6 passos para usar suas finanças pessoais a favor de suas metas

Escrito por:

Ter metas para conquistar sonhos e objetivos é uma das formas mais simples e práticas de não se passar a vida toda correndo sem nunca conquistar aquilo que se quer.

 

E, tratando desse assunto, o cuidado com as finanças pessoais é determinante para que tudo transcorra bem, visto que a maior parte das metas precisam de recursos financeiros para se concretizarem, não é mesmo?

 

Pensando justamente nesse contexto e considerando que o controle de gastos é essencial para que suas metas financeiras se tornem realidade, seguem 7 dicas e passos sobre como tornar suas finanças pessoais mais claras e compatíveis, tanto com o seu dia a dia quanto com a suas metas. Confira, tome nota e comece a planejar hoje mesmo!

 

1 – Coloque no papel quanto você ganha e quanto você gasta

 

O primeiro passo para assumir o controle dos gastos e determinar assim as metas financeiras é conhecer, a fundo, tudo aquilo sobre o que você tem responsabilidade de pagar mensalmente, portanto quais são as suas contas e compromissos, tanto fixos quanto variáveis.

 

Também é essencial por na ponta do lápis os valores que você recebe, seja o seu salário, seus benefícios e bônus, quando houver, outras fontes de renda e rendimentos diversos.

 

Após destacar tais valores, some cada um dos grupos, ou seja, tanto o de receitas quanto o de despesas, e verifique qual é o saldo existente, se ele é positivo ou negativo.

 

2 – Sempre trace metas

 

Metas são passos que possibilitam que um sonho ou objetivo seja alcançado. Utilizando-se muitas vezes de prazos, diversos recursos e ferramentas, trabalhar com metas consiste em uma forma eficiente de se conquistar coisas que, no curto prazo, pode ser mais complicado.

 

As metas são bastante pessoais, portanto variam de pessoa para pessoa. Pode ser uma meta o fato de comprar um carro, de fazer uma faculdade ou realizar a viagem dos sonhos.

 

Seja qual a sua meta, anote-a em um papel a fim de traçar para ela um plano estratégico que permita que tal objetivo saia do sonho e se transforme em realidade.

 

3 – Lembre-se de ter metas realistas

 

Agora que você já sabe o valor mensal dos seus ganhos e despesas e destacou suas principais metas, é hora de verificar se estas são realistas, ou seja, condizentes com os números de que sua conta vê mensalmente.

 

Por mais que seu sonho seja comprar um imóvel de um milhão de reais, se a sua conta não tiver um saldo bastante positivo, será realmente complicado conquistar a meta, né?

 

Não dê passos maiores que suas pernas para não cair! Não entre em financiamentos que seu bolso não suporta, afinal, como o manterá depois?

 

4 – Atualize suas metas sempre que necessário

 

Conquistou uma meta ou deixou de desejá-la por algum motivo? Seus planos e finanças pessoais sofreram modificações? Então com certeza é chegada a hora de voltar as anotações para reavaliar quais são seus objetivos a partir de agora.

 

Pode ser que você tenha conquistado a sua meta e por isso tenha criado uma nova ou pode ser apenas que suas vontades e planos mudaram.

 

Seja qual for o caso, é importante rever de tempos em tempos suas metas. Mesmo que nada tenha de fato mudado, é imprescindível verificar a possibilidade da criação de novas estratégias e formas para se conquistar os objetivos, por isso sempre reserve esse tempo para uma completa reavaliação do que foi anteriormente destacado!

 

5 – Diminua alguns gastos para sobrar dinheiro

 

Se ao observar o saldo de sua conta você verificar que ele não é nem de perto suficiente para que suas metas sejam alcançadas, pode ser necessário dar uma arrumada nas suas finanças pessoais como, por exemplo, diminuindo alguns gastos.

 

O que dá para cortar quando você pensa no seu ritmo de vida e rotina? Do que você está disposto a abrir mão para conquistar seu objetivo?

 

O controle de gastos é um excelente caminho para sobrar saldo, porém pode ser que você prefira trabalhar mais, fazer alguns trabalhos por conta, dependendo qual é sua área e assim por diante. Avalie tudo isso!

 

Leia mais: Economize evitando o desperdício em 5 passos

 

6 – Invista para alcançar suas metas

 

Por fim, mas não menos importante: em alguns casos específicos você poderá se utilizar de recursos disponíveis em bancos como consórcios, para atingir mais rapidamente a sua meta.

 

Outras opções interessantes são da formação de uma poupança ou um fundo de investimentos dependendo do seu perfil de investidor, é claro!

 

Existem investimentos de curto, médio e longo prazo, de baixo e alto risco. Encontrar a melhor forma de investir o seu dinheiro, de modo condizente com seus planos e metas, é determinante para que os resultados apareçam como o necessário.

 

Está pronto para tirar suas metas da expectativa, tornando-as realidade? Que tal começar cada um desses passos agora mesmo? Faça seu controle de gastos, determine suas metas e administre suas finanças pessoais rumo aos seus objetivos!

 

Aproveite para compartilhar este conteúdo com seus amigos e familiares, a fim de que eles também aprendam sobre controle de gastos e finanças pessoais. Ajude-os e os incentive a criar metas!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Como ensinar educação financeira para adolescentes
Por Equipe Organizze
Saiba como organizar um casamento na praia sem erros
Por Mecasei.com
15 sinais de que você pode ser demitido em breve
Por Equipe Organizze
Redução de custos: saiba o que cortar das suas despesas pessoais
Por Equipe Organizze
Organizze
Experimente o poder de ter suas finanças sempre em ordem

Cadastre-se GRÁTIS no Organizze, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).