Por que ter o nome limpo na praça?

Escrito por:

Não há dúvidas de que ter um histórico pessoal sem grandes dívidas é vantajoso, especialmente em um país como o Brasil, onde, segundo a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), um quarto da população está endividada. E se você tem dívidas, lembre-se que ser um bom pagador de dívidas é também uma grande vantagem!

 

Listamos aqui alguns dos principais pontos positivos em não ter dívidas no seu histórico pessoal, para provar de uma vez por todas que quem não deve, definitivamente, não teme!

 

O que significa ter o nome limpo e crédito na praça?

O óbvio precisa ser dito: quem não tem dívidas tem o nome limpo na praça. E não é à toa que este é o primeiro item da nossa lista, pois ter o nome limpo significa, em primeira instância, ter crédito. Atualmente, é praticamente impossível ter grandes realizações materiais como comprar um imóvel ou veículo sem recorrer ao crédito pessoal. Um histórico sem grandes dívidas pode significar, neste caso, a realização dos seus sonhos.

 

E não estamos falando apenas de crédito para compras, não. Estamos falando de credibilidade pessoal. Isso mesmo, quem tem em seu histórico grandes dívidas acaba perdendo também a sua credibilidade pessoal. Afinal, não pagar na data acordada é quebrar um compromisso moral e isso nada mais é do que o descumprimento da própria palavra.

 

Faça um teste e pergunte a algum comerciante que trabalha com vendas diretas se ele se arriscaria a vender novamente para alguém que já deixou de pagá-lo. Pagar direito confere credibilidade nas pequenas relações do dia a dia, seja ao pedir um simples objeto emprestado, seja em poder ir na padaria da esquina e abrir uma conta.

 

É comum, nos dias de hoje, que muitas empresas recorram à consulta nos Serviços de Proteção ao Crédito antes de efetivar a contratação de um novo funcionário. A inclusão do nome em Bancos de Dados de Mau Pagadores, o famoso Cadastro Negativo, pode pôr em risco o tão sonhado emprego. No caso dos ‘concurseiros’, a situação é ainda mais grave, já que os aprovados com restrições no SPC/SERASA não podem sequer assumir a vaga de direito.

 

Fique com a consciência tranquila!

A consciência tranquila é outra grande vantagem de ter não ter dívidas! Quem não deve dorme melhor. Afinal, não tem que se preocupar com multas e taxas de juros recorrentes, telefonemas e cartas de cobradores, ações judiciais, notificações, risco de despejo de casa e, dependendo do credor, risco de integridade física e pessoal.

 

Ter que conviver com a preocupação constante decorrente das dívidas gera estresse, tensão, medo, e, em casos mais extremos, situações graves de saúde, como a incidência de quadros ansiosos e depressivos. Não há nada que valha mais do que sua paz e tranquilidade, e este item, definitivamente, é uma das maiores vantagens em não ter um histórico de dívidas.

 

Invista em você

Para quem tem dívidas não existe investimento viável, já que a prioridade desta pessoa deve ser sempre eliminar o saldo devedor. Agora, quem não deve tem a grande vantagem de poder guardar dinheiro e planejar seu futuro financeiro. Independente de quanto você ganha, se não tem dívidas, essa é sempre uma possibilidade viável para você, dependendo da sua organização financeira e disciplina.

 

Aposentar-se hoje no Brasil sem ter um plano de previdência privada ou algum tipo de investimento que garanta a manutenção do seu padrão de vida é um grave perigo, já que os planos de aposentadoria oferecidos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) são extremamente limitados e, com raras exceções, não garantem o salário integral ao contribuinte idoso. Investir pensando no futuro é, para muitas pessoas, a única maneira de garantir uma velhice confortável, sem que haja dependência de outros familiares.

 

Poder poupar para o futuro é sim um privilégio de quem não tem dívidas, uma possibilidade de garantir a própria segurança e também a chance de ter sonhos realizados. Ter um banco pessoal para recorrer em momentos de necessidade é uma tranquilidade impossível para o endividado. Não poder contar com uma poupança em um momento de emergência, como quando existe risco de saúde pessoal, ou de um filho ou cônjuge, é desesperador. Quem já viveu a situação sabe bem disso.

 

Conquiste a liberdade financeira!

Ser livre para ir e vir, sem precisar se preocupar com os credores: outra enorme vantagem de quem não tem dívidas. Quem deve vive em uma constante prisão interior, pois não tem liberdade para planejar uma viagem em família, por exemplo. Quem deve, não pode ser permitir sequer aproveitar a vida, comprar o que precisa, programar a aquisição de uma casa, um carro, promover a festa de aniversário dos filhos, ou mesmo investir em si próprio, em um curso de aperfeiçoamento profissional em aprender outra Língua. Quem deve está sempre preso à dívida, e para esta pessoa não há nenhuma outra prioridade além disso. Esta prisão toma as energias, a saúde e o tempo de vida da pessoa.

 

Seja qual for a sua motivação pessoal para estar adimplente, considere os itens acima e assegure-se todos os dias das vantagens em pagar suas contas em dia. E, se você se encontra em dívidas, trace já um plano de organização financeira para sair delas, seja livre outra vez!

Categorias:

Achamos que você vai gostar desses posts, também.

Dicas para evitar se endividar no final do ano
Por Equipe Organizze
Casamento e dinheiro: os 3 erros financeiros que balançam a relação
Por Equipe Organizze
5 passos para mudar o visual da casa sem gastar muito
Por Viva Decora
Como elaborar um orçamento financeiro pessoal?
Por Equipe Organizze
Sinta a felicidade de estar no controle de suas finanças

Cadastre-se grátis, e veja sua vida financeira mudar a partir de hoje.

Organizze

Faça como mais de 50 mil organizzados! Receba GRÁTIS em seu email centenas de artigos e dicas para manter suas finanças em ordem (e a newsletter mais legal do Brasil!!).