O que é CDB e como começar a investir?

Escrito por:

Existem muitas siglas no Mercado Financeiro que podem confundir a cabeça de quem está começando a investir. Uma dessas siglas que é bastante comum por aí, é o famoso CDB. Afinal, você sabe o que significa?

 

Esta é uma modalidade de investimento que tem atraído cada vez mais investidores. Logo abaixo estão informações importantes sobre o que é CDB e também um passo a passo para você saber como começar a investir. Vamos lá!

 

O que é CDB?

 

Antes de mais nada, é importante entender o que é CDB. A sigla significa Certificado de Depósito Bancário e é um título de Renda Fixa emitido por bancos para captar recursos e, assim, realizar suas atividades.

 

Funciona de forma bem simples: as instituições financeiras concedem empréstimos aos seus clientes, mas para isso precisam captar recursos de alguma forma. Certo? Parte desse dinheiro por vir de investidores que desejam aplicar seu capital e receber bons rendimentos.

 

Já deu para entender? É o encontro desses dois interesses que faz o CBD funcionar. No fim das contas, se investir nessa modalidade, é como se você estivesse emprestando seu dinheiro para o banco e aguardar para recebê-lo após o prazo combinado com juros acrescidos. E enquanto o dinheiro está aplicado, o banco pode usá-lo para realizar empréstimos a seus clientes.

 

Quanto você vai ganhar com o rendimento desses títulos, fica a cargo da taxa que for acordada no início do contrato, que pode variar de acordo com o banco que emite o CDB.

 

Como investir em Certificado de Depósito Bancário

 

Não há mistérios para investir em CDB. Ele é emitido por várias instituições e pode ser encontrado com facilidade. Você passará por três passos principais desde o momento em que decidiu começar a investir até adquirir seus títulos de fato. Veja só:

 

Passo 1: abra uma conta

 

Para investir em títulos de Renda Fixa como o Certificado de Depósito Bancário, você precisa ter uma conta em uma instituição financeira que irá intermediar suas aplicações. Esta instituição pode ser um banco ou uma corretora de valores.

 

Se você escolher a primeira opção, provavelmente só poderá investir apenas em CDBs daquele banco. Caso escolha ter sua conta em uma corretora, você pode ter acesso a títulos de várias instituições e, assim, terá mais opções para decidir onde investir.

 

Vale lembrar que uma opção não exclui a outra. Mesmo que você já tenha conta no banco, poderá abrir a conta em uma corretora e fazer seus investimentos por lá tranquilamente.

 

Passo 2: determine objetivos

 

Existem muitas opções de CDB para você escolher. Questões como rentabilidade e liquidez variam de uma instituição para outra. O que vai fazer a diferença na hora de definir qual é a melhor opção para você, tem muito mais a ver com os objetivos que você traçou para sua vida financeira.

 

Se você ainda é jovem e pretende investir para ter uma aposentadoria mais tranquila, provavelmente não precisará de um CDB com liquidez diária, ou seja, não precisa ter a opção de resgatar o dinheiro no curto prazo. Agora, se você estiver fazendo uma reserva de emergência, essa liquidez será muito importante pois você precisa ter a opção de resgatar a quantia quando quiser.

 

Avalie muito bem seus objetivos e quais vantagens o investimento te oferece. Fique atento às taxas de rendimento e de liquidez. O prazo de carência é outra informação importante para você analisar porque, caso você precise do dinheiro antes do fim deste prazo, pode ser difícil acessá-lo. Além disso, é possível que você tenha que pagar uma multa, o que pode atrapalhar a rentabilidade do investimento.

 

Passo 3: realize a compra

 

Depois de definir seus objetivos e escolher a melhor opção de CDB para você, é hora de fazer sua aplicação. Compre títulos de uma instituição que te ofereça segurança e, claro, boa rentabilidade.

 

A maioria das instituições financeiras oferecem ao investidor a opção de acompanhar diariamente seu saldo a valorização dos papéis. Isso vai te ajudar a sempre estar por dentro da sua aplicação. Nada de deixá-la às moscas, ok?

 

Qual é o risco de investir em CDB?

 

Uma das grandes dúvidas de quem pretende investir é sobre a segurança que esse investimento oferece. Não é para menos. Muitas pessoas lutaram para conquistar um bom capital e, portanto, têm medo de correr riscos desnecessários. Um ótima notícia é que, para quem quer investir dinheiro em uma modalidade segura, o CDB pode ser uma ótima opção.

 

Mas, se o banco realizar um empréstimo a um cliente e ele não pagar, vou perder meu capital? A resposta é não. Fique tranquilo, pois a responsabilidade de te devolver o dinheiro é da instituição onde você comprou os títulos. Então, mesmo que ela não receba o valor emprestado de volta de outras pessoas, você não ficará no prejuízo.

 

Outra dúvida muito comum é sobre a instituição. Se ela declarar falência, será que você ficaria sem ver a cor do seu dinheiro? Para resguardar o investidor e solucionar este tipo de problema, existe um órgão sem fins lucrativos que protege os investimentos.

 

O Fundo Garantidor de Crédito (FGC), assegura aplicações até R$250 mil por instituição e por CPF. Assim sendo, mesmo que o banco que você investir tenha quebrado, o FGC tem a responsabilidade de te ressarcir os valores dentro dessas condições.

 

Mesmo com essa garantia, no entanto, a recomendação é sempre pesquisar a fundo sobre a instituição que você irá aplicar seu capital. Afinal, deixar a emoção falar mais alto que a razão pode te dar muita dor de cabeça e fazer mal para o seu bolso.

 

Quando você encontrar uma instituição segura, que te ofereça boas taxas de rentabilidade e condições que estiverem de acordo com seus objetivos, não perca tempo. Aproveite para potencializar seu dinheiro e fazê-lo trabalhar para você.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Seu dinheiro da reserva diminuiu? O meu também! Entenda o motivo!
Por Alphamar Investimentos
Quantos % do meu salário devo investir?
Por Equipe Organizze
Quem são os quase 3 milhões de investidores na Bolsa?
Por Alphamar Investimentos
CFD: o que é e como utilizar nas finanças pessoais?
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).