Plano lifetime em dobro! 🎁

Assine o plano e ganhe outro para ajudar alguém.

Prorrogado! Saiba Mais

Afinal, quanto custa fazer uma faculdade?

Escrito por:

Hoje em dia, e mais do que nunca, fazer uma faculdade para conseguir um diploma de ensino superior é um importante pré-requisito para a maioria das carreiras. Além de conseguir melhores postos de trabalho, receber melhores salários e contar com mais possibilidades de crescer dentro da área escolhida, fazer uma faculdade é uma experiência que agrega novos conhecimentos e saberes à sua bagagem pessoal. Você se deparará com conteúdos nunca vistos antes, novas leituras, professores interessantes e com colegas que podem vir a se tornar parceiros de profissão — e até mesmo grandes amigos.

 

Entretanto, nem tudo são flores. Uma das questões com a qual você precisa se preocupar são os custos dessa escolha, pois muitos gastos financeiros estarão envolvidos. Pensando no planejamento que você precisará fazer, trouxemos uma lista com os principais gastos que o período da faculdade demanda. Acompanhe conosco e descubra o tamanho do investimento na sua formação acadêmica!

 

1 – Mensalidade

 

Caso você tenha optado por uma faculdade privada, você terá que arcar com os custos da mensalidade, que não são exatamente baratos. O valor depende da faculdade e do curso escolhido, o que pode variar de R$150 a R$9.000 (sim! Apenas para fins de curiosidade, o curso de medicina da UNIMAR — Universidade de Marília, SP, é nada menos que R$9.000). Ou seja, para pagar a mensalidade da faculdade o estudante precisará trabalhar ou contar com a ajuda dos pais. Há também a possibilidade de financiamento desses valores oferecida pelo governo, através do programa Fies (Fundo de Financiamento Estudantil). Pesquise a esse respeito e conheça todas as suas opções.

 

2 – Livros e xerox

 

Mesmo que você tenha passado em uma universidade pública (e felizmente não terá que arcar com os custos de mensalidades), os livros e os xerox necessários para as aulas trarão um gasto a mais para seu orçamento. Todas as disciplinas demandam um bom volume de textos para leitura, e o modo mais comum de acesso a esse material é pelo xerox.

 

Entretanto, alguns cursos exigem que o estudante compre os livros, pois eles serão utilizados ao longo de vários semestres — o que é o caso dos cursos de medicina e direito, por exemplo. São livros grandes, individuais e que não compensam ser copiados ou emprestados da biblioteca a cada necessidade. Uma solução para minimizar esses custos é comprar livros usados em sebos ou herdar de algum colega ou amigo já formado que não precisa mais do livro em questão.

 

3 – Transporte

 

Em todas as cidades do Brasil tem sido a mesma coisa: o preço das passagens de ônibus está bastante elevado, fazendo com que as pessoas precisem apertar os cintos para poder andar pela cidade. Esse é um gasto que o estudante terá que arcar para ir e voltar da faculdade. Torcemos para que você não precise pegar dois ônibus, pois aí o valor realmente será alto.

 

Uma alternativa possível são as caronas, que podem ser articuladas entre estudantes que moram em uma mesma região. Pode ser que o proprietário do carro não queira cobrar nada ou pode ser também que ele cobre apenas os gastos com gasolina. Ou seja: os custos serão bem menores que os do transporte público. Existem também as vans escolares, que podem ser um bom negócio dependendo da região onde você mora. Portanto, convém pesquisar entre os colegas de sala e outros conhecidos da faculdade.

 

4 – Alimentação

 

Se o estudante trabalha e estuda, dificilmente ele voltará para casa para almoçar, precisando comer em restaurantes. Se você apenas estuda, pode ser que deseje ficar durante o outro turno estudando na faculdade, o que também o levará a ter gastos com almoço e lanche.

 

Caso o estudante esteja em uma universidade pública, ele pode almoçar no famoso “bandejão”, os restaurantes das universidades que cobram apenas um valor simbólico pelas refeições (almoço e jantar). Para estudantes carentes e com poucos recursos essa é a melhor solução. Além disso, é possível se organizar para levar sanduíches, frutas, biscoitos e outros lanches de casa, o que ajudará na economia.

 

5 – Moradia

 

Se você estuda em outra cidade diferente da que mora, outro alto custo que terá que arcar é o da moradia. Sabemos que os aluguéis no país não estão nada baratos e comprometem grande parte dos salários e rendas. Além disso, há também as contas para manter uma residência, como luz, água, internet, telefone, IPTU e outras.

 

Mas algumas soluções podem ser encontradas para te ajudar: alugar apenas um quarto em uma república de estudantes próxima à faculdade, por exemplo, pois assim os custos de transporte e alimentação serão minimizados, além de não precisar começar um apartamento do início; alugar um apartamento com outros colegas próximo à faculdade, pois assim vocês poderão morar com pessoas que têm afinidade e escolher um imóvel cujo valor seja mais justo; por fim, se a universidade for pública, é possível solicitar uma vaga na moradia universitária, onde os alunos de outras cidades podem morar durante os anos em que cursam a faculdade.

 

Com planejamento e alternativas inteligentes é perfeitamente possível realizar o seu sonho do ensino superior e entrar no mercado de trabalho com um diploma. Lembrem-se de que esse é um investimento com grandes chances de retorno!

 

E então, você já está colocando na ponta do lápis os gastos que você terá durante os anos em que cursar a faculdade? abaixo, tem outras dicas de economia pessoal que podem ser do seu interesse, veja só: 

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

5 passos para fazer um planejamento profissional
Por Equipe Organizze
Como negociar um aumento de salário
Por Equipe Organizze
6 filmes sobre carreiras para te inspirar
Por Equipe Organizze
Como conseguir melhores resultados com sua personalidade?
Por We Mentor
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).