Como lidar com adolescentes consumistas?

Escrito por:

É na adolescência que geralmente começamos a entender o valor do dinheiro. É preciso de muito cuidado nessa fase para que não sejam criados adolescentes super consumistas ou que não se importam com as dificuldades financeira dos pais ou responsáveis.

 

O site Finanças Femininas listou algumas atitudes que pais de adolescentes devem tomar para criar jovens responsáveis e menos consumistas. Continue lendo e confira os destaques no artigo abaixo.

 

Repense suas atitudes

 

Lembre-se que toda criança e jovem em formação é o reflexo dos pais. Então se seu maior prazer é comprar, provavelmente seus filhos também serão dessa forma. Se quer uma mudança drástica, mude seu comportamento junto com ele.

 

Uma boa forma de fazer isso sem dores é refletir. Questione o seu comportamento, busque o significado das compras e o que sente na hora de pagar no caixa. Antes de comprar pense se você ou seus filhos precisam realmente daquilo.

 

Converse com seus filhos adolescentes

 

Para ter uma relação harmoniosa, é preciso diálogo. Mostre aos seus filhos que o consumo está exacerbado e que vocês precisam de mudanças já. Se necessário, radicalize! Mostre pagamentos que faz mensalmente, faça as contas de quanto custa o padrão de vida dele e quantifique todos os gastos da casa. Peça para ele imaginar o salário que teria que ganhar para conseguir bancar tudo aquilo.

 

É necessário que toda família mude em conjunto. Por isso, converse com o pai ou mãe dos seus filhos e também com os avós deles. Seja sincera e diga que precisa estabelecer limites e um bem estar no dia a dia da família. Peça para todos colaborarem com a situação e evitarem presentinhos inesperados. Dessa forma, você perderá a autoridade e eles continuarão conseguindo o que querem.

 

Imponha limites ao consumo e a outros hábitos

 

As mudanças só vão acontecer se de fato existirem. Corte os hábitos errados e busque respostas para as compras que fazem. Tente entender o porquê que seu filho quer tudo e qual é o significado para ele comprar desenfreadamente. É insegurança dele ou falta de controle seu? Uma forma de inibir esse desejo é diminuir as idas aos shoppings. Conheça parques e visite museus.

 

Tire todos os cartões de crédito do adolescente, passe a trabalhar apenas com dinheiro vivo. Explique qual é a origem do dinheiro da família. Mostre que trabalha duro para conseguir oferecer todo o conforto necessário para a família. Se valorize! Baladas e encontros com os amigos também precisarão serem diminuídos e com limite de dinheiro. Só dê a quantia que acha é necessária para a noite!

 

Dê presentes nos momentos certos

 

Ninguém é de ferro e presentes podem ser dados, desde que sejam ofertados na hora certa. Marque datas que serão comemorativas para seu filho e família. Neste dia ele poderá receber um presente mais caro e que ele deseja há muito tempo. A espera do presente o tornará um adulto feliz e maduro, fique tranquila.

 

Os dias mais básicos para dar presente é aniversário e Natal. Fora isso, se controle e guarde seu dinheiro para dar apenas nas datas. Dessa forma eles vão passar a valorizar mais os presentes e suas conquistas.

 

Leia mais dicas clicando no botão abaixo.

 

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Como práticas sustentáveis podem beneficiar o seu bolso
Por Equipe Organizze
Consumo consciente: bom para seu bolso e para o planeta
Por Equipe Organizze
3 dicas para economizar com games
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Convoque a seleção dos seus investimentos: saiba como montar uma carteira equilibrada como um time de futebol vencedor
Por Alphamar Investimentos
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).