equipe Organizze
6 dicas de ouro para o planejamento financeiro das férias
Por Equipe Organizze
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).