Quando um jovem deve comprar seu primeiro imóvel?

Escrito por:

É comum no início de nossa carreira planejarmos a compra de alguns bens materiais como eletrônicos, moto, carro, casa própria, etc. Se não planejamos, pelo menos em algum momento a gente pensa sobre isso.

 

O intuito desse texto é trazer a reflexão sobre casa própria, será mesmo que agora é o momento certo para você encarar um financiamento imobiliário? É o que vou tentar responder nos próximos minutos para você.

 

Antes de tudo precisamos refletir o seguinte, nas últimas décadas o Brasil passou de: país predominante rural para: país predominantemente urbano.

 

E isso explica muito o pensamento de nossos pais e avós de que investir no imóvel próprio é o mais seguro e rentável para nossas finanças. Na verdade faz sentido eles pensarem assim porque talvez aquele terreno ou casa que compraram há anos atrás se valorizou muito.

 

O primeiro ponto para pensarmos é justamente sobre a valorização dos imóveis, esse estudo da fipezap (indicador que acompanha os preços de venda e locação de imóveis no Brasil) mostrou que desde 2014 a valorização dos imóveis deixou de crescer em ritmo acelerado como nos anos anteriores.

 

Então, atenção, a valorização dos imóveis já não é tão grande como antes.

 

O segundo ponto que você deve se atentar é de que um financiamento imobiliário pode acabar engessando sua vida.

 

Te explico, na prática um financiamento imobiliário pode chegar em até 25, 30 anos, dependendo do quanto e onde for financiar, e entrando em uma dívida dessas você pode estar limitando suas oportunidades de trabalho.

 

Vamos pensar que você consiga uma promoção no trabalho ou uma nova vaga de emprego que você ganhe um pouco mais, porém seja mais longe do lugar onde mora, pode ser que um financiamento imobiliário limite seu mercado de trabalho em no máximo 40 km, percebe?

 

Ainda pensando pelo ponto de vista de “engessar” sua vida, o que acontece é que normalmente um financiamento desses representa em média 30% de seu salário e por conta disso você estará propenso a arriscar menos com o intuito de proteger seu patrimônio. É normal nesse período as pessoas deixarem projetos como estudar fora ou abrir um negócio próprio de lado, por insegurança em perder a casa que comprou.

 

Agora vamos passar para um terceiro ponto de reflexão desse texto.

 

Ao adquirir uma casa própria muito cedo, você está inconscientemente, abrindo mão de ganhar mais no futuro.

 

Às vezes um curso que queira fazer, específico da sua área, e que talvez trouxesse benefício financeiro futuro não será prioridade na sua vida e isso pode significar uma estagnação no mercado de trabalho, logo, você estará deixando de ganhar mais dinheiro no futuro.

 

Encare o aluguel hoje como uma forma estratégica da sua vida, você deve priorizar investir em você, na sua carreira e no seu conhecimento, pois depois de alguns anos construindo uma carreira sólida você terá mais poder aquisitivo já que estará ganhando melhor e também talvez tenha um saldo de FGTS acumulado maior para dar de entrada na sua casa própria.

 

Só um parêntese nessa estória toda, existe casos e casos, talvez você tenha identificado uma excelente oportunidade de negócio, um imóvel que tem certeza que irá se valorizar, pois a região onde ele se localiza está em expansão (shoppings, mercados, farmácias, bancos, comércio, etc. estão sendo construídos) ai eu sugiro que você compre esse imóvel como um investimento e assim que ele tiver valorizado você venda e com o lucro compra um novo imóvel entendeu?

 

Espero que a reflexão de hoje tenha sido bacana e que você tenha conseguido enxergar algo além do que as influências de nossos pais, tios, avós, etc. te disseram hehe.

 

Se você quiser saber mais sobre o tema, gravei um vídeo para o Meu Bolso Azul onde explico esses pontos de vista também.

 

Grande abraço e até a próxima.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

4 dicas para fazer bons investimentos em 2018
Por Ana Cláudia Inez
4 maiores mitos sobre finanças pessoais
Por Equipe Organizze
Situação financeira e saúde mental: qual a relação?
Por Equipe Organizze
6 dicas de ouro para o planejamento financeiro das férias
Por Equipe Organizze
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).