Os 3 pilares dos investimentos

Escrito por: - Publicado em: 06/04/2021

Você já se perguntou quais são os principais pontos que devem ser observados em um investimento?

 

Independente do perfil do investidor, é necessário se atentar a três pontos principais: rentabilidade, prazo e risco. Estes, também são conhecidos como os três pilares dos investimentos.

 

Começando pela rentabilidade, alguns cuidados devem ser tomados.

 

Altas rentabilidades podem esconder grandes riscos.

 

Nos investimentos em renda fixa, é necessário que o investidor se atente caso a rentabilidade contratada esteja muito superior ou inferior à média do mercado e se atentar para o tipo de rentabilidade (pré-fixada, pós-fixada ou híbrida) para ver se está alinhada com a estratégia de investimento.

 

Na renda variável, como não existe rentabilidade pré-definida, busca-se um prêmio de risco mais elevado. Por isso, é importante que o investidor tenha bons fundamentos para justificar a alocação nos seus ativos, obtenha uma boa diversificação em sua carteira e tenha cuidado com indicações e promessas de altos retornos.

 

O prazo do investimento deve estar alinhado com os objetivos de vida.

 

Na renda fixa, investimentos de curto prazo, apesar de não terem elevada rentabilidade, são essenciais para qualquer tipo de investidor, pois a reserva de emergência deve possuir liquidez imediata. Já os de médio e longo prazo podem fazer sentido desde que o indivíduo já tenha o colchão de segurança constituído. O mesmo vale para a renda variável, pois nela, o investidor conseguirá retornos consistentes no longo prazo.

 

Por fim, o risco é talvez o principal pilar a ser observado.

 

Dentre os diversos tipos que existem, na renda fixa deve-se atentar principalmente ao risco de crédito, que é basicamente o risco de calote da instituição financeira, ou seja, observar se a instituição possui solvência suficiente para arcar com suas obrigações.

 

Na renda variável, o principal risco a ser observado é o risco de mercado, onde os investimentos estão sujeitos às oscilações no preço dos ativos.

 

Além destes, podem ser citados o risco de liquidez, operacional, legal e o fator humano.

 

Portanto, o investidor deve estar atento a cada um desses pilares e observar se cada um deles está adequado aos seus objetivos de vida. Conte com um planejador financeiro e revise esses pilares em seus investimentos!

 

Por Meu Patrimônio – Pedro Francisco | Planejador Financeiro, Graduado em Ciências Contábeis e Graduando em Ciências Econômicas pela Universidade Vila Velha. Possui experiência em processos administrativos, fiscais e contábeis, além de ser um apaixonado por finanças, investimentos e empreendedorismo.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Como avaliar a rentabilidade dos investimentos
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Como investir no mercado de ações
Por Meu Patrimônio
Não coloque todos os ovos na mesma cesta
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
O que são Criptomoedas?
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).