Cuidados essenciais ao fazer um consórcio

Escrito por:

É hora de comprar aquela casa dos sonhos, de conquistar aquele carro que você precisa ou de adquirir um imóvel de valor. A aquisição de bens e consumos no Brasil é frequente com o decorrer dos anos e muitas pessoas optam por alternativas mais fáceis para conquistar esses objetivos.

 

Uma dessas sugestões é por meio de um consórcio. Esse sistema de seguro é confiável, mas necessita de uma pré-avaliação para que você invista seu dinheiro da forma correta e sem riscos nas suas finanças.

 

Como funciona um consórcio?

 

Um consórcio funciona para quem deseja adquirir um imóvel ou um carro, ou algum outro bem de alto valor agregado. Ministrado por uma empresa especializada nesse serviço, o consórcio abrange um grupo de pessoas que assim como você, também querem adquirir algum item valorizado.

 

Assim como outros investimentos, o consórcio também possui suas taxas a serem pagas. Entretanto, o pagamento das parcelas é ainda mais flexível do que um financiamento e não é preciso dar entrada para prosseguir o pagamento das parcelas restantes.

 

Assim como acontece nos financiamentos, a maioria das empresas de consórcios está sujeita cobrança de taxas fixas. Mas ao contrário da outra alternativa, o consórcio possui um gerenciamento de juros ainda mais baixo que no financiamento. Em alguns casos, nem os juros são cobrados e é feito num ritmo tranquilo e sem pressa.

 

Cuidados importantes

 

Agora que você entende um pouco melhor como funcionam os consórcios, é preciso saber se a sua situação é pertinente ao uso dessa ferramenta. Do mesmo jeito que ocorre com empréstimos e financiamentos, as finanças também sofrem um impacto se um investimento não condiz com sua situação financeira atual.

 

→ Verifique a certificação

 

Esse cuidado é fundamental. Preste muito atenção nisso! Uma vez que uma empresa de consórcios não possui certificação emitida pelo Banco Central, você fica bem mais propício a golpes e operações financeiras não reconhecidas pelo país.

 

O Banco Central possui um setor de fiscalização de todos os consórcios cadastrados para que você tenha uma noção se está sendo lesado ou se você nota alguma irregularidade.

 

→ Contrate o serviço de uma empresa de grande porte

 

Isso vai depender da relevância dos comentários de quem já fez uso do serviço da empresa e também de quem mantém vínculo com ela. O ato de verificar possíveis reclamações ou observações negativas pode lhe ajudar a ter mais segurança na hora de escolher um consórcio mais seguro.

 

Também pode ser útil para notar quem tem parceria com a empresa. Se ela possui um número alto de inadimplência, a chance de você perder o seu investimento é muito grande.

 

Veja se o consórcio é feito por alguma concessionária de veículos, imobiliárias ou outro grupo empresarial. Se alguma delas tiver indícios de insolvência, é muito fácil de você ter seu investimento perdido e ainda ter que pagar por um serviço que não se concretizou.

 

→ Veja como funciona o contrato de adesão

 

Embora a maioria dos consórcios tenha direitos e deveres semelhantes, algumas empresas possuem algumas particularidades. Se atente aos cuidados de cada uma e veja qual delas atendem às suas expectativas. Leia todas as cláusulas, parágrafos e quaisquer adições de normas e regras que você e a empresa precisam seguir.

 

Informações sobre os juros a serem pagos e as correções de parcelas também devem constar no contrato.

 

→ Prazos

 

Esse ponto é crucial e isso vai depender do tipo de investimento que você escolher. Prazos de duração também podem ser variados de acordo com a empresa e com a aquisição do bem. Há consórcios que possuem prazos de até 100 meses para compra de imóveis. Mas há outros consórcios que oferecem 180 meses para quitação da dívida.

 

Verifique também se a empresa cumpre com a entrega dos bens de acordo com o prazo estabelecido. Também desconfie de empresas que oferecem entregas programadas ou tipos de contemplação garantida. Práticas como essas, além de fraudulentas, podem lhe prejudicar na hora de pedir a rescisão prescrita no contrato.

 

→ Afetação e seu patrimônio

 

A administradora e o patrimônio feito pelo consórcio precisam estar separados. Se a empresa tiver algum envolvimento judicial que comprometa seu vínculo com a administração, é possível que você tenha prejuízos na hora de receber o bem firmado. Contate a empresa e não tenha medo de perguntar sobre esse aspecto e veja se ela possui risco de falência.

 

→ Realização de assembleias

 

Uma das formas de manter a clientela tranquila é com a realização de assembleias gerais. Uma administradora de consórcios bem sucedida e bem vista no mercado informa seus consumidores sobre quaisquer movimentações financeiras envolvendo seu grupo. Veja se a empresa que você avalia oferece esse tipo de serviço. Assim você se mantém informado de tudo o que está acontecendo, sem riscos e nem perdas.

 

E se houver algum problema, o que faço?

 

Caso você enfrente algum problema com o consórcio, mesmo observando todos os cuidados, é importante formalizar a denúncia. Ao entrar em contato com o Banco Central, a instituição poderá tomar medidas cabíveis para fazer valer seus direitos e punir os responsáveis.

 

Ao informar o Banco Central, você ajuda a minimizar outros problemas e a manter seu nome seguro.

 

Os cuidados são complexos, mas o seu consórcio poderá ser feito de maneira tranquila e sem dificuldades ao escolher a empresa certa.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Por que você deveria analisar seu padrão de vida?
Por Fran Guarnieri
Faça as lembrancinhas do seu chá de panela em casa
Por Mecasei.com
4 dicas infalíveis para planejar as férias perfeitas
Por Renan Lima
7 hábitos que você pode adotar para ter mais produtividade e sucesso
Por Equipe Organizze
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).