Saiba em qual fase do controle financeiro você está!

Escrito por: - Publicado em: 18/05/2021

O controle financeiro é a melhor ferramenta para lidar melhor com o dinheiro. Nem todas as pessoas sabem controlar suas finanças, e é por esse motivo que todos os dias milhares delas passam pelo sufoco de não saber como vão pagar as contas.

 

Mesmo diante dessa realidade, boa parte dos indivíduos estão buscando maneiras de lidar melhor com suas finanças e se livrar de situações complicadas que levam ao endividamento e até mesmo a graves dificuldades.

 

Neste artigo, vamos mostrar como ter controle financeiro, como saber em que fase dele você está, bem como dicas para evoluir. Continue a leitura!

 

É possível controlar as finanças?

 

O primeiro passo para ter controle financeiro é conhecer o seu dinheiro, considerando suas receitas e despesas, tanto as fixas quanto as variáveis.

 

Em relação ao salário, devemos considerar o valor líquido, ou seja, todos os descontos, como INSS, por exemplo. Quanto às despesas, pondere:

 

→ Aluguel;

→ Financiamentos;

→ Água, luz e internet;

→ Alimentação;

→ Despesas extras.

 

Descubra quais são os gastos supérfluos, visto que eles são inimigos da saúde financeira. Se uma pessoa consegue evitá-los, pode usar o dinheiro de outras maneiras, como fazendo investimentos.

 

Anote todos esses gastos em um caderno, uma planilha ou em um aplicativo para que possa controlá-los. É dessa forma que você consegue analisá-los e mudar alguns hábitos.

 

Por fim, compare preços antes de comprar qualquer coisa, e a internet é uma mão na roda nesse momento. Com ela, você descobre onde pode comprar o que deseja por um valor mais acessível. Lembre-se que cada centavo economizado faz diferença.

 

Como saber a fase do controle financeiro?

 

É fundamental que você saiba em qual fase do controle financeiro se encontra.

 

Tudo envolve dinheiro, portanto, se você precisa comprar acessorios para carros, é necessário pagar por eles. É por isso que precisamos ter um controle financeiro, e ele se divide em 3 etapas.

 

A primeira é quando a pessoa está saindo do vermelho, isto é, organizando sua vida financeira. Aqui é o momento de pagar as dívidas, portanto, é importante aprender técnicas de negociação.

 

A segunda fase engloba analisar as finanças, ou seja, é quando a pessoa não tem mais dívidas, mas também não investe o dinheiro.

 

É neste momento que começamos a implantar um controle rígido, conhecendo a fundo as próprias finanças. Isso envolve receitas e despesas, fixas e variáveis, como a mensalidade da creche. É assim que sabemos quais gastos podem ser cortados.

 

Por fim, a terceira fase é quando se planejam investimentos, logo, é essencial se informar sobre esse mercado e as opções que se encaixam às suas necessidades.

 

De qualquer forma, é imprescindível manter o controle dos ganhos e despesas, além de criar uma reserva emergencial.

 

Evoluindo em seu controle financeiro

 

Se você sente que está estagnado em uma das 3 etapas do controle financeiro, talvez seja o momento de mudar alguns hábitos.

 

Para evoluir, existem algumas estratégias que podem ajudar, como por exemplo, anotando exatamente tudo o que você gasta ou ganha.

 

Supondo que você precisou pagar pelo serviço de entrega de documentos, anote essa despesa; se precisou comprar alguns comprimidos para gripe, anote também, e por aí vai. Não deixe absolutamente nada de fora de suas anotações.

 

Viva conforme a sua realidade financeira e não caia em tentações. Estamos incluídos em uma sociedade consumista que acredita que o que você tem ou compra define quem você é, mas não é verdade.

 

Se você ganha um salário mínimo, não tem como trocar de carro todo ano ou comprar um smartphone de última geração da marca mais cara do mercado.

 

Esses hábitos prejudicam as suas finanças e levam a um endividamento que pode causar estragos ainda maiores. Deixar de pagar uma conta de luz para comprar algo que você quer no momento é um exemplo de erro gravíssimo.

 

Conclusão

 

Lidar com dinheiro de maneira sábia é muito importante não apenas para que suas contas estejam sempre em dia, mas também para que ele seja seu aliado, e não seu inimigo.

 

O controle financeiro é a melhor forma de fazer sua renda suprir todas as suas necessidades, permitindo que você alcance seus objetivos de curto, médio e longo prazo. Neste artigo, você entendeu como ele funciona e quais são suas etapas, assim, fica mais fácil reverter uma situação difícil e manter a saúde financeira em dia.    

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Quais são as garantias comuns em empréstimos pessoais?
Por Equipe Organizze
3 passos para um planejamento financeiro pessoal
Por Equipe Organizze
O segredo do sucesso profissional
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Como o planejamento financeiro te ajuda a construir riqueza
Por Meu Patrimônio
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).