Por que a categorização de gastos é importante?

Escrito por:

Você já parou para pensar na importância de controlar suas finanças e fazer uma categorização de gastos mensalmente? Se você é como boa parte dos brasileiros, certamente esta questão nunca passou pela sua cabeça.

 

Um hábito negligenciado pela maioria das pessoas, a classificação das despesas de consumo deveria fazer parte do dia a dia de qualquer pessoa que deseja manter uma vida financeira saudável. E são muitos os motivos para isso!

 

Quer saber quais são eles? Então continue a leitura do artigo de hoje e descubra por que vale a pena manter a categorização de gastos no seu dia a dia para manter sua vida financeira muito mais equilibrada.

 

Organização financeira: o primeiro passo

 

A primeira questão que precisa ser compreendida quando o assunto é categorização de gastos é a importância da organização financeira. Afinal de contas, sem organização financeira, qualquer pessoa está correndo sérios riscos de se descontrolar financeiramente e colocar em risco sua saúde financeira.

 

Portanto, se você não tem o costume de organizar suas finanças mês a mês, este pode ser o momento ideal para adotar este hábito. Contudo, se você já faz um controle do que entra e sai da sua conta ao longo do tempo, é o momento certo de aprimorar este controle.

 

Lembre-se que, quanto melhor você cuidar das suas finanças no dia a dia, mais efetivos deverão ser os resultados deste seu hábito.

 

Receitas x despesas

 

Para um controle eficiente das finanças, um dos elementos mais necessários para qualquer pessoa é identificar e monitorar as receitas e despesas. Afinal, o que tem entrado e saído da sua conta nos últimos meses?

 

Se você não sabe a resposta para esta pergunta, é preciso ter atenção. O ideal é que você conheça exatamente todas as suas receitas mensais e cada uma das despesas do seu mês – desde as mais simples até aquelas que pesam mais no orçamento.

 

Somente desta forma você conseguirá identificar para onde seu dinheiro está indo e ter um panorama amplo da sua situação financeira.

 

Categorização de gastos: para onde vai o dinheiro?

 

Você pode estar pensando, neste momento, que o controle de despesas e receitas está ligado apenas à organização de quanto você possui na carteira ou em sua conta no banco. Mas isso não é verdade.

 

Ao identificar para onde vai o seu dinheiro, você estará também atuando em favor do equilíbrio da sua vida financeira.

 

Imagine uma situação na qual você tenha recebido R$ 5 mil no mês. Esta é, portanto, sua receita mensal. Agora pense que seu custo foi de R$ 5,5 mil neste mesmo período. Ou seja, você gastou mais do que recebeu.

 

Essa situação é, infelizmente, bastante comum entre os brasileiros. Com a falta de organização financeira, no entanto, este problema poderia ser identificado tarde demais – principalmente se parte das despesas estiverem diluídas no cartão de crédito, por exemplo.

 

Por um outro lado, se você mantém o controle do seu dinheiro bem de perto, ao identificar uma situação como esta, você poderá atuar imediatamente para resolver o problema. Buscará encontrar alternativas para cortar gastos e otimizar seu orçamento.

 

Trata-se de um hábito bastante simples mas que, infelizmente, não faz parte da realidade da maioria dos lares brasileiros. O resultado do descontrole que ainda é comum no país é a dificuldade financeira, o endividamento – que, muitas vezes, toma proporções inimagináveis.

 

Classificando despesas e otimizando o orçamento

 

Agora que você já entendeu a importância de controlar o orçamento, é chegado o momento de compreender por que classificar as despesas para otimizar seu orçamento é a melhor maneira de manter sua vida financeira equilibrada.

 

Volte àquela situação que pontuamos acima. Imagine-se precisando cortar custos para adequar seu orçamento – e suas despesas – aos seus ganhos. Agora considere que sua organização financeira é projetada com base em estimativas gerais de custos – e que você não sabe ao certo onde cortar.

 

Já imaginou a dificuldade que você teria em otimizar seu orçamento mensal e equilibrar suas finanças novamente? É exatamente por isso que você precisa colocar em prática a categorização de gastos – classificando suas despesas mês a mês.

 

Classificando as despesas

 

A classificação das despesas no dia a dia é uma tarefa muito mais simples do que as pessoas imaginam. Se você acredita que a categorização de gastos dá trabalho, certamente se surpreenderá com a facilidade de fazer – e manter – esse controle, especialmente nos dias de hoje, com inúmeras ferramentas acessíveis para uso no celular ou computador.

 

A dica mais importante para ser bem-sucedido na classificação das despesas é, sem dúvidas, contar com o apoio da tecnologia. Utilizar um aplicativo de organização e controle financeiro, por exemplo, pode otimizar esta tarefa e ajudar você a ter uma visão muito mais holística do seu orçamento e dos seus hábitos de consumo.

 

O app Organizze, por exemplo, é uma ferramenta intuitiva e bastante completa, que permite ao usuário manter uma categorização de gastos bastante eficiente – facilitando o controle e eventuais cortes e mudanças orçamentárias ao longo dos meses.

 

Com o app você consegue gerenciar suas contas, definir metas, criar relatórios e identificar, por setores, onde estão ocorrendo seus maiores gastos. Por meio dele, portanto, você consegue visualizar suas despesas com mercado, restaurantes, serviços, saúde, casa, e outros – tudo em poucos segundos, a partir de poucos toques na tela do celular.

 

Assim, ficará sempre muito mais fácil não apenas organizar e controlar o que entra ou sai da sua conta, mas também para onde, de fato, está indo o seu dinheiro – e como remanejar estes gastos da melhor maneira sempre que for necessário.

 

Conclusão

 

Como você pode perceber, a organização financeira é um passo essencial para quem deseja manter uma vida financeira equilibrada e manter as finanças em ordem. Organizar as despesas e receitas, no entanto, é apenas o primeiro passo para obter sucesso nesta jornada.

 

Saber classificar as despesas e ter uma visão clara e efetiva dos setores onde mais (ou menos) se concentram seus gastos é fundamental para otimizar seu controle financeiro e permitir que você altere seu orçamento e seu planejamento em relação às finanças sempre que possível.

 

Para lhe ajudar nesta tarefa, vale a pena contar com a tecnologia e fazer uso de um app de controle das finanças, por exemplo, como o Organizze.

 

Caso você ainda não conheça o aplicativo, vale a pena utilizá-lo no seu dia a dia. Em poucos dias você sentirá a diferença de manter uma organização mais efetiva do seu dinheiro e começará a ter um controle muito mais eficiente dos seus gastos mensais.

 

Só não se esqueça de compartilhar conosco esta sua experiência, ok? Baixe o aplicativo e volte para nos contar os resultados deste seu novo hábito de controlar, organizar e categorizar seus gastos mensais de maneira muito mais eficiente!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Dicas para evitar se endividar no final do ano
Por Equipe Organizze
Casamento e dinheiro: os 3 erros financeiros que balançam a relação
Por Equipe Organizze
Como elaborar um orçamento financeiro pessoal?
Por Equipe Organizze
6 coisas que te ajudam a economizar na viagem (e você nem dá tanta atenção)
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).