Dicas de manutenção do carro antes de viajar

Escrito por:

Viajar é sempre um prazer. Mas, se você vai com um veículo próprio, cuidado! É preciso realizar uma revisão antes de cair na estrada. Confira!

 

“O meu carro está em dia em todos os quesitos?”, essa é a pergunta que paira no ar, ou deveria, pelo menos, sempre que você decidir viajar. Realizar uma revisão completa no seu veículo, seja ele um carro ou uma moto, é fundamental para que seu deslocamento seja tranquilo, rápido e sem sustos. Além disso, há o fator segurança, que deve ser prioridade em todos os momentos e que, com as manutenções necessárias, torna-se uma realidade tanto para você e o seu automóvel como para os demais motoristas que também pretendem pegar a estrada.

 

Nesse cenário, é importante enxergar a revisão como um investimento precioso, e não como um gasto desnecessário ou opcional. Mais do que garantir uma viagem sossegada e segura, as manutenções automotivas previnem possíveis problemas que, algumas vezes, são imperceptíveis aos ouvidos e aos olhos. Para completar, valoriza o carro em uma possível revenda no futuro. Afinal, quanto menos ajustes ele precisar, mais destaque ele apresenta no mercado. Um Ka à venda, por exemplo, será mais atrativo se estiver completamente em dia.

 

Quais áreas são essenciais para a revisão?

 

Mecânica

 

Uma das primeiras partes que devem ser analisadas durante uma revisão é a mecânica. Sem uma mecânica em dia, o carro não funciona corretamente e vive dando problemas. Motor, direção, transmissão, freios, entre outros. Tudo deve ser avaliado. Peça para que o mecânico seja meticuloso e cheque peça por peça.

 

Nível de óleo e filtros, por exemplo, precisam ser checados não apenas para viagens, mas com certa frequência. Os elementos são fundamentais para o bem estar do motor, pois o mantém lubrificado, limpo e livre de impurezas que podem desgastar ou corroer suas peças. É recomendado que a troca desses itens seja realizada a cada 10mil quilômetros rodados. Já imaginou ficar parado na estrada por causa de um detalhe desses? Não dá!

 

Atenção também para os freios as velas de ignição. Na maioria dos casos, o sistema de freios deve ser checado a cada 10mil quilômetros rodados ou a cada 2 anos, mas isso depende das especificações dos fabricantes de cada veículo. Atenção especial para o fluido de freio, responsável pela frenagem plena do carro, pois ele pode absorver água, que pode evaporar com o calor dos freios e formar vapor no sistema, o que pode prejudicar o funcionamento dos freios. Já as velas de ignição são importantes para que o carro não apresente perda de potência, aumento do consumo de combustível e falhas no funcionamento do motor.

 

Para completar, fique atento à correia dentada e ao cárter. O primeiro item precisa ser trocado a cada 30mil ou 50mil quilômetros rodados, dependendo do modelo do veículo. Quanto mais velho
ele for, maior a chance de você sofrer na estrada com uma correia arrebentada e, consequentemente, um motor fundido. O cárter, por outro lado, protege e garante a lubrificação de alguns mecanismos. Em carros que apresentam alta rodagem (acima de 70mil quilômetros), é recomendado abrir a peça e fazer uma limpeza. Um carro à venda seminovo, como um Sandero à venda, por exemplo, pode precisar dessas revisões.

 

Elétrica

 

A parte elétrica, composta por itens como bateria e iluminação, por exemplo, é uma das mais delicadas do carro. Evite panes específicas e gerais por meio de revisões de tempos em tempos e não sobrecarregue o sistema elétrico. Em relação à iluminação, cheque todas as lanternas do carro. É imprescindível que tudo esteja em pleno funcionamento na estrada por questões óbvias de segurança e porque é obrigatório dirigir com os faróis ligados. Caso contrário, você bota a sua segurança e a dos outros em risco e certamente tomará uma multa bem salgada pelo descuido.

 

Já no que diz respeito à bateria, é seguro dizer que, muitas vezes, ela passa batida durante a manutenção. Mas, sem ela, o carro simplesmente não anda e não há como contornar a situação. A não ser que alguém na estrada decida lhe ajudar, porém, são poucos os que irão parar durante uma viagem. Portanto, revise a peça e, se necessário, troque-a.

 

Outras áreas

 

Os pneus estão carecas? Cuidado! Trafegue com segurança por meio de pneus novos e adequados para o seu carro. Do contrário, realizar curvas acentuadas ou passar por danificações na pista, como buracos ou elevações, pode ser fatal.

 

Se o carro está puxando para um lado de forma involuntária ou parece estar com a direção esquisita, como se você não tivesse controle total da máquina, atente-se ao alinhamento e balanceamento do veículo. Isso é algo muito perigoso em longos trajetos, especialmente naqueles que exigem alta velocidade. Afinal, o ritmo da estrada é diferente daquele de dentro da cidade.

 

Assim como os freios e o óleo do motor, a suspensão do carro também precisa ser revisada a cada 10 mil quilômetros rodados. Geometria, balanceamento, molas, buchas e batentes devem ser
considerados durante o processo para que o carro permaneça macio e não puxe para nenhum lado. Dessa forma, a segurança na estrada e dentro da cidade é mais garantida e sua viagem segue tranquila. Por isso, se você possui um carro seminovo, como um Fiat Uno usado, por exemplo, com alta quilometragem, não deixe de revisar.

 

Aproveite a viagem com responsabilidade!

 

Com o carro bem revisado, cabe a você apenas aproveitar a viagem. Desfrute da companhia dos que estão com você, aprecie as paisagens e faça paradas em locais interessantes. Porém, não se esqueça de que aproveitar a viagem também significa dirigir de forma responsável. Por isso, respeite sempre as sinalizações e os limites de velocidade. Jamais faça ultrapassagens em trechos proibidos ou em situações arriscadas e não extrapole os níveis de velocidade estipulados. Tudo isso pode causar sérios acidentes e render multas bem caras ao condutor infrator. Além disso, ele ainda pode perder a carteira, já que as infrações são consideradas gravíssimas. Ou seja, rendem muitos pontos.

 

Que tal compartilhar as dicas para que mais pessoas se protejam antes de pegar a estrada? Então passe-as à frente e faça bom uso delas!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

7 passos para você fazer um bom negócio ao comprar um carro usado
Por Equipe Organizze
Seguro de carro: evite dor de cabeça e prejuízos
Por Equipe Organizze
Dicas importantes no contrato de compra e venda de veículos
Por Equipe Organizze
Vantagens da manutenção preventiva nos carros
Por Equipe Organizze
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).