Vale a pena adiantar parcelas de um empréstimo?

Escrito por:

Fazer um empréstimo nem sempre é uma decisão fácil de ser tomada. Afinal, ninguém gosta de precisar tomar dinheiro emprestado com o banco e se tornar responsável pelo pagamento mensal de uma dívida que, quase sempre, tem o potencial de atrapalhar o orçamento e o planejamento financeiro das pessoas.

 

Apesar disso, com uma boa organização das finanças, não é incomum que muita gente pense em antecipar o pagamento das parcelas em aberto e quitar o empréstimo. Nestas horas, uma pergunta sempre costuma aparecer: será que vale mesmo a pena adiantar parcelas de um empréstimo ou outra dívida?

 

A resposta para esta pergunta é individual e costuma variar de acordo com o cronograma e o planejamento financeiro de cada família. Porém, é correto afirmar que boa parte das dívidas – seja um empréstimo, um financiamento ou até mesmo um acordo de parcelamento – podem ser pagas antecipadamente, gerando benefícios e economia para o consumidor.

 

No artigo de hoje vamos apresentar a você algumas vantagens de adiantar parcelas de um empréstimo e pagar dívidas antecipadamente e lhe mostrar um caminho para economizar dinheiro até mesmo na hora de quitar suas pendências financeiras! Vamos lá?

 

Antecipando os pagamentos

 

A primeira coisa que você precisa saber depois de entender que é possível adiantar parcelas de um empréstimo e de outras dívidas é que existe uma série de vantagens de fazer a antecipação de pagamento de um valor devido. A primeira delas está intimamente ligada com o seu bolso.

 

Quando você antecipa a quitação de uma dívida, você acaba se livrando de um compromisso mensal que fazia parte do seu planejamento financeiro todos os meses. Com o valor devidamente quitado, você deixa de gastar dinheiro com o pagamento mensal da dívida e tem mais dinheiro sobrando no final do mês – gerando economia e maior flexibilidade para o seu planejamento financeiro.

 

Além disso, se você estiver quitando um empréstimo, o pagamento do valor em aberto poderá permitir que você tenha um novo crédito liberado pelas instituições financeiras – o que pode ser uma boa alternativa para situações de dificuldade financeira. Desta forma, portanto, você cuida do seu nome e do seu score no mercado, tendo sempre, à sua disposição, crédito liberado para situações emergenciais.

 

A terceira e grande vantagem da antecipação do pagamento de uma dívida, por outro lado, diz respeito, diretamente, à economia. Ocorre que, quando você decide pagar um empréstimo antecipadamente, tem o direito de abater, de cada parcela, a incidência dos juros que são calculados do início ao fim do prazo estabelecido para pagamento.

 

Os descontos dos juros

 

Muitas pessoas não sabem, mas os descontos dos juros inclusos nas parcelas que serão quitadas antecipadamente pelo consumidor são garantidos pelo Código de Defesa do Consumidor. É possível, por exemplo, garantir descontos no pagamento antecipado em um financiamento de imóvel, em financiamento de veículo ou até mesmo em quitação adiantada de um crédito pessoal.

 

Por isso, no caso de pagamento antecipado de empréstimo e outras dívidas, é fundamental que o interessado contate o credor e informe-o sobre seu interesse em quitar os valores em aberto com antecedência, com o devido abatimento dos juros embutidos nas parcelas a serem quitadas antecipadamente. Cada credor possui um processo diferente para este tipo de negociação e, por isso, é importante que o consumidor contate a empresa diretamente, a fim de conhecer e seguir o processo corretamente.

 

A redução dos juros embutidos nas parcelas promove um ganho real para quem deseja eliminar uma dívida antes do seu vencimento e ainda ajuda a economizar dinheiro na hora do pagamento de uma pendência financeira.

 

Quer saber como calcular as parcelas e um empréstimo? Então clique aqui e descubra!

 

Como adiantar parcelas de um empréstimo?

 

Se o seu objetivo é adiantar parcelas e um empréstimo, financiamento e outras dívidas, o primeiro passo a ser dado é conferir seu planejamento financeiro e verificar se este pagamento antecipado cabe no seu bolso. Se a resposta for sim, o próximo passo é contatar o credor e informá-lo da sua decisão de efetivar o pagamento antecipado da dívida.

 

Como cada instituição possui um trâmite distinto para estes casos, é importante que você se atente ao que deve ser feito para que o valor devido possa ser pago com os devidos descontos de juros. O correto, independentemente do caso, é que o credor lhe forneça um novo boleto para pagamento dos valores totais devidos – desta vez, com os descontos de juros devidamente aplicados.

 

Nesta situação, você perceberá um bom desconto no valor devido – graças à isenção das taxas de juros que seriam cobradas em caso de pagamento mensal, mês a mês, do valor em aberto. E quanto mais cedo você quitar estas parcelas em relação ao vencimento de cada uma delas, melhores serão as chances de obter excelentes descontos neste pagamento.

 

Caso você encontre dificuldades na hora de adiantar parcelas de um empréstimo ou de outras dívidas, não deixe de contatar os órgãos de defesa do consumidor da sua cidade. Eles estão sempre disponíveis para orientar o consumidor que se sentir lesado por empresas e instituições – inclusive quando há alguma dificuldade no cumprimento dos direitos do consumidor, como é o caso do abatimento de juros em caso de antecipação de pagamento de dívidas.

 

Dicas para não precisar mais de empréstimo

 

Com as dívidas devidamente quitadas, uma dica importante para evitar cair novamente no parcelamento e no buraco dos empréstimos e financiamentos é manter um bom planejamento financeiro. Se você conseguiu adiantar parcelas de um empréstimo, por exemplo, isso significa que você manteve uma boa organização financeira – que lhe permitiu adiantar pagamentos que estavam previstos para meses à frente.

 

Isso também significa que você tem condições de manter uma mesma boa organização das suas finanças e um controle rígido do seu dinheiro para não precisar se endividar e tomar empréstimos em caso de necessidade. Uma dica muito útil para evitar empréstimos no dia a dia é formar uma boa reserva financeira para emergências.

 

Poupe e economize dinheiro para manter sempre um valor disponível para uso imediato, em caso de dificuldades, e não deixe de planejar com cuidado cada pagamento ou aquisição que você fizer no dia a dia.

 

Com organização, planejamento e um bom controle do seu dinheiro, ficará muito mais fácil evitar empréstimos, financiamentos e dívidas. Porém, se elas ocorrerem em algum momento, saiba que vale sim a pena adiantar o pagamento das parcelas de um empréstimo e financiamento.

 

Lembre-se sempre que, desta forma, você estará não apenas se livrando de uma pendência financeira, mas também economizando um bom dinheiro até mesmo na hora de pagar suas dívidas!

 

E você, já procurou adiantar parcelas de um empréstimo? Teve dificuldades com este adiantamento? Deixe seu comentário e compartilhe conosco suas experiências!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Aprendendo finanças na prática
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
O que é independência financeira? Veja 4 dicas para alcançá-la
Por Ana Cláudia Inez
Como saber se um empréstimo é a melhor escolha para sair das dívidas?
Por Equipe Organizze
Desempregado: descubra 5 coisas que você não pode fazer (de jeito nenhum)
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).