Hábitos financeiros para não passar aos filhos

Escrito por:

As crianças aprendem muito mais com o que fazemos do que com o que tentamos ensinar com as palavras. Para o Business Insider, o comportamento dos pais é a maior lição financeira que um filho pode receber.

 

Veja quais são os principais comportamentos que você não quer que seus filhos imitem no futuro:

 

1 – Não ter um orçamento

Se você gasta sem ter um orçamento – o que significa comprar o que quiser ou levar algo pra casa sem pensar no custo – seus filhos também farão isso. Elas automaticamente desassociarão o ato de compar, do custo. Dessa forma, a ausência de um orçamento será o seu legado, assim como as consequências negativas desse comportamento.

 

2 – Ser amigo das dívidas

Boa parte das famílias passam por um problema silencioso: a aceitação da dívida como um tipo de “amigo”. Se estar endividado parecer algo comum pra você, também será assim para seus filhos. Mas, na verdade, dívidas representam uma redução na renda futura: as dívidas de ontem são pagas hoje, e as de hoje, amanhã. Isto sai caro e não é uma forma saudável de lidar com suas despesas. Mostre na prática!

 

3 – Se nossos amigos possuem, nós também precisamos.

Apesar de ser um comportamento bem comum em crianças, ele pode ser sim, culpa sua. Basear seus gastos nos gastos das pessoas ao seu redor,  sutilmente ensina seus filhos a deixarem  suas escolhas serem determinadas por outras pessoas.

 

4 – Cartões de crédito são um estilo de vida

Seu filho vê você comprando muito com o cartão de crédito? Talvez seja uma boa ideia passar a usar mais o dinheiro. É a oportunidade de mostrar que as coisas custam dinheiro real, e que não se consegue as coisas com um cartão mágico que parece fornecer tudo que é desejado. É uma lição visual, mas muito poderosa!

 

5 – Nunca falar sobre dinheiro

As crianças deveriam não apenas ouvir você falar sobre dinheiro, mas também ter responsabilidades financeiras próprias da idade: uma mesada, por exemplo. Pode inclusive passar a responsabilidade de passar a responsabilidade de passar parte dessa quantia para a caridade.

 

6 – “Viva hoje como se não houvesse amanhã”

Essa máxima é muito usada como uma justificativa para a boa vida, mas isso pode ser fatal para a saúde financeira da sua família. Muito possivelmente, o amanhã virá e poderá ser desastroso.

 

7 – Manter segredos financeiros

O “não conte pra sua mãe” é extramamente perigoso. Você estará passando a ideia de que é normal mentir sobre questões financeiras, mesmo que elas tenham aprendido a não mentir.

 

8 – Fingir que hábitos financeiros não afetam a saúde

Se a sua situação financeira não é das melhores, isso provavelmente tem um impacto na sua saúde física. Não acredite que seus hábitos financeiros passam despercebidos pelos seus filhos, porque isso não é verdade.

 

Não importa o quanto você ensine com as palavras, são suas ações que influenciarão o comportamento da sua família no futuro.

 

 

 

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Vantagens e desvantagens de pagar as contas antes do vencimento
Por Equipe Organizze
Orçamento tá curto? Confira dicas de como aproveitar o final de ano sem gastar muito
Por Equipe Organizze
O segredo do enriquecimento
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Como manutenções preventivas podem ajudar a diminuir gastos com seu carro
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).