Vale a pena ter plano de saúde para seu pet?

Escrito por:

Os animais de estimação são figuras cada vez mais presentes nas casas dos brasileiros. E, em muitos dos casos, nossos animaizinhos são tratados como verdadeiros membros da família, não é mesmo?

 

Este zelo que muitos têm com seus animais de estimação inclui não apenas oferecer conforto, comodidade e boa alimentação aos nossos companheirinhos, mas também uma boa retaguarda em caso de necessidades – como, por exemplo, em situações que envolvam a saúde. Por conta disso, surgiram no mercado nos últimos anos uma série de produtos e serviços direcionados exclusivamente para eles, como o plano de saúde para pet.

 

Na hora de optar ou não por um plano de saúde para seu pet, entretanto, muitos dos donos ainda têm dúvidas se vale ou não a pena fazer esta contratação. Afinal, vale a pena ter plano de saúde para seu pet?

 

Confira a seguir algumas das principais vantagens de ter um plano de saúde para seu animalzinho e as situações nas quais pode não valer tanto a pena contratar este plano para o seu amigo!

 

Bom atendimento a preços mais baixos

 

O plano de saúde para pets é semelhante a um plano de saúde para humanos, e o objetivo é permitir que o animalzinho tenha acesso a atendimentos de qualidade e bons profissionais veterinários sempre que precisar – e por preços mais baixos.

 

Estas, inclusive, são algumas das principais vantagens dos planos de saúde para animais de estimação. Com um plano de saúde, são mínimas as chances de o animal precisar aguardar atendimento para consulta, internações ou realização de exames – como poderia ocorrer em uma situação de emergência ou até mesmo no dia a dia, tanto em clínicas particulares mais baratas quanto em sistema público de atendimento.

 

Além disso, são poucas as cidades do país que disponibilizam atendimento gratuito aos animais de estimação, enquanto muitas clínicas particulares acabam cobrando bem caro pelo atendimento em diversas situações – como em casos emergenciais ou para atendimento fora do horário comercial. E o dono do animal nem sempre está preparado financeiramente para estes custos.

 

Planejamento de custos

 

A possibilidade de fazer um planejamento de custos é uma outra vantagem de se ter um plano de saúde para seu pet. Afinal, o valor de contribuição do plano é, geralmente, mensal e pode ser incluído no orçamento como uma despesa fixa – facilitando a organização financeira.

 

Atualmente existem planos mais simples – que costumam incluir consultas, atendimento médico emergencial e alguns exames – e planos de saúde para pets muito mais completos, que custam mais caro, mas também incluem outros exames mais complexos, vacinas, entre outros benefícios. Há também no mercado, assim como nos planos de saúde para humanos, os planos de coparticipação.

 

No plano de coparticipação, um valor mais baixo é pago mensalmente e há cobranças maiores – previamente determinadas – somente em caso de uso. Uma excelente escolha para quem deseja contratar um plano e saúde para seu amiguinho, mas que não tem o hábito de levá-lo sempre ao veterinário.

 

Liberdade de escolha

 

Os planos de saúde para cães e gatos costumam ter, ainda, uma outra vantagem quando o assunto é prevenir gastos emergenciais: a liberdade de escolha de atendimento. Isso porque existe há bastante tempo no mercado planos de fidelidade ligados a determinadas clínicas animais que oferecem também um serviço de atendimento aos pets.

 

No caso destas clínicas, entretanto, a liberdade de escolha acaba sendo limitada – uma vez que o dono do animal precisa optar por poucas ou uma única unidade de atendimento para levar seu bichinho em caso de necessidade. E isso normalmente não ocorre com planos de saúde.

 

A maior parte dos planos de saúde destinado a animais domésticos tem uma ampla oferta e unidades que podem ser escolhidas pelo dono do animal para atendimento quando for necessário. Alguns planos de saúde para pets, inclusive, têm abrangência nacional e pode ser muito útil para quem viaja com frequência com o animal de estimação e deseja estar sempre resguardado em caso de necessidade de atendimento veterinário.

 

Quando não vale a pena ter um plano de saúde para o animalzinho de estimação?

 

Ter um plano de saúde para o seu animalzinho de estimação é, quase sempre, uma excelente ideia. Afinal, são muitas as vantagens em resguardar a saúde do seu bichinho e oferecer a ele sempre o melhor serviço sem precisar gastar muito para isso – mantendo todos estes custos previstos no seu orçamento mensal.

 

Apesar disso, existe uma situação em particular na qual pode não valer a pena ter um plano de saúde para seu pet: quando o número de pets que você possui for muito elevado. Nestes casos, poupar um valor mensal por mês e deixá-lo sempre disponível como uma reserva de emergência pode valer muito mais a pena que pagar um plano de saúde mensal para cada um dos bichinhos.

 

Se este for seu caso, no entanto, jamais negligencie a criação de uma reserva de emergência para casos de necessidade. Deste modo, você estará sempre protegido financeiramente em caso de situações emergenciais com seu animalzinho e poderá oferecer a ele o melhor tratamento sempre que houver necessidade.

 

Como escolher o melhor plano de saúde para seu pet?

 

Com o aumento da demanda por este tipo de serviço no mercado brasileiro, a oferta de planos de saúde para pets é cada vez maior, existe opções para todos os gostos e bolsos.

 

Na hora de contratar um plano de saúde para seu pet vale a pena manter atenção aos procedimentos e serviços cobertos pelos planos, abrangência geográfica e todos os outros pontos relativos à contratação do produto – assim como fazemos no caso dos planos e seguros saúde para humanos.

 

Verifique se vale a pena escolher os produtos mais simples ou se, para você e seu bichinho, é melhor optar por um plano de saúde mais encorpado, com mais benefícios e procedimentos cobertos na contratação. Em geral, animais mais novos tendem a precisar menos de serviços veterinários – podendo ser esse um ponto de partida para a escolha do melhor plano de saúde para seu pet e para o seu bolso.

 

Independente da sua escolha, jamais deixe de ler atentamente o contrato do plano de saúde do seu bichinho e sempre faça questionamentos em caso de dúvidas antes da assinatura do contrato. Tomando as precauções necessárias e analisando com antecedência as ofertas disponíveis no mercado, ficará muito mais fácil para você tomar a melhor decisão e escolher o melhor plano de saúde para seu pet.

 

E você, conhece alguém que possui um plano de saúde para pets? Já pensou em contratar este serviço para o seu animalzinho? Deixe seu comentário e compartilhe conosco suas dúvidas e impressões sobre o tema!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

3 gastos desnecessários com o seu pet que você pode evitar
Por Equipe Organizze
Como administrar os gastos com animais de estimação
Por Equipe Organizze
Tenha um cachorro e ganhe dinheiro com isso
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
O custo de um animal de estimação
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).