Tá faltando dinheiro? Confira 5 dicas para aprender a lidar melhor com isso

Escrito por:

É bem comum conhecer pessoas que reclamam que o seu dinheiro acaba antes mesmo do próximo salário chegar. É a realidade de vários brasileiros, ainda mais em tempos de crise e instabilidade na economia do país. A jornalista Janaína Giamel buscou algumas saídas para quem quer se livrar dessa triste realidade. Confira as dicas dela, publicadas no blog do site Dinheirama.

 

1. Entenda e aumente as receitas

 

Primeiramente é preciso entender exatamente as suas receitas. De onde vem o dinheiro que você pode gastar e quando? Quanto está realmente disponível? Quanto está comprometido? Faça uma tabela caso ainda não tenha. E pense em alternativas para aumentar as suas receitas. Podem ser freelas em sua área de trabalho, algo que você saiba fazer bem e possa oferecer aos outros (como guloseimas, traduções, serviços diversos), e etc. Em épocas de aperto financeiro, é preciso aprender a ser flexível e não ter preconceito em oferecer trabalho.

 

2. Entenda melhor as suas despesas

 

Também é preciso entender para onde está indo o seu dinheiro. Novamente uma tabela de receitas e despesas é fundamental. Separe as despesas fixas das variáveis.

 

3. Substitua as despesas

 

Ao colocar as despesas no papel, você certamente verá que algumas podem ser substituídas sem grandes problemas. Eu, por exemplo, cortei pela metade o valor de minha conta de telefone celular, após constatar que dos 1.000 minutos disponíveis mensalmente, eu mal usava 300. Esse excesso, é claro, estava sendo cobrado na conta fixa.

 

4. Não jogue dinheiro fora

 

Ao entender as despesas, especialmente as variáveis, confira se não vem gastando demais com supérfluos e itens muito caros que não deveriam ser prioridade agora. Se está faltando dinheiro, a última coisa que você deve fazer é jogá-lo fora adquirindo o que não precisa.

 

5. Troque as suas dívidas

 

Dívidas são um problema para quem está com o dinheiro curto. O ideal aqui, caso não dê para saná-las, é comparar algumas alternativas disponíveis no mercado. Talvez uma dívida no cartão de crédito a juros altíssimos possa ser substituída por um empréstimo pessoal.

 

Também vale estudar alternativas como vender o carro para conseguir dinheiro à vista e pagar as dívidas a juros altos e depois comprar outro (se necessário) com um parcelamento a juros muito menores. É claro que é preciso avaliar todas as despesas extras envolvidas neste tipo de transação para ver se vale a pena. O importante é não ter preguiça de fazer comparações.

 

Confira a postagem original com mais dicas no botão abaixo.

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Como descobrir o seu SCORE?
Por Nathalia Arcuri | Me Poupe
Casamento por adesão: é certo fazer os convidados pagarem a conta?
Por Equipe Organizze
Vai reformar a casa? Veja 5 dicas para não gastar muito
Por Equipe Organizze
5 gastos necessários para se tornar um freelancer
Por Equipe Organizze
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).