Saiba como diversificar fontes de renda

Escrito por: - Publicado em: 14/09/2021

Fontes de renda são as diferentes formas com as quais as pessoas conseguem adquirir dinheiro. Elas são muito importantes para aumentar a segurança financeira delas em caso de utilização de mais de uma fonte.

 

É preciso entender, primeiramente, que renda se refere a qualquer tipo de receita financeira de uma pessoa. Isto é, todo dinheiro que ela recebe, sendo a sua principal o salário, mas essa não é a única maneira de ganhar dinheiro. 

 

Contudo, há um conhecimento geral de que ter um emprego não significa estabilidade financeira ou segurança em relação a esse tópico, uma vez que a demissão pode ocorrer facilmente e o mercado de negócios oscila constantemente. 

 

Nesse contexto, surge a necessidade de iniciar uma preocupação com a aquisição de outras fontes de renda, garantindo maior tranquilidade, porque ela não ficará desamparada em casos de instabilidade ou desemprego.

 

Tipos de renda

 

Ao que se refere à renda de uma pessoa, não há uma única forma de tê-la como fonte, a princípio, existem dois tipos de renda: ativa e passiva. A primeira se refere a uma prática em que o indivíduo precisa estar ativo para receber sua receita financeira.

 

Basicamente, é aquela troca monetária como recompensa pelo esforço, tempo ou trabalho. Ela abrange vendas, freelancing, salário, bonificações, entre outros. Um exemplo dela é um funcionário que trabalha para uma empresa de entregas, como um motoboy. 

 

Ele trabalha levando o material até a casa dos clientes e como retorno tem o seu pagamento em dinheiro. 

 

Já a segunda, é referente aquela fonte em que é exigido um esforço inicial, mas, ao passar do tempo, cria-se uma tendência de que não será mais necessário trabalhar para consegui-la. Como exemplo tem o aluguel, juros, investimentos, aposentadorias e mais. 

 

Há também a chamada renda vitalícia, que se refere ao dinheiro proveniente da aposentadoria, sendo ela tanto a pública, quanto a privada. Essa é uma subforma de renda passiva, exigindo grande esforço inicial.

 

A última renda é a extra, a qual pode ser gerada de maneira ativa ou passiva, mas é algo temporário ou à parte dela. Por exemplo, um funcionário de uma empresa de consultoria financeira que cuidou dos filhos de um conhecido em troca de uma quantia de dinheiro. 

 

Maneiras de diversificação

 

Dessa forma, como foi visto, é importante diversificar as formas de garantir a renda, como uma maneira de aumentar a estabilidade e segurança no que se refere ao capital financeiro. 

 

Arrisque nos investimentos

 

Uma forma de ter fontes de renda diversificadas é investindo dinheiro. Em casos de existência de certa quantia guardada, ela pode ser investida, garantindo uma oportunidade de multiplicar a quantia aplicada. 

 

Lembre-se que manter o dinheiro na poupança não é considerado um investimento rentável.

 

Para garantir que esse processo seja feito corretamente, é importante estudar sobre o assunto e participar de programas para gestão financeira, visando adquirir conhecimento do que fazer e de como agir em cada situação, sem surpresas ou problemas. 

 

Dar aulas 

 

Em caso de pessoas que têm um conhecimento profundo e é formado em determinado assunto, é muito interessante dar aulas online. Visto que não exige altos investimentos, consegue ajudar as pessoas e proporciona um retorno financeiro considerável. 

 

Essa é uma ótima oportunidade, uma vez que é um mercado muito amplo, pois sempre haverá pessoas interessadas em aprender sobre diversos tópicos diferentes, não importando o talento, formação ou experiência de qualquer pessoa.

 

É possível realizar a divulgação do serviço através das redes sociais e a realização delas em uma sala privativa online ou mesmo postagem de vídeos de ensino. 

 

Investir em fundos imobiliários

 

Uma outra opção muito satisfatória é aplicar o dinheiro em fundos imobiliários. Eles são ótimos em situações de longo prazo e seus rendimentos conseguem superar os valores das ações, tendo uma ótima rentabilidade. 

 

Vantagens da diversificação

 

Dessa maneira, em geral, ter diversas fontes de renda possibilita ao indivíduo acessar benefícios consideráveis para quem adota diferentes provedores, sendo eles:

 

→ Surge como um incentivo para guardar dinheiro;

→ Serve como reserva para momentos de crise;

→ Auxílio para manter uma vida com qualidade;

→ Garante conforto após o fim da vida laboral.

 

Portanto, cuidar para encontrar mais de uma forma de ter retorno financeiro se tornou um ponto essencial com a instabilidade dos negócios atuais e o desejo por conforto em relação ao dinheiro. 

 

Conclusão

 

Em suma, um indivíduo pode e deve ter acesso a uma diversificação das suas fontes de renda, uma vez que é um mercado amplo em relação às oportunidades e totalmente essencial para a garantia de uma boa vida.

 

Além disso, ela pode abranger qualquer gosto e especialidade dos indivíduos, permitindo que qualquer um consiga ter acesso a eles da maneira que achar mais interessante e se sentir mais confortável. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

3 dicas para conseguir uma renda extra
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Como conseguir uma renda extra durante a pandemia
Por Equipe Organizze
Saiba como ganhar um dinheiro extra no final de ano
Por Equipe Organizze
12 modelos de negócios para fazer aquela grana extra
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).