4 sinais de que você está caminhado para as dívidas

Escrito por:

Enquanto a dívida é matemática, é também altamente pessoal. Algumas pessoas podem sentir que uma hipoteca é uma dívida boa, gerenciável e outros sentirem-se pressionados. A única exceção é a dívida do consumidor, do tipo que vem de cartões de crédito e empréstimos pessoais, que é amplamente considerada como o pior tipo possível devido a suas altas taxas de juros.

 

Dívidas fazem parte do nosso dia a dia, e acabamos acostumando com a maioria delas. Porém, devemos prestar atenção à algumas bandeiras vermelhas.

 

O Business Insider destacou algumas dessas bandeiras, e nós alertamos para quatro delas:

 

1. Você torce para conseguir pagar as contas do mês

 

Você está contando os dias para o pagamento, esperando ter o suficiente para satisfazer as suas obrigações do mês? Isso é conhecido como “viver de salário em salário”, e poderia rapidamente entrar em uma espiral de dívida de cartão de crédito – além disso, torna-se quase impossível para construir um patrimônio significativo.

 

Você tem duas opções se você se encontrar nesta situação: ganhar mais dinheiro ou gastar menos. Dê uma olhada nas mudanças de estilo de vida, siga alguns passos para negociar um aumento, veja formas de fazer dinheiro extra, entre outros.

 

2. Você não tem uma reserva para grandes gastos

 

Estima-se que o custo médio para criar um filho seja cerca de R$735.000,  sem incluir a faculdade. Ou, se você está procurando uma casa para comprar, você provavelmente vai precisar de uma economia significativa apenas para a entrada. Outros grandes compras inclui um carro, uma pós-graduação, ou até um período de férias.

 

Estabeleça o que é importante para você e o que você quer, isso tornará mais fácil a criação de metas de poupança. Em seguida, você vai querer descobrir o quanto você teria que economizar, quanto tempo você deveria poupar, e qual a taxa de retorno que você pode precisar de seus investimentos para crescer, para atingir essas metas.

 

3. Você não consegue pagar mais do que o mínimo do seu cartão de crédito

 

Se você não pode pagar mais do que o mínimo mês após mês, você está gastando demais e foi direto para a dívida do cartão de crédito. Você deve sempre planejar pagar o cartão de crédito na íntegra para proteger sua pontuação de crédito e ficar fora da dívida – e se você não pode, você está vivendo além de seus meios e ficando para trás em suas economias.

 

Corte gastos ou separe uma parte do seu orçamento para pagar toda a fatura. Em longo prazo, pagar apenas o mínimo vai te custar uma fortuna.

 

4. Você não sabe quanto gasta por mês

 

Você sabe o quanto você gasta comendo fora, em assinaturas mensais ou em café? É provavelmente mais do que você pensa.

 

Para se ter uma idéia de seus gastos, tente rastrear seu dinheiro através do registro de cada compra que você faz, categorize e monitore seus gastos mensais e anuais. Você precisa de um orçamento. Afinal de contas, é quase impossível tomar decisões financeiras inteligentes se você está apenas adivinhando como e onde você gasta o seu dinheiro.

 

Identificou algum desses pontos em sua vida financeira? Hora de planejamento e organização! Veja mais no artigo original (em inglês), clicando no botão abaixo.

 

 

Leia mais
Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

4 maiores mitos sobre finanças pessoais
Por Equipe Organizze
Situação financeira e saúde mental: qual a relação?
Por Equipe Organizze
6 dicas de ouro para o planejamento financeiro das férias
Por Equipe Organizze
Cartões de crédito como o Nubank, valem a pena?
Por Equipe Organizze
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).