Plano lifetime em dobro! 🎁

Assine o plano e ganhe outro para ajudar alguém.

Prorrogado! Saiba Mais

Conheça o método de controle de gastos 50/30/20

Escrito por:

Cuidar da saúde financeira e ter um controle de gastos, tanto na vida pessoal quanto dentro de uma empresa não é tarefa fácil. Por conta disso, diversos métodos foram criados para facilitar esse controle, bem como a tarefa de organização das finanças.

 

Um desses métodos é conhecido como 50/30/20, que tem como intuito dividir o dinheiro em porcentagens, para destiná-lo a diferentes áreas.

 

Neste artigo, vamos falar um pouco sobre esse método de controle de gastos e como ele deve ser adaptado, sempre de acordo com as necessidades reais de cada um.

 

O que é o método 50/30/20?

 

O conceito desse controle é muito simples e prático. O objetivo principal é organizar as finanças em três categorias, por exemplo:

 

→ 50% em gastos essenciais;

→ 30% em gastos pessoais;

→ 20% em prioridades financeiras.

 

1 – Gastos essenciais

 

Dentro dos 50%, separados em gastos essenciais, uma pessoa ou uma empresa de motoboy express, por exemplo, pode incluir tudo aquilo que for essencial para sua sobrevivência.

 

Como exemplo disso temos os seguintes pontos:

 

→ Aluguel;

→ Conta de luz, água, telefone e gás;

→ Despesas com transporte;

→ Alimentação.

 

Existe uma ressalva quanto a isso, pois em muitos casos, uma reserva de 50% para esses gastos essenciais não é o suficiente.

 

Por exemplo, uma pessoa ou uma clínica que ofereça acupuntura para enxaqueca pode precisar de 60% de seus rendimentos para os gastos essenciais.

 

Não há problemas em remanejar a porcentagem, desde que os próximos pontos também sejam ajustados.

 

2 – Gastos pessoais

 

O que faz com que muitas pessoas parem de poupar é ter que abrir mão de alguns desejos e momentos de lazer.

 

Mas isso não é necessário, ao destinar 30% para essas necessidades ou uma porcentagem razoável, não há necessidade de corte com essas despesas.

 

Se 30% é muito, pode ser reduzida para 20% ou conforme a necessidade pessoal. Mas é importante lembrar que essa porcentagem nunca deve ultrapassar aquela destinada aos gastos essenciais.

 

Por isso mesmo, quando uma pessoa ou uma confecção de uniforme escolar infantil deseja efetuar cortes nas despesas, deve sempre começar com a porcentagem destinada aos gastos supérfluos.

 

3 – Prioridades financeiras

 

Portanto, o controle de gastos 50/30/20 pode ser alterado, sempre conforme a necessidade de cada público.

 

Mas continuando com a regra básica padrão, os 20% que se encaixam em prioridades financeiras podem ser destinados para o pagamento de dívidas e negociações, além de investimentos.

 

Obviamente, investir quando existe a necessidade de pagamento de dívidas e negociações não é possível, mas quando há uma reserva para esses gastos e ela é respeitada, fica mais fácil eliminar a dívida e passar a investir.

 

Cada caso exige uma parcela, sendo assim, para algumas pessoas e empresas, como no caso de uma loja de extintor de incêndio veicular, pode haver a necessidade de uma reserva maior para investimentos.

 

A divisão entre 50/30/20 é só uma média, mas ela também pode ser feita em 60/20/20 ou 70/20/10.

 

A importância do controle de gastos

 

Organizar as despesas é fundamental por motivos que todos conhecemos. É por meio dessa organização que muitos problemas são evitados.

 

O endividamento é o principal deles. Quando uma pessoa não controla seus gastos e vai além de suas possibilidades, ela acaba acumulando dívidas e nunca sobra dinheiro no final do mês.

 

Isso leva a empresa ou pessoa física a procurar por soluções rápidas como empréstimos e cartões de crédito, porém é depois disso que o problema se torna uma eterna bola de neve.

 

O método 50/30/20 visa trazer mais organização para as finanças, além de ajudar as pessoas a alcançarem suas metas e objetivos.

 

Seja para fazer uma viagem, comprar um carro ou construir uma casa, é fundamental que haja um planejamento financeiro e um controle de gastos como esse mostrado aqui.

 

Ao colocar tudo isso em uma planilha, fica muito mais fácil enxergar a realidade financeira pessoal e de empresas, dessa forma tomando decisões mais conscientes.

 

O dinheiro é algo que precisa ser bem controlado, mas não contamos com segredos e nem métodos complexos para isso.

 

Por meio da ideia trazida pelo controle 50/30/20, adaptando-o a sua realidade de divisão, vai ficar muito mais fácil fazer o dinheiro render, não acumular dívidas e ainda ter uma quantia poupada no final do mês.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.  

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

3 dicas para os desempregados na pandemia
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Como cuidar das finanças da família na pandemia
Por Alphamar Investimentos
4 dicas para você limpar hoje mesmo o seu nome e sair da inadimplência
Por Equipe Organizze
Quanto do seu salário pode ser gasto em supérfluos?
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).