Reserva de emergência: o que é e como fazer

Escrito por: - Publicado em: 24/12/2020

Nunca se sabe quando um imprevisto pode ocorrer. Justamente por isso, quem se organiza previamente consegue superá-lo de maneira mais fácil, e é justamente por isso que fazer uma reserva de emergência é essencial para estar preparado para esse tipo de ocasião.

 

É muito comum passar por situações onde se tem um quadro de saúde que exige cuidados e demanda gastos financeiros, ou ainda perder o emprego, principalmente em tempos de crise financeira nacional. 

 

Para vencer esses momentos é necessário ter um planejamento, de maneira que a situação não cause impactos de grandes proporções na vida familiar. 

 

Quem guardou dinheiro em casa pode fazer a abertura de cofre antigo e retirar o valor necessário para cobrir as suas despesas no período. No entanto, aqueles que não se precaveram, podem passar por apertos relevantes. 

 

Nos últimos tempos, muito se ouve falar sobre construir uma reserva de emergência, sendo essa uma precaução importante para situações imprevisíveis. Você sabe do que ela se trata?

 

Para entender mais sobre o assunto, siga na leitura deste conteúdo e saiba o que é uma reserva financeira, qual a função e os benefícios dela. Além disso, conheça também dicas para começar a sua o quanto antes. 

 

O que é uma reserva de emergência?

 

Seja para comprar um automóvel ou um computador novo, é indispensável fazer um planejamento financeiro para que o pagamento deles possa ser feito com tranquilidade e sempre dentro do prazo. 

 

No entanto, podem surgir situações imprevistas, como a perda do emprego. Enquanto tenta se recolocar no mercado, o profissional precisará arcar com os seus gastos fixos, e se ele não tiver uma reserva financeira, este pode se tornar um problema. 

 

Assim, a reserva de emergência se trata de uma determinada quantia financeira que foi guardada mensalmente, com a função de cobrir gastos quando há um problema de saúde e em casos de demissão, ou seja, em ocasiões urgentes. 

 

Para tanto, é indicado guardar o valor correspondente de seis meses a um ano dos custos mensais da família. 

 

Entre os benefícios é possível citar:

 

→ Segurança familiar;

→ Evitar endividamentos;

→ Planejamento do futuro;

→ Desenvolver hábitos de economia.

 

Ter uma reserva de emergência é o meio mais prático de conferir segurança para a sua família em situações imprevistas, ao mesmo tempo em que se evita fazer um empréstimo com juros, já que este pode se tornar um problema posterior. 

 

Além disso, pode-se planejar melhor o futuro da família, pois é possível programar novas aquisições, como a compra de um carro mais moderno ou a mudança para uma casa maior. 

 

Por fim, vale mencionar que esse é também um modo de desenvolver hábitos financeiros sustentáveis, como aprender a economizar no dia a dia e começar a investir. 

 

Justamente por isso, é aceitável dizer que ter uma reserva de emergência é importante para todos. 

 

Como começar uma reserva de emergência?

 

Certamente, você já viu algum banner informativo incentivando o leitor a fazer investimentos financeiros. A reserva de emergência pode ser iniciada em uma das principais alternativas encontradas no mercado.

 

Abrir uma poupança é uma dessas possibilidades. Ali, é possível depositar mensalmente um determinado valor, que renderá uma quantia extra nas datas de aniversário desses aportes. 

 

Investir no Tesouro Selic é outra dica para começar a reserva financeira. Ele se trata do investimento em títulos do Governo Federal, que traz rentabilidades diárias e pode ser sacado a qualquer momento.

 

O CDB (Certificado de Depósito Bancário) é outra modalidade de renda fixa, que é protegida e traz retornos previsíveis. 

 

Entender melhor o perfil de cada uma dessas opções é a melhor maneira de encontrar a opção mais coerente para o seu perfil e de conseguir montar a sua reserva de emergência com maior efetividade. 

 

A importância da organização financeira

 

Ser organizado é fundamental. Não à toa, há quem utilize desde etiquetas adesivas personalizadas nos seus blocos de anotações, mas existem cada vez mais recursos para cuidar da sua vida financeira, como o aplicativo Organizze

 

Controlar os custos diários e mensais, criar alertas, visualizar relatórios e realizar o acompanhamento de cada uma das contas bancárias é essencial para gerenciar adequadamente as suas finanças. 

 

Por meio de ações como essas, é possível começar a construir a sua reserva de emergência, que fará toda a diferença na sua segurança e no seu futuro. 

 

Sendo assim, não deixe de começar o quanto antes a se organizar financeiramente e colha os benefícios de estar preparado para imprevistos, e de contar com a segurança que só uma reserva de emergência pode trazer para a sua família. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Como cultivar o hábito de poupar dinheiro?
Por Equipe Organizze
Revestimentos cozinha: 7 opções baratos e em alta para 2021
Por Viva Decora
Porque ainda é necessário comparar taxas de juros?
Por Equipe Organizze
Como cuidar bem do seu bolso: conheça alguns passos!
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).