Investimento para iniciantes: 3 dicas que vão te ajudar!

Escrito por: - Publicado em: 30/09/2021

Existem alguns tipos de investimento para iniciantes, que são mais seguros e adequados para quem não tem experiência sobre o assunto. Quem se interessa por esse tema, provavelmente, já tem algum dinheiro guardado, o que por si só é um grande feito. 

 

Por outro lado, também existem pessoas que estão em busca de conhecimento em relação aos tipos de investimento, o que também é importante. Independentemente de qual seja o seu caso, neste artigo, vamos falar sobre algumas informações que você precisa saber antes de investir e mostrar algumas dicas para os iniciantes no mundo dos investimentos.

 

O que é necessário saber precedentemente a um investimento

Muitas pessoas nunca fizeram nenhum tipo de investimento, isso acontece porque a maioria não entende bem o assunto e por isso tem medo de começar. Confira algumas dicas:

 

1. Definir objetivos

 

Importante estabelecer objetivos de curto, médio e longo prazo, tendo em vista que passamos por diferentes fases e com necessidades específicas em cada uma.

 

Quem está abrindo um negócio, por exemplo, pode precisar de consultoria administrativa e financeira. Mas, seja lá qual for a sua fase, é importante se planejar para ela.

 

É importante guardar dinheiro para aproveitar a aposentadoria, por exemplo, cuidar da saúde, viajar, dentre outras necessidades dessa fase.

 

2. Escolher boas empresas

 

Se você pretende investir em ações, precisa escolher uma empresa que esteja inserida no mercado há algum tempo e que mostre:

 

→ Consistência nos lucros;

→ Crescimento;

→ Dívida equilibrada;

→ Pagamento de proventos;

→ Boa gestão.

 

As empresas em crescimento geralmente são as campeãs de dividendos, que com o tempo podem se valorizar. Também existem as empresas mais maduras e que são boas pagadoras de dividendos. Mas, para que você realmente consiga crescer e ter renda no futuro, é importante criar uma carteira diversificada de ações.

 

3. Reinvestir

 

As organizações investem em sistema de gestão para pequenas empresas para crescerem no mercado. Você, como investidor que quer crescer, precisa trabalhar tanto a renda fixa quanto a renda variável. Se você utilizar seus rendimentos para comprar mais ativos, consegue aumentar mais rapidamente o seu patrimônio.

 

Existem diferentes títulos, como Tesouro Direto, investimento imobiliário, dentre outros, e quanto mais ativos você tiver, maior será a sua renda.

 

Sugestões para dar início aos investimentos

 

Se você tem uma empresa e quer implementar um sistema de organização e controle de documentos, precisa se planejar. Com os investimentos a situação é a mesma. 

 

Sendo assim, para te ajudar, as principais dicas são as seguintes.

 

Ter um plano financeiro excelente

 

Você precisa de um diagnóstico das suas finanças para começar a investir. Por meio de um planejamento financeiro bem feito, você sabe o que entra e sai do seu orçamento.

 

É necessário ter um controle de gastos, como um aplicativo de gestão financeira pessoal, por exemplo, para preencher tudo o que você gasta e o que recebe, incluindo os centavos.

 

Eliminar as dívidas

 

Muitas pessoas possuem contas atrasadas, mas elas precisam estar em dia antes de começar a investir. Elimine seus débitos antes de comprometer o seu dinheiro com investimentos.

 

Os juros dessas contas impedem que você acumule um patrimônio e podem se tornar uma bola de neve. Se você tiver alguma dúvida sobre suas contas atrasadas, faça um levantamento e procure as empresas para negociação.

 

Tenha ciência do seu perfil de investidor

 

Se você precisa contratar uma empresa de serviços terceirizados, precisa saber um pouco mais sobre ela, e quando vamos investir, também precisamos conhecer um pouco mais sobre nosso próprio perfil de investidor.

 

Também é importante que você saiba quais são os seus objetivos, pois são eles que vão te motivar e te guiar para os investimentos certos.

 

Os objetivos precisam ser de curto, médio e longo prazo e devem ser compatíveis com seu perfil de investidor, que pode ser conservador (prefere alternativas de baixo risco), moderado (arrisca um pouco mais) ou agressivo (investe com riscos).

 

Ter em posse uma reserva de emergência

 

Não invista todo seu dinheiro, pois isso pode ser muito arriscado. O ideal é que você tenha sempre uma reserva de emergência para garantir seu presente e seu futuro.

 

Ela também pode te ajudar, caso o seu investimento dê algum tipo de prejuízo ou você tenha que resolver algum imprevisto.

 

Conclusão

 

Portanto, investir o seu dinheiro é uma prática construtiva que pode melhorar consideravelmente a sua realidade financeira. Se você está começando agora e não entende muito bem sobre o assunto, pode começar com aplicações de baixo risco até que esteja pronto para arriscar um pouco mais.

 

De qualquer forma, seu dinheiro vai trabalhar para você e evitar dívidas e outros problemas financeiros no futuro.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Tesouro Direto: confira 3 dicas para investir nesta modalidade!
Por Equipe Organizze
3 armadilhas de investimentos: pirâmide, esquema Ponzi e bolha financeira
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Como avaliar a rentabilidade dos investimentos
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Como investir no mercado de ações
Por Meu Patrimônio
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).