Como quitar dívidas do cartão de crédito em 6 passos

Escrito por:

Seja para compras online ou física, o cartão de crédito é uma das modalidades de pagamento mais comuns dos dias atuais – amplamente utilizado em todo o mundo graças à facilidade e conveniência que oferece. Quando mal utilizada, no entanto, esta ferramenta pode gerar uma imensa dor de cabeça para o consumidor.

 

No Brasil, o endividamento por uso desenfreado do cartão de crédito é uma realidade no dia a dia de milhares de famílias. A consequência do mau uso do cartão – fruto do descontrole financeiro e falta de planejamento – é, muitas vezes, sentida por anos. O nome do inadimplente é enviado aos órgãos de proteção ao crédito e o acesso ao crédito é totalmente bloqueado até que a dívida seja paga.

 

Se você está passando por esta situação ou conhece alguém que não sabe como quitar as dívidas do cartão de crédito, este artigo é para você. Continue a leitura e descubra como quitar as dívidas do cartão de crédito em 6 passos para colocar sua vida financeira em ordem de uma vez por todas!

 

A importância de pagar a fatura em dia

 

Antes de descobrir como quitar eventuais dívidas oriundas do mau uso do cartão de crédito é importante que você tenha muito claro em mente a importância de pagar as faturas do cartão de crédito em dia.

 

Os juros do rotativo do cartão de crédito no Brasil são um dos maiores do mercado nacional – e um dos maiores do mundo. Em março de 2019, a taxa média dos juros do rotativo do cartão cobrada pelas instituições financeiras brasileiras era de  295,5% ao ano! Impressionante, não é mesmo?

 

O crédito rotativo do cartão de crédito pode ser utilizado pelo consumidor todas as vezes que o valor total da fatura não é pago até o vencimento. Neste caso, o consumidor paga qualquer valor entre o mínimo e o total da fatura e o valor devido é financiado e lançado no mês seguinte – juntamente com a incidência de juros altíssimos, que podem gerar uma verdadeira bola de neve em dívidas com o passar dos meses.

 

Para evitar este tipo de situação, é fortemente recomendado que o consumidor pague a fatura em dia e em seu valor integral. Esta prática, no entanto, só será possível se você mantiver bons hábitos financeiros e um bom controle e planejamento dos seus gastos e do seu dinheiro de maneira geral.

 

Por isso, se você não tem ainda o hábito de controlar seus ganhos e gastos e planejar suas finanças com antecedência, talvez este seja o melhor momento para rever suas prioridades e mudar seus hábitos financeiros.

 

Como quitar as dívidas do cartão de crédito?

 

Se, no entanto, você já está imerso no problema do endividamento por conta do mau uso do cartão de crédito ou conhece alguém que está passando por estes problemas, anote e siga os 6 passos que virão a seguir.

 

Passo 1: Saiba o quanto você deve

 

O primeiro passo para quitar as dívidas do cartão de crédito é saber o quanto você deve. Ligue para a operadora do cartão de crédito, conheça o montante total do valor devido. Se for possível, concentre-se em pagar a despesa integralmente – evitando novos parcelamentos de dívidas.

 

Passo 2: Analise suas finanças

 

O próximo passo para se livrar deste endividamento é analisar suas finanças. Organize o fluxo de entrada e saída de dinheiro, verifique o valor mensal que sobra dos seus rendimentos e analise qual fatia deste montante poderá ser destinada ao pagamento do cartão de crédito.

 

Passo 3: Corte despesas

 

Neste momento, é importante cortar despesas e verificar o que pode deixar de existir no orçamento – ao menos até que suas contas estejam em ordem. Verifique a possibilidade de pausar a academia, o plano de TV a cabo, idas ao restaurante, entre outras despesas.

 

Lembre-se que, neste momento, a prioridade deverá ser quitar suas dívidas.

 

Passo 4: Planeje-se financeiramente

 

Analisadas as finanças e identificadas as despesas a serem cortadas, é o momento de planejar-se financeiramente. Com o valor mensal disponível para pagamento de despesas já definido, ficará muito mais fácil contatar o credor para negociar os valores em aberto.

 

Nesta etapa também é fundamental manter um bom controle das finanças – a fim de evitar outras dívidas. Esta organização também será fundamental para ajudar você a quitar dívidas do cartão de crédito sem grandes dificuldades.

 

Passo 5: Negocie com o credor

 

O quinto passo para quitar dívidas do cartão de crédito é entrar em contato com o credor. Verifique as opções de pagamento e escolha a mais vantajosa para você – desde que caiba no seu orçamento.

 

Uma dica interessante é sempre priorizar, quando for possível, o pagamento à vista do valor em aberto. Além de permitir um poder maior de barganha por descontos, o pagamento à vista evita que você comprometa uma grande parcela dos seus ganhos em um único pagamento.

 

Converse com o credor, mostre a ele as suas possibilidades para pagamento do valor em aberto e negocie.

 

Passo 6: Pague suas dívidas

 

Por fim, o sexto passo para quitar dívidas do cartão de crédito é justamente pagar a dívida em si. Se ela tiver sido parcelada, procure manter os pagamentos em dia – a fim de evitar uma quebra de acordo, que poderá lhe acarretar em novas despesas e, muitas vezes, na perda do valor pago.

 

Se você pagou o débito à vista, o momento é de comemorar e de se conscientizar. Afinal, você não irá querer passar por apuros financeiros novamente, contraindo uma nova dívida por conta do uso não consciente do cartão de crédito, não é mesmo?

 

Como evitar as dívidas do cartão de crédito?

 

Para evitar o endividamento por conta do uso do cartão de crédito – assim como qualquer outro endividamento, a dica de ouro é controlar, organizar e planejar suas finanças. Uma pessoa organizada financeiramente sabe exatamente o quanto ganha e o quanto gasta, evitando, desta maneira, manter hábitos ruins de consumo.

 

Além disso, uma pessoa bem planejada e organizada quando o assunto é finanças costuma ter uma reserva de emergência estabelecida para imprevisto. Afinal, situações de dificuldade podem se apresentar a qualquer pessoa – e, nestes casos, uma reserva emergencial pode não apenas segurar suas despesas por algum tempo como também evitar que você contraia dívidas.

 

Portanto, para evitar dívidas do cartão de crédito, seja uma pessoa organizada e controlada financeiramente. Somente desta maneira você conseguirá colocar – e manter – sua vida financeira em ordem!

 

Quer saber como fazer um planejamento financeiro familiar? Então clique aqui e descubra!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Como descobrir o limite para compras parceladas do cartão de crédito?
Por Equipe Organizze
Como escolher o melhor cartão de crédito?
Por Equipe Organizze
Vale a pena adiantar parcelas de um empréstimo?
Por Equipe Organizze
Como saber se um empréstimo é a melhor escolha para sair das dívidas?
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).