Evitando o desperdício de dinheiro de uma vez por todas!

Escrito por:

Muitas pessoas, principalmente em tempos de crise econômica, buscam alternativas para reduzir os gastos e conseguir controlar melhor o orçamento pessoal. Porém, algumas atitudes diárias podem resultar em desperdício de dinheiro, o que, como consequência, eleva os custos mensais.

 

É preciso checar atentamente os gastos mensais e procurar identificar de que forma o dinheiro não está sendo bem gasto. Apesar de parecer uma tarefa trabalhosa, conferir as finanças pessoais garante maior estabilidade, evitando endividamentos.

 

Veja, a seguir, algumas atitudes que levam ao desperdício de dinheiro e saiba como evitá-las:

 

Comprar mais pela marca do que pelo produto

 

Muitas pessoas prezam pela marca, por ser mais reconhecida e por acreditarem que a qualidade é superior. Porém, em muitos casos, paga-se mais pela marca, por uma embalagem bem trabalhada ou pelo status que o produto oferece, do que pelos benefícios em si.

 

Nesses casos, vale a pena consultar amigos e familiares em busca de itens similares, que ofereçam os mesmos benefícios e possuam as mesmas funcionalidades, porém com um preço inferior. Frequentemente, se consegue uma economia considerável fazendo esse tipo de troca.

 

Refeições fora de casa

 

Quem não gosta de sair para comer uma pizza eventualmente? Conhecer um novo restaurante, curtir momentos de lazer e fazer algumas refeições fora de casa… Porém, quando isso se torna um hábito recorrente (como no caso de pessoas que almoçam e jantam fora em todos os finais de semana), o gasto passa a ser excessivo, podendo consumir uma grande fatia da renda no fim do mês.

 

Para conseguir poupar, nesses casos, o ideal é reduzir a frequência dessas saídas e comer mais em casa, o que, além de mais saudável, pode sair bem mais barato.

 

Pacotes de serviços

 

Quantos canais da TV por assinatura realmente são assistidos? O pacote de internet no celular é totalmente utilizado dentro de um mês? As pessoas pagam por serviços que não utilizam e não se dão conta disso. Isso é um desperdício de dinheiro bem comum – mas que não deveria acontecer.

 

Portanto, o ideal é avaliar qual é o consumo real da TV a cabo, internet e telefone e tentar renegociar os planos, ou então, cancelar o que não utiliza. Isso pode trazer uma economia considerável para o orçamento mensal.

 

Promoções de internet

 

Promoções relâmpagos de sites e o oferecimento de vouchers com desconto em sites de compras coletivas são, muitas vezes, grandes armadilhas para o desperdício de dinheiro. Em muitos casos, as pessoas acabam comprando sem necessidade ou compram coisas que não serão utilizadas.

 

Para evitar esses gastos, o melhor a se fazer é avaliar se a compra é realmente necessária naquele momento e se ela não será feita apenas porque a promoção foi oferecida.

 

Pagar as contas com atraso

 

O atraso no pagamento de contas gera juros e multas que, no fim do ano, mesmo que não somem um valor alto, ainda é considerado um desperdício de dinheiro — que poderia ser utilizado para outras coisas.

 

Se o problema de atraso é recorrente, vale a pena entrar em contato com as empresas e negociar uma nova data para o pagamento, evitando a incidência dessas cobranças extras. Porém, se o problema é procrastinação ou mesmo o esquecimento, pode-se considerar a opção de colocar as contas em débito automático (só é preciso se certificar de que, na data do vencimento, haverá dinheiro disponível, evitando cair no cheque especial, que possui cobranças de juros ainda mais elevadas).

 

Comprar por impulso

 

As compras realizadas no impulso, apesar dos problemas que ocasionam, são bastante comuns. Elas ocorrem quando existem anúncios de promoção, quando são disponibilizados descontos na compra de um segundo item ou ainda quando se decide comprar, mesmo que sem necessidade.

 

Antes de realizar uma compra, é importante analisar se realmente existe a necessidade daquele gasto no momento e se ele não irá comprometer o orçamento mensal — principalmente nos casos parcelados, que podem se acumular com o passar dos meses.

 

Deixar de negociar

 

Outro ponto importante a respeito das compras é a negociação. Comprar determinado produto ou contratar um serviço sem antes pesquisar preços e tentar negociar com os vendedores, muito provavelmente irá fazer com que se pague um preço maior.

 

Aí entra a importância das compras à vista. Elas dão um poder de barganha maior e aumentam as possibilidades de se conseguir um bom abatimento no valor total, além de eliminar os riscos de endividamento que um parcelamento pode trazer em médio e longo prazo.

 

Exagero em poupar

 

Algumas pessoas, na ânsia de conseguir poupar uma boa quantia, acabam deixando de fazer coisas importantes — como manutenções nos bens, consultas médicas e visitas ao dentista, por exemplo —, mas se esquecem de que isso pode virar uma conta ainda maior futuramente.

 

Ou então, economizam, mas deixam o dinheiro guardado na poupança, sendo que existem investimentos com o mesmo risco (baixo) que essa modalidade oferece, porém com a rentabilidade bem mais atraente.

 

Não controlar o orçamento

 

Deixar de acompanhar o orçamento mensal também é um grande erro que aumenta os riscos de desperdício de dinheiro. Existem aplicativos de finanças pessoais que ajudam a registrar e controlar as receitas e as despesas ao longo do mês, permitindo identificar os gastos supérfluos, situações de risco e planejar o futuro.

 

Como vimos, existem diversas situações, que levam ao desperdício de dinheiro. Ao adotar a mudança nos hábitos de consumo, é possível obter uma grande economia, que torna possível o alcance de objetivos, como viajar, trocar de carro ou mesmo construir uma reserva em dinheiro.

 

Gostou do nosso post de hoje? Compartilhe com seus amigos!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

3 dicas para casais melhorarem sua organização financeira
Por Equipe Organizze
Como investir seu 13º e fazer seu dinheiro render?
Por Ana Cláudia Inez
Como aproveitar a Black Friday sem se endividar
Por Equipe Organizze
8 dicas de gestão financeira para controlar os gastos do seu veículo
Por Luana Biral
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).