5 motivos para valorizar seu dinheiro e esquecer de vez a poupança

Escrito por:

É sempre interessante reavaliar nossa conjuntura financeira para checar se o dinheiro está sendo aplicado da melhor forma e trazendo o melhor rendimento possível. Um tipo de investimento muito comum, mas que anda em declínio, é a poupança. Apesar da baixa lucratividade que oferece, ela ainda é muito popular, seja pela segurança, facilidade ou até mesmo pelo desconhecimento de outras opções.

 

Você já parou para pensar se a poupança realmente está te oferecendo a maior rentabilidade? Considerando a inflação atual é muito provável que não. Do perfil mais conservador ao mais arrojado, o mercado financeiro oferece muitas outras alternativas para aplicar o seu capital e que podem te auxiliar a realizar lucros muito maiores.

 

Confira agora 5 motivos para você trocar a poupança por outros investimentos:

 

1. Segurança

 

Muitas pessoas fazem a opção de colocar o seu dinheiro em uma caderneta de poupança por um único motivo: segurança. Ela é conhecida por ser uma opção que oferece estabilidade, atraindo então um perfil de poupador que prefere não arriscar em se tratando do próprio dinheiro.

 

Entretanto, o que elas não sabem é que existem outras opções de investimentos tão seguros quanto, que possivelmente podem oferecer maior rentabilidade ao investidor. Em consequência, esses outros investimentos se tornam mais vantajosos, uma vez que o rendimento poupança está em declínio.

 

Outra vantagem de segurança é que esse tipo de aplicação é segurado pelo FGC, Fundo Garantidor de Crédito. O órgão garante investimentos de até R$250 mil por CPF e instituição financeira. Contudo, ele também garante muitos outros tipos de investimentos, como CDB, LCI e LCA.

 

2.Liquidez

 

A poupança não é a única modalidade de investimento que oferece liquidez diária. O mercado oferece muitos outros tipos de aplicações que te permitem retirar o dinheiro quando você precisar, mas que provavelmente vão ter uma rentabilidade maior que a caderneta. Vale procurar as melhores ofertas de investimento que vão se adequar aos seus objetivos.

 

O CDB, por exemplo, é uma boa alternativa de investimento seguro que oferece a opção de liquidez diária. Sendo assim, você pode resgatar o valor aplicado no momento que desejar! Vale lembrar que quanto maior o prazo maior também será a remuneração. Outra opção são as Letras de Câmbio, que assim como os CDB’s podem oferecer liquidez diária e são garantidas pelo FGC.

3. Facilidade

 

Em muitos casos o maior atrativo da poupança é a facilidade do investimento, uma vez que as transferências são feitas por meio do banco e a conta certamente estará vinculada à sua própria conta corrente.

 

Entretanto, estão disponíveis outras alternativas que também são muito simples. É o exemplo do Tesouro Direto, opção na qual você consegue comprar títulos com cerca de R$30,00. Para adquirir títulos do tesouro você pode iniciar as operações por meio do seu banco e também por meio de uma corretora de valores, onde terá um assessor disponível para te ajudar.

 

4. Rentabilidade

 

É sempre importante analisar a conjuntura econômica do momento antes de aplicar dinheiro. Em momentos de instabilidade econômica, por exemplo, é comum que se vivencie um período de alta da inflação, o que interfere diretamente na rentabilidade da poupança.

 

Dessa forma, a poupança passa a ser uma aplicação na qual a lucratividade é inferior se comparada a outros produtos financeiros. Portanto, não deve ser a opção daqueles investidores que buscam as melhores oportunidades. Considerando que retorno poderá ser maior investindo em outros produtos e visando fazer situação desfavorável trabalhar a favor dos nossos investimentos devemos então encontrar essas outras possíveis soluções.

 

Dessa forma, vale estudar o mercado financeiro para conhecer suas possibilidades e identificar qual será o produto ideal para o seu perfil. Procurar entender como investir na bolsa de valores pode ser uma excelente saída!

 

5. Diversificação de carteira

 

Ao investir o nosso capital é sempre interessante pensar em sortir as aplicações. Dessa forma, caso algum imprevisto ocorra, você não perde todo o seu dinheiro aplicado. Além disso, a diversificação da carteira de investimentos, quando bem planejada, pode ampliar as suas possibilidades de lucro.

 

Além de diversificar os setores que você investe, você pode também aplicar em diversos produtos, como ações da bolsa de valores, comprando ativos de grandes empresas, como por exemplo ações da Petrobras, no mercado futuro, letras de crédito e papéis do tesouro direto. Assim, se algum dos mercados estiver sofrendo desvalorização, os demais podem te render bons frutos.

 

E aí? Ainda acha que a poupança é a melhor solução para as suas finanças? Já está pensando em realizar outras aplicações? Conta para gente nos comentários! Procure outras alternativas de investimentos e faça o seu dinheiro, que você tanto se empenha para conquistar, render da melhor maneira possível!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Antes de investir, saiba o seu perfil de investidor
Por Alphamar Investimentos
3 dúvidas que todo investidor iniciante tem
Por Equipe Organizze
3 dicas de investimento para pós-pandemia
Por Equipe Organizze
Renda fixa vs Renda variável
Por Luiz Roberto Brem de Almeida
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).