Investindo com pouco dinheiro

Escrito por:

Uma das grandes desculpas para as pessoas não economizarem é de que, para ganhar com investimentos é necessário muito dinheiro. Porém isso é uma lenda e quero lhe provar isso. Mas antes de falar sobre teoria e números, gostaria de citar a história de Warren Buffet, que hoje é um dos homens mais ricos do mundo com um patrimônio avaliado em 84 bilhões de dólares.

 

Warren Buffet, nosso exemplo prático

 

Como a maioria das pessoas, Warren não herdou uma grande fortuna e nem fundou uma empresa que lançou um produto revolucionário, como foi o caso de Bill Gates (Microsoft) e Mark Zuckerberg (Facebook). Muito pelo contrário, ele começou como a maioria de nós, trabalhando duro e guardando o máximo que podia. Já na sua pré-adolescência começou a trabalhar com venda de porta em porta e entrega de jornais, e aos 11 anos fez seu primeiro investimento, comprou 3 ações da Cities Services Preferred, uma empresa americana de óleo e gás, por $ 38,00, um total de $ 114.

 

Desta forma, fica a pergunta: se Warren começou no mundo dos investimentos com pouco mais de 100 dólares e ficou bilionário, por que você não pode começar com 100 reais?

 

Como muitos sabem, o menor valor para se investir no Tesouro Direto hoje é de aproximadamente 35 reais, e existem ações de grandes companhias como Grendene, Tim e Lojas Renner que custam menos de 30 reais. Porém sempre fica a dúvida: fazer investimentos de 100 reais por mês compensa os custos com transferências, corretagem e custódia?

 

A matemática por trás

 

Para provar isso, vamos supor que todos os custos para investir são de 20 reais mensais, o que é um custo alto para a atual realidade de bancos digitais e corretoras. E que você vai fazer um aporte mensal de 100 reais, desta forma os custos representam 20% do aporte. Mesmo com este alto custo, numa visão de longo prazo (30 anos), aportando num investimento seguro que renda 6% ao ano, no final do período você terá economizado 30 mil reais e o investimento terá rendido entorno de 50 mil reais, o que somará um patrimônio de aproximadamente 80 mil reais. Isso já descontando os R$ 7.200 gastos com transferência, corretagem e custódia. E isso só acontece em função do poder dos juros compostos.

 

Obviamente não é o melhor cenário dentro dos investimentos, mas entendo que é melhor ter os 80 mil em investimentos do que deixar de investir porque alguém disse que para isso é necessário muito dinheiro. Voltando ao exemplo de Warren, este não ficou satisfeito em economizar apenas 100 dólares por mês, por isso sempre procurava trabalhar mais e gastar menos com o intuito de aumentar os aportes nos investimentos.

 

Concluindo

 

Busque sempre economizar e investir todos os meses, independentemente do valor, pois através desta prática você criará a cultura da economia e do investimento. É importante também procurar meios para aumentar o aporte mensal, através do crescimento da receita ou redução das despesas. Desta forma você estará construindo um patrimônio e garantindo uma saúde financeira no longo prazo.

 

Forte abraço. Até mês que vem.

 

*Luiz Roberto é um administrador apaixonado por finanças que desde 2014 expõe suas ideias através do blog Dificuldade Financeira. O projeto cresceu e em 2016 iniciou sua carreira como instrutor na Udemy.com publicando cursos sobre finanças pessoais.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Aplicações financeiras mais rentáveis: onde investir em 2019?
Por Ana Cláudia Inez
Dicionário do investidor iniciante: descubra o que significam os principais termos
Por Equipe Organizze
E se te pagassem apenas 70% do seu salário?
Por Felipe Modenese
Onde investir com 100 reais?
Por Equipe Organizze
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).