10 dicas infalíveis para guardar dinheiro durante a crise

Escrito por:

Descobrir como guardar dinheiro durante a crise pode até parecer uma missão impossível, já que, com a inflação de volta, está tudo mais caro e difícil. Mas, a boa notícia é que há maneiras seguras de economizar para criar uma reserva financeira.

 

E é justamente dessas formas campeãs para reduzir gastos e fazer sobrar dinheiro de que se trata este post. Então, vamos às dicas!

 

1. Fique de olho no orçamento

 

Para começar a economizar, é preciso fazer contas. Primeiro, considerar todas as entradas, os ganhos, sejam eles mensais ou eventuais.

 

O próximo número a ser descoberto é o que representa os gastos. Para conhecê-lo com exatidão, contabilize as despesas fixas e some-as às variáveis. Esses valores devem ser anotados ou lançados em uma planilha.

 

Para um controle ainda mais efetivo, ágil e otimizado, é recomendável a adoção de uma ferramenta online de controle financeiro.

 

Feito isso, você pode passar à etapa seguinte!

 

2. Reveja seus gastos

 

Com total noção de suas finanças, olhe para as possibilidades. Veja tudo que pode ser reduzido e o que você é capaz de cortar.

 

Ter isso claro é fundamental para quem vai começar a economizar, então, reflita sobre cada uma de suas despesas e siga a próxima dica!

 

3. Diminua o que puder

 

Há, em suas contas, itens que não admitem cortes, porque são essenciais. Entre eles estão os valores gastos com moradia, como aluguel ou parcela de financiamento, IPTU e condomínio. Com esses pagamentos não se pode mexer.

 

Já outras despesas do lar podem ser diminuídas. A forma de consumir energia elétrica e água, por exemplo, pode ser racionalizada.

 

Para tal, preste atenção aos itens abaixo:

 

→ Tome banhos curtos.

 

→ Troque a luz acesa durante o dia pela claridade natural.

 

→ Use o ar condicionado ou o aquecedor elétrico só em casos de muita necessidade, ainda assim, apenas por curtos períodos de tempo.

 

→ Dê preferência ao uso de roupas que não precisem ser passadas a ferro.

 

→ Junte bastante roupa para lavar, e programe a máquina para funcionar com água fria e um só enxágue.

 

→ Aproveite o forno elétrico para preparar mais de uma receita ao mesmo tempo.

 

→ Desligue totalmente os aparelhos quando não estiverem em uso, não os deixando em stand-by.

 

Estes pequenos cuidados vão render uma significativa diminuição nas suas contas de água e luz.

 

4. Repense seus hábitos de consumo

 

Ao pensar em como guardar dinheiro durante a crise, é indispensável rever velhos hábitos de consumo. O que em outras épocas foi tido como essencial, quem sabe agora não se converta em economia?

 

Boas amostras de valores importantes para virar poupança são os despendidos com serviços mal utilizados.

 

Então, se você:

 

→ Paga academia e quase não frequenta – crie uma rotina de exercícios em sua casa, ou faça fitness no parque mais próximo;

 

→ Tem um pacote caro de TV por assinatura sem aproveitá-lo totalmente – cancele o serviço ou opte por um pacote mais básico;

 

→ Está pagando uma fortuna de conta de telefonia – escolha um pacote econômico, e mantenha o controle sobre o tempo passado ao telefone;

 

→ Aderiu a uma banda larga ultraveloz e, na prática, viu que não precisa de tanta velocidade – troque de plano, mas antes faça uma cotação entre as diversas operadoras. E fique com a que mais oferecer vantagens pelo menor preço.

 

5. Convoque a família a economizar

 

É quase impossível levar a economia para dentro do lar sem que todos contribuam com esse esforço. Por isso, engajar a família na causa de economizar é muito importante.

 

Então, que tal começar a fazer a lista de compras com o auxílio do pessoal? Mas antes atente-se à dica seguinte, que é para não errar ao planejar o supermercado!

 

6. Faça uma lista de compras certeira

 

Sempre que for sair às compras, cheque armários e a geladeira. Verifique tudo que está em falta, e anote em sua lista. Adotar este hábito elimina as idas de última hora ao mercadinho do bairro, onde os preços em geral são mais caros.

 

Com esta simples medida, você vai alcançar bons resultados em termos de economia!

 

7. Pesquise os supermercados

 

Uma atitude a ser tomada sempre que você for comprar em supermercados é pesquisar preços, ofertas e promoções. Logo que iniciar esse levantamento, ficará claro que comprar em mais de um local vale muito a pena.

 

Isso é fácil de explicar: concentrar as compras em um só lugar é perder dinheiro, pois muitas vezes o que está caro em um mercado pode ser encontrado mais barato em outro.

 

Saiba ainda que até mesmo a época do mês influencia a subida de preços nas prateleiras ou determina promoções incríveis.

 

E aqui vai mais uma dica importante: as melhores datas para fazer compras costumam ser os dias finais do mês, e entre segunda e quinta-feira.

 

8. Evite comer fora

 

Nos dias atuais, comer fora é um luxo. Assim, deixe-o para ocasiões especiais. No cotidiano, prefira fazer a comida de todos em sua própria casa. Seja o lanche das crianças ou o almoço dos adultos que trabalham fora, preparar as refeições da família vai gerar uma significativa economia.

 

9. Escolha formas baratas de lazer

 

Esqueça o shopping center como espaço de lazer. Ele, na verdade, é um templo do consumo, e como tal deve ser encarado. Logicamente, se você vai ao cinema, acaba tendo que recorrer ao shopping, com os cinemas de rua cada vez mais raros.

 

Mas, para economizar, o ideal é planejar programas do tipo catraca livre, ou bem perto disso. Consulte a programação de lazer de sua cidade e cheque os centros culturais locais: você verá que existe muita coisa bacana para se fazer gastando pouco.

 

10. Coloque mais dinheiro em seu mês

 

Aliar economia a mais renda é perfeito para guardar dinheiro. Nesse sentido, já pensou em aproveitar seus talentos e, com eles, aumentar seus ganhos? Pense direitinho naquilo que você faz bem, e que pode se transformar em uma fonte de renda complementar.

 

Pode ser:

 

→ Fazer um trabalho freelancer na internet;

 

→ Ministrar aulas particulares de alguma matéria que você domina;

 

→ Disponibilizar seu carro e seu tempo para transportar pessoas;

 

→ Alugar um espaço aí na sua casa.

 

Estas são apenas algumas das alternativas para se obter renda extra. Existem muitas outras: com certeza você vai encontrar aquela mais adequada ao seu perfil e disponibilidade de tempo.

 

Reparou como as dicas selecionadas aqui servem como guias no desafio de como guardar dinheiro durante a crise, e ajudam a criar hábitos de consumo mais conscientes?

 

Para tornar tudo isso ainda melhor, deixamos aqui um lembrete: evite ao máximo contrair dívidas, pague sempre o total dos gastos feito no cartão de crédito, e use o limite do cheque especial só em último caso. Com essas atitudes, logo você terá sua reserva financeira, maior estabilidade e segurança econômica!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

3 segredos que o gerente do banco esconde de você
Por Equipe Organizze
6 dicas simples para evitar gastos com saúde
Por Luana Biral
Economizando em viagens: conheça 4 destinos turísticos com atrações gratuitas no Brasil
Por Luana Biral
Economizando na mobília: conheça as vantagens dos móveis multifuncionais
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).