Como investir em ações sem medo: 5 dicas simples

Escrito por:

Você já deve ter visto relatos de pessoas que enriqueceram investindo na Bolsa de Valores, né? Isso é possível sim acontecer, mas como qualquer investimento, não acontece da noite para o dia.

 

Apesar de muitas pessoas acharem que investir na Bolsa é “coisa de rico”, devemos vê-la como uma opção de investimento sim, porém, uma opção um pouco mais complexa.

 

O blog da Rico listou 5 dicas de como perder o medo de investir em ações, além de contextualizar toda a situação atual da Bolsa brasileira. Destacamos as melhores dicas e criamos este post para você, começando pelo conceito de uma ação. Confira:

 

O que é uma Ação?

 

Ação é a menor fração do capital social da empresa. Quando você compra uma ação (ou ativo), torna-se sócio dela e pode lucrar com sua valorização ou ter perdas com sua oscilação negativa. Por isso, todo investimento em ações deve ser bem planejado.

 

As ações são negociadas na Bolsa de Valores e o investidor não pode adquirir ações diretamente por lá. Continue lendo o artigo e confira 5 dicas para investir em ações.

 

1 – Não opere por “achômetro”

 

Busque conhecimento e trace uma estratégia. Aproveite para aprender com investidores mais experientes, assista a vídeos e palestras online.

 

Errar no mercado de ações significa prejuízo. Por isso, entender como este investimento funciona é um passo essencial para ter bons resultados.

 

2 – Conheça o seu perfil de investidor

 

Todo investimento possui um grau de risco. Cada investidor tem uma tolerância ao risco diferente.

 

Para determiná-la, é importante conhecer o seu perfil de investidor. Ele é um teste para descobrir o grau de risco adequado para a sua carteira e os ativos mais indicados.

 

O investimento em ações possui alto risco. Portanto, ele costuma ser recomendado para investidores moderados e arrojados.

 

3 – Tenha uma estratégia clara

 

Investir em ações sem ter uma estratégia pode ser perigoso, pois você será guiado apenas pelos seus preços.

 

Portanto, antes de começar, defina como vai aplicar o seu dinheiro, por exemplo, colocar 90% do capital da renda variável em Blue Chips e 10% em Small Caps.

 

Além disso, você deverá seguir a sua estratégia e avaliá-la constantemente. Caso necessário, ajuste-a.

 

4 – Conheça a empresa que deseja investir 

 

Há diversas empresas expostas na bolsa de valores brasileira. Muitas delas costumam ser boas opções para os investidores. Outras nem tanto.

 

Então, antes de investir em ações, você deve conhecer a companhia desejada. Para isso, busque o maior número de informações sobre ela, por exemplo, histórico de cotações, ramo do negócio, histórico de pagamento de proventos e resultados.

 

5 – Prepare-se para enfrentar a volatilidade

 

Os preços das ações variam conforme as expectativas dos investidores em relação a alguns fatores, como resultados da empresa, política e mercado externo. Por isso, alguns papéis podem sofrer grandes variações em um mesmo dia.

 

Você não deve se preocupar, pois são movimentos de mercado e as cotações tendem a se recuperarem, principalmente, no médio e longo prazo.

 

Clique no botão abaixo e tenha acesso ao artigo completo.

 

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

4 perguntas para fazer antes de investir
Por Equipe Organizze
Otimizando os investimentos
Por Alphamar Investimentos
E se aplicar seu dinheiro fosse como comprar imóvel?
Por Felipe Modenese
Não faça como a Bettina
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).