Quer viajar? Faça isso na baixa temporada e economize!

Escrito por:

Uma das etapas mais importantes de um planejamento de viagem é decidir o período do ano em que a viagem será feita. Sabemos que todos os destinos possuem uma época mais “badalada” do que as outras, onde o país é mais visitado, os hotéis ficam mais cheios e os preços geralmente ficam mais salgados.

 

Uma maneira de driblar essa situação é viajar na baixa temporada. Que tal pegar suas férias em um mês “menos comum” e planejar seu passeio de forma econômica? Listamos as vantagens dessa aventura e descrevemos para você neste post. Mas antes de tudo, aprenda a identificar a baixa temporada de seu destino.

 

Como identificar o período de baixa temporada?

Antes de sair por aí fazendo as malas, é preciso saber qual o período do destino escolhido é considerado baixa temporada. Muita coisa deve ser levada em consideração nesse momento. Seu destino fica no hemisfério norte ou sul? Vai viajar em algum feriado local? É época de férias escolares?

 

No Brasil, na América do Sul e nos países abaixo da linha do Equador, a alta temporada é em dezembro, janeiro e fevereiro. Mas se você quiser viajar para a Europa ou EUA, lembre-se que a alta temporada lá é em junho, julho e agosto.

 

Continue lendo e confira as vantagens de viajar na baixa temporada!

 

1 – É mais barato viajar na baixa temporada

 

Pela baixa procura, os hotéis, restaurantes, hostels e atrações turísticas tendem a ter o valor reduzido para chamar mais visitantes. A diferença de preço pode chegar a 80%.

 

Além disso, comprando os tickets e passagens com antecedência, é possível economizar ainda mais!

 

2 – Mais promoções

 

É na baixa temporada que as promoções bombam! Passagens aéreas, hospedagens, alimentação… Tudo é válido para tentar buscar mais turistas em um período de poucas vendas.

 

Por isso, fique atento as redes sociais dos estabelecimentos, sites de compras coletivas e faça muita pesquisa antes das compras. Não perca a oportunidade de economizar!

 

3 – Sem muita muvuca

 

Além de todas as vantagens financeiras, a vantagem da tranquilidade conta muito. Na alta temporada as atrações turísticas costumam ficam lotadas de gente, o que impede de você aproveitar ao máximo seu passeio.

 

4 – Suas fotos ficam melhores

 

Quem já foi ao Cristo Redentor em dezembro/janeiro e tentou fazer aquela foto clássica de braços abertos em frente a estátua, sabe do que estou falando. É quase impossível fazer uma foto bacana com tanta gente ao redor.

 

Na baixa temporada, as atrações ficam menos cheias e em alguns momentos até vazias, proporcionando aquele momento perfeito para registrar a foto sem desconhecidos ao fundo.

 

5 – Controle seus gastos durante a viagem

 

Seja num papel, planilha ou num gerenciador financeiro (como o Organizze), liste todos os seus possíveis gastos antes, durante e depois da viagem. Não deixe passar nenhum cafezinho.

 

Ao final da viagem, você saberá exatamente o quanto gastou e no que poderá economizar mais na próxima vez.

 

Dica bônus: Destinos brasileiros para visitar na baixa temporada

 

Quer viajar pelo Brasil? Selecionamos alguns destinos que ficam mais baratos durante a baixa temporada. Dá uma olhada:

 

Serra Gaúcha (RS)

 

Estamos acostumados em falar dela justo no meses de altíssima temporada: dezembro e janeiro, por causa do famoso Natal Luz de Gramado; e julho, para curtir o clima invernal europeu que a região tem.

 

Mas a Serra Gaúcha é destino para o ano inteiro, e fica muito mais barata quando visitada nos meses menos concorridos.

 

Alter do Chão (PA)

 

Essa praia de rio ainda não é muito explorada pelos brasileiros, mas é uma das jóias da Amazônia, a ponto de ter sido apelidada como o “Caribe” da região.

 

A Praia do Amor é a mais procurada, por ser rasa e cercada pelas águas claríssimas e mornas do Rio Tapajós. O melhor momento para conhecer esse Caribe nacional é justo a baixa temporada: na estação seca, entre agosto e dezembro, o nível da água baixa e os bancos de areia aparecem mais, deixando a paisagem ainda mais bonita.

 

Ouro Preto (MG)

 

Não tem tempo ruim para visitar a mais charmosa cidade mineira. Ela até fica mais cheia e mais cara no Carnaval, por ser um famoso pólo universitário da folia, e na Páscoa, devido aos tapetes de serragem que se espalham pelas ladeiras.

 

Mas, fora isso, é uma cidade cheia de vida, barata e com várias opções de passeio e gastronomia o ano todo, de segunda a segunda.

 

Tem alguma dica de como economizar em viagens? Conta pra gente nos comentários!

 

Colaboração para este artigo: Blog Viajala e Blog Viajali

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Organize seu casamento online
Por Wedy.com
Enriquecendo com o próprio salário
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
13 formas azaradas de usar o seu dinheiro
Por Equipe Organizze
Descubra se você está comprando por impulso!
Por Equipe Organizze
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).