Tipos de seguros essenciais que ajudam nas finanças da casa

Escrito por:

Os seguros são vistos por muitas pessoas como inatingíveis, como gastos exorbitantes que não são necessários. E, cada vez mais, estas ideias estão erradas.

 

Hoje, os seguros estão cada vez mais acessíveis, com formas de pagamento flexibilizadas, planos personalizados para a necessidade do cliente, além de formas mais fáceis e práticas de cotação, contratação e uso.

 

Mas, muitas pessoas já estão percebendo que os seguros não são custos desnecessários, e sim seguranças que podem até ajudar nas finanças da família. E existem alguns tipos de seguros que são os campeões de vendas, além de campeões de benefícios.

 

Planos de seguros que podem ajudar nas finanças

 

1. Seguro Residencial

 

O seguro residencial não protege somente seus bens materiais, ele protege sua família. Com uma diversidade de planos, atualmente as coberturas mais comuns, como contra roubos e furtos, são
somente o começo da lista de benefícios que um seguro residencial pode oferecer.

 

Além das coberturas já conhecidas, as apólices incluem serviços de manutenção residencial que, com certeza, seriam muito mais caros se contratados separadamente. Serviços como encanador, chaveiro, limpeza de caixa d’água, além de reparos elétricos e outras manutenções estão inclusas nos planos ou podem ser incluídos por uma taxa adicional.

 

A mensalidade do seguro residencial acaba sendo muito mais barata do que a contratação destes serviços de forma separada. Além de economizar dinheiro, o segurado economiza tempo, solicitando o serviço de forma prática e rápida em sua seguradora, que irá proporcionar atendimento e serviço de qualidade.

 

Outro caso em que o seguro gera economia é a indenização nos casos de furtos, roubos ou danos causados por incêndios, panes elétricas, entre outros. Alguns seguros contam até com cobertura contra fenômenos naturais, como enchentes e outros. O segurado conta com a indenização da seguradora, no valor contratado na apólice, após estes casos, se isentando de ter que investir mais dinheiro ainda no reparo da casa.

 

2. Plano de Saúde

 

Este tipo de seguro é ainda controverso, porém muito contratado. Por mais que o Brasil tenha o Sistema Único de Saúde, a estrutura não consegue atender todos os cidadãos de forma rápida e
efetiva, o que leva muitas pessoas a contratarem o plano de saúde.

 

Para ter acesso a atendimento médico, hospitalar ou ambulatorial com praticidade, rapidez e qualidade, os planos de saúde são a melhor escolha. Hoje, existem diversas operadoras que oferecem convênio médico e são muitos os tipos de plano de saúde, oferecendo planos diversos com opções de pagamento facilitadas.

 

Ter um plano de saúde pode ajudar nas finanças da casa e da família, pois sua mensalidade acaba tendo um custo menor do que as despesas médicas, mesmo em consultas de rotina. No caso de
emergências ou procedimentos cirúrgicos, o custo-benefício do plano de saúde é ainda mais evidente.

 

Além de ser uma segurança em casos de emergências, doenças ou atendimento médico de rotina, o plano de saúde pode gerar uma economia considerável com despesas médicas e tratamentos diversos.

 

3. Seguro Auto

 

Seguindo a mesma premissa do seguro residencial, o seguro auto não se resume mais só a coberturas mais comuns, como em casos de colisões e roubos. Hoje, o seguro auto oferece diversas coberturas que podem gerar uma economia considerável no orçamento da família.

 

Serviços como borracheiro, chaveiro, manutenção de vidros e lanternas, entre outros serviços fazem que a economia gerada pelo seguro auto seja ainda maior.

 

As coberturas comuns também geram economia ou evitam gastos muito maiores, se comparados a sua mensalidade, ao necessitar de reparos mecânicos, elétricos ou de lataria do carro, provenientes de colisão ou outros motivos. No caso de roubos, a falta de seguro auto pode causar uma dívida considerável na família, além do incômodo de perder um bem tão importante para a vida cotidiana como o carro.

 

Mas, é importante saber que para evitar surpresas desagradáveis, na hora de escolher qualquer tipo de seguro, é essencial contar com uma seguradora registrada na SUSEP. Esse é o órgão que regulamenta os seguros no Brasil, o que lhe confere maior segurança no cumprimento das regras.

 

4. Seguro de vida

 

Além de ser uma proteção muito importante para os familiares, também é essencial para quem se preocupa com a saúde. Afinal, tanto os filhos e outros beneficiários recebem uma indenização, em
caso de falecimento do segurado, quanto o próprio contratante pode usufruir os benefícios.

 

Ou seja, em caso de invalidez do segurado e doença grave, ele poderá contar com o seguro de vida. Portanto, é uma garantia financeira fundamental para quem quer deixar seus entes queridos protegidos, financeiramente, em caso de morte do segurado, bem como em caso de imprevistos com a saúde.

 

Por: Andreia Silveira, do site Smartia.com.br

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

O que é a antecipação do Imposto de Renda?
Por Equipe Organizze
3 dicas de mudança de comportamento para iniciar uma educação financeira
Por Equipe Organizze
Não coloque todos os ovos na mesma cesta
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Independência Financeira: como planejar?
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).