Dicas rápidas de como economizar dinheiro

Escrito por:

Falamos aqui muitas vezes sobre a importância de poupar dinheiro. Seja para começar a investir, para alcançar um sonho ou uma meta, ou simplesmente para ter uma reserva financeira.

 

Não é preciso ganhar muito para poupar dinheiro, mas é preciso disciplina, organização e muita vontade! (Aliás, sem vontade a gente não consegue fazer quase nada, não é mesmo?)

 

Sabemos que não é fácil poupar, ainda mais quando se ganha pouco. Por esse motivo, elencamos algumas dicas desse post do Blog da Rico, para ajudar você a adotar o hábito de poupar de uma vez por todas! Confira as dicas abaixo!

 

1 – Crie um planejamento financeiro com prioridades, metas e prazos

 

É necessário definir aquilo que é realmente importante para você e sua família, para que essas coisas sejam pagas ou compradas primeiro.

 

Por exemplo, alimentação, contas de energia, água, gás, investimentos em educação, são exemplos de coisas prioritárias. Comprar ou trocar um carro, fazer uma viagem de lazer, comprar eletroeletrônicos, incluindo um celular da moda, são coisas que podem ser feitas depois.

 

Por isso é importante definir e listar tudo aquilo que é necessário, e separar essas coisas daquelas que são apenas desejos. E ainda que queira comprar algo para satisfazer sua vontade, isso precisa ser feito no tempo certo, com planejamento, e sem atrapalhar os compromissos mensais.

 

2 – Converse sobre dinheiro com sua família

 

Quando estamos aprendendo a economizar dinheiro, devemos levar esse aprendizado para todos os membros da família. Não adianta nada um esforço individual, enquanto os outros estão gastando de forma desordenada.

 

É importante manter um diálogo franco e aberto sobre o dinheiro, para que todos os membros da família compreendam o seu papel na busca do equilíbrio financeiro do lar.

 

3 – Comprar à vista é sempre mais econômico

 

Além de ser mais econômico, é também um excelente exercício para se gastar menos do que se ganha. Primeiro você precisa juntar o dinheiro, e só depois, comprar o que precisa ou deseja.

 

Aproveite também para negociar, pois quem tem dinheiro para pagar à vista, tem mais poder durante a negociação. E caso o vendedor não aceite dar desconto, não avance com a compra. Há outros vendedores dispostos a te vender por menos. Seja paciente e economize comprando à vista e com desconto!

 

4 – Tenha sempre uma reserva, principalmente se sua renda for variável

 

Imprevistos acontecem. Então, quando você estiver poupando, primeiro faça um fundo de reserva, de pelo menos 6x o valor da sua renda mensal média. Coloque então esse dinheiro num investimento seguro, rentável e que seja fácil de sacar, como é o caso do Tesouro Direto.

 

Assim, no caso da perda de um emprego ou de experimentar momentos difíceis no seu negócio, você terá condições de manter suas despesas fixas sem maiores preocupações.

 

 5 – Fique atento aos descontos e oportunidades sazonais

 

Depois de datas que representam maiores vendas para o comércio em geral, como Natal, dia das mães, pais e crianças, é comum vermos produtos em desconto. Essas podem ser verdadeiras oportunidades de comprar algo por um preço acessível.

 

Fique atento para saber se os descontos são reais. Para isso, tenha paciência, e pesquise o preço do produto desejado algumas semanas antes dessas datas comemorativas, depois veja o preço durante o período de consumo, e então veja o preço com desconto após o período de consumo. Assim terá certeza se o desconto é real ou apenas “simbólico”.

 

6 – Busque sempre diversificar suas fontes de renda

 

Recordando algo importante que já mencionamos, para alcançar o equilíbrio financeiro, ou precisamos gastar menos ou ganhar mais. Assim, um jeito de economizar dinheiro é ganhando mais dinheiro, e você pode fazer isso criando outras formas de gerar renda.

 

Uma profissão muito versátil é ser um(a) vendedor(a). Escolha um produto com o qual você gosta de trabalhar (perfumaria, cosméticos, roupas, acessórios, eletrônicos) e experimente compra-los no atacado e revender no varejo, intercalando a atividade com a sua fonte de renda principal.

 

Considere também dar aulas, ensinando aos outros alguns conhecimentos específicos que você tenha. Você poderá fazer isso ao vivo, ou pela internet, através de ferramentas simples ou até de plataformas profissionais.

 

7 – Priorize os seus gastos (seja rigoroso com o seu planejamento)

 

Planejar é uma coisa, executar, é outra. Muita gente compreende a importância de um bom plano para priorizar os gastos com aquilo que realmente interessa. O problema é que poucos colocam isso em ação.

 

Chega de postergar. A partir de hoje, cuide de executar aquilo que você planejou com rigor. Não seja você mesmo o sabotador da sua vida financeira.

 

8 – Pesquise muito antes de comprar qualquer coisa (nem sempre o caro é o melhor)

 

Qualidade nem sempre está associada ao preço do produto. Muitas vezes, o que ocorre é um pesado trabalho de marketing e propaganda para posicionar bem a marca do produto a uma determinada classe social, fazendo com que as pessoas entendam que aquele produto é caro, mas é excelente.

 

Saiba mais: Conheça 4 armadilhas de consumo que todos nós caímos

 

Questione esse conceito, e pesquise com mais rigor sobre o produto que deseja comprar. É possível encontrar alternativas muito boas e com preços bastante inferiores.

 

9 – Faça exercícios ao ar livre (Evite pagar academia)

 

Houve um tempo em que as academias não existiam, e ainda assim, as pessoas se exercitavam, praticavam esportes e mantinham sua saúde em dia.

 

Considere praticar esportes ao ar livre, como caminhada, corrida, e exercícios funcionais, que utilizam o próprio peso do corpo para tonificá-lo. Esse é um jeito de manter a saúde em dia, depender menos de gastos com medicamentos, e ainda economizar na academia.

 

10 – Férias? Pode ser um bom momento para ganhar um dinheiro extra

 

Que tal aproveitar suas férias para exercitar o seu lado empreendedor? Aproveite suas habilidades para prestar serviços no estilo “freelancer”. Aproveite para revender produtos, oferecer algum serviço relacionado à sua ocupação ou fazer alguns quitutes em casa para vender.

 

Outra dica é: se você perceber que não está precisando das férias para descansar, verifique na empresa onde você trabalha se existe a possibilidade de vender alguns dias de suas férias e conseguir um dinheiro extra com isso.

 

Continue lendo as dicas clicando no botão abaixo.

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

5 dicas para juntar dinheiro para casar
Por Equipe Organizze
Economia doméstica: como reduzir o consumo de água na casa
Por Viva Decora
4 dicas para economizar na revisão do carro
Por Equipe Organizze
Ansiedade: como organizar sua vida financeira pode te ajudar?
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).