O que é a antecipação do Imposto de Renda?

Escrito por: - Publicado em: 07/05/2021

Embora muitas pessoas não saibam, é possível fazer a antecipação do Imposto de Renda. Anualmente, o Governo libera o cronograma de pagamento, mas também é possível resgatar esse valor antes da data e dos lotes previstos.

 

Saiba mais sobre esse tipo de crédito e outras alternativas para ter o dinheiro disponível, quando precisar.

 

Antecipação do Imposto de Renda

 

Ainda pouco conhecida, a antecipação do Imposto de Renda também pode ser considerada como uma linha de crédito pessoal. Basicamente, o interessado pode resgatar antes o valor que receberia na restituição do Imposto de Renda de Pessoa Física. Ou seja, solicita a uma instituição financeira o valor que teria direito a receber no futuro.

 

Para isso, é preciso indicar o mesmo banco para recebimento do crédito da Receita Federal. O que o banco faz então é liberar o valor pedido como um novo empréstimo. Assim, não é necessário esperar o prazo regular para contar com o dinheiro.

 

Como contratar?

 

É preciso entrar em contato com o banco em que é cliente e avaliar se existe essa opção. Depois, é muito importante avaliar ainda as condições da operação: prazo para pagamento e, especialmente, as taxas de juros cobradas.

 

Como o crédito não é pré-aprovado, é preciso ficar atento aos requisitos exigidos da política de crédito.

 

Como é feito o pagamento?

 

O pagamento, em parcela única, ocorre automaticamente quando o saldo da restituição do IR cai na conta corrente do titular. Portanto, esse valor já é reservado para a quitação do saldo devedor total.

 

Se o valor creditado for superior, a diferença fica disponível para qualquer outra finalidade. Se inferior, o valor pode ser deduzido do cheque especial. Por isso, é essencial fazer esse planejamento e calcular exatamente o valor previsto da restituição e do crédito pretendido.

 

Quando o crédito da antecipação do Imposto de Renda vale a pena?

 

Aqui, o cuidado é avaliar cada situação. Sabendo que existem outras opções, vale a pena comparar os diferentes tipos de crédito e condições.

 

Alternativas para a antecipação do Imposto de Renda

 

Como todo empréstimo, a antecipação do Imposto de Renda também tem juros específicos. As taxas de juros cobradas em cada modalidade variam em função do risco da operação.

 

Isso explica, por exemplo, porque o cartão de crédito costuma ter taxas muito superiores, afinal, o risco da inadimplência é muito maior – já que não existe nenhuma garantia associada diretamente.

 

No caso da antecipação o prazo para pagamento é menor (geralmente entre 30 a 90 dias) e o pagamento é condicionado ao recebimento da restituição. No entanto, é preciso considerar também que a restituição pode não ser confirmada ou pode ser inferior à estimativa.

 

Abaixo, seguem outras opções de crédito para quem precisa de dinheiro imediato:

 

Empréstimo Consignado

 

Disponível para Aposentados e Pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), Funcionários Públicos e Funcionários de empresas privadas, o empréstimo consignado tem seu pagamento vinculado ao benefício previdenciário ou salário mensal.

 

Em relação às taxas de juros, estão entre uma das menores do mercado, justamente pelo risco inexistente da inadimplência. Os prazos mínimos podem variar conforme a instituição pesquisada.

 

Antecipação do décimo terceiro salário

 

Para quem quer fechar ou iniciar o ano com dinheiro extra e, já pensando no valor da restituição, é possível contar também com a antecipação do décimo terceiro salário.

 

Seu funcionamento é similar ao da antecipação do IR e o valor pode ser quitado via boleto bancário ou fatura mensal.

 

Contratação ou antecipação de crédito exigem planejamento

 

E por falar em contratação ou antecipação de crédito a dica é a mesma de sempre: solicitar apenas quando e quanto for necessário.

 

Ter limite de crédito disponível, assim como linhas de créditos pré-aprovadas e de fácil acesso podem ser bem tentadoras. A melhor maneira de contar com esses recursos é tratá-los como “reservas de emergência”, ou seja, como fontes alternativas em caso de qualquer situação prioritária.

 

Nem sempre você terá todo o dinheiro necessário, no tempo em que precisa, então saber como e onde recorrer pode fazer diferença para evitar que você acumule dívidas com juros altos.

 

Com o uso do crédito consciente suas decisões no curto prazo tem menos impacto no médio e longo prazo. Aprender a lidar com as finanças, bem como administrar o fluxo de receitas e despesas é uma habilidade inquestionável hoje em dia.

 

Por Danielle Vieira | Apaixonada por marketing, descobriu os números e finanças ao longo do caminho e, decidiu ajudar as pessoas através da educação financeira. Hoje faz isso atuando no marketing da bxblue, fintech acelerada pela Y Combinator e escrevendo em alguns portais.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Quais são as garantias comuns em empréstimos pessoais?
Por Equipe Organizze
3 passos para um planejamento financeiro pessoal
Por Equipe Organizze
O segredo do sucesso profissional
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Saiba em qual fase do controle financeiro você está!
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).