Usando a cabeça em vez do cartão de crédito na hora de comprar

Escrito por: - Publicado em: 15/08/2012

Um recente estudo feito nos Estados Unidos diz que estabelecer um orçamento antes de comprar pode sair mais caro do que não ter um limite estabelecido e comprar observando outros aspectos do produto a ser comprado.

Esse estudo deve ser observado em vários aspectos e também deve-se analisar que as pessoas são colocadas em um situação que talvez não estavam acostumadas e outras que tinham grande experiência em realizar orçamentos ou comprar pagando preços mais baratos do que outras.

 

Primeiramente é importante salientar que muitas pessoas estão acostumadas a pesquisar antes de comprar e estabelecer limites financeiros antes de adquirir qualquer tipo de produto ou serviço. Tais pessoas já possuem o hábito de verificar preços e sabem os melhores locais, lojas e estabelecimentos comerciais com bom custo benefício. Entretanto, segundo essa pesquisa, essas pessoas podem estar tão concentradas apenas no valor a ser gasto que podem acabar comprando produtos de baixa qualidade apenas por causa do valor. Ou até mesmo, por não encontrarem nada que se encaixa no orçamento acabam pagando mais caro por não pesquisarem produtos em uma faixa de preço superior.

 

Ou seja, nesse aspecto, o estudo alerta que é importante verificar todas as características e benefícios de determinado produto antes de estabelecer um valor máximo a ser pago. Ao estabelecer este valor, o consumidor pode deixar de fora outros produtos que poderiam ser mais úteis com o preço um pouco maior ou até mesmo produtos com preços menores e que ficaram fora da pesquisa por serem de lojas mais caras.

 

Mas há também as pessoas que nunca fizeram nenhum tipo de orçamento e que, provavelmente se viram forçadas a estabelecer um limite para suas compras nesse estudo. Neste caso, é possível que pela falta de experiência em pesquisar preços e diferentes estabelecimentos elas tenham comprado um produto pior ou não acharam o produto solicitado e acabaram pagando mais por menos.

 

Assim, ao pesquisar e fazer orçamento para realizar uma compra, é importante analisar o processo inteiro por vários ângulos. Não é só o preço que é essencial e também não são apenas as características do produto ou do serviço que devem ser fatores determinantes para que a compra seja realizada.

 

Assim como o preço é importante, a facilidade de pagamento, as características, a possibilidade de devolução caso o produto não atenda as necessidades como esperado, ou ainda a durabilidade e segurança do produto, e até mesmo a localização da loja e a facilidade de chegar até o estabelecimento devem ser considerados paralelamente ao preço para que a compra não se transforme num grande transtorno.

 

Por isso que o fundamental na hora de comprar é usar a cabeça e não o cartão de crédito!

Fonte: http://www.livescience.com/21370-budget-spending.html

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

4 dicas para criar um fundo de emergência
Por Equipe Organizze
O que é a antecipação do Imposto de Renda?
Por Equipe Organizze
Como fazer a portabilidade de crédito?
Por Equipe Organizze
Registrar, organizar e planejar: a tríade do sucesso financeiro
Por Tiago Trespach Marques
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).